Imortalidade para ricos: injeção de sangue jovem para combater o envelhecimento

10

Persian King / Flickr

O inventor da polémica experiência equipara este tratamento a uma “cirurgia plástica do interior”.

Mais de 100 pessoas já se submeteram ao ambicioso ensaio clínico de Ambrosia, uma start-up californiana que oferece transfusões de sangue adolescente para pacientes com idades médias de 60 anos.

As transfusões são vendidas por 8 mil dólares cada injeção – mais de 6.700 euros – e, de acordo com a empresa norte americana, podem ajudar a combater o envelhecimento.

Para o estudo da empresa, fundada o ano passado pelo médico Jesse Karmazin, a cada paciente é injetado dois litros e meio de plasma procedente de bancos de sangue, que resulta de uma mistura de vários donativos de adolescentes.

Karmazin, o fundador, tem se mostrado satisfeito com os resultados, assinalando ao The Sunday Times que o tratamento é como “uma cirurgia plástica do interior” e afirmando que os pacientes ficam com melhor aspeto depois de “um único tratamento”.

“Não tenho condições para dizer que nos dará a imortalidade, mas estamos muito perto”, afirmou.

O tratamento já levantou, no entanto, muitas dúvidas na comunidade científica, que adverte que o procedimento não está comprovado e critica o estudo por obrigar os pacientes a pagar para participar.

Além disso, ainda que o estudo se apoie num outro de 2014, que sugere que o plasma de ratos jovens infetado com plasma de ratos velhos melhora a memória e a capacidade de aprender dos segundos, o neuro cientista Tony Wyss-Coray, sustenta que “não há provas clínicas” de que o tratamento traga benefícios.

“Basicamente estão a abusar da confiança das pessoas e das emoções que o tema suscita”, disse, no ano passado à Science.

  ZAP //

10 Comments

  1. Esqueceram se de mencionar o mais importante. De onde vem esse sangue jovem? De adolescentes? Como os motivam para dar sangue, se é que um adolescente pode dar sangue, mesmo com a permissão dos pais. Dão uma sandes, um sumo e um chupa e cobram 8mil dólares. Verdadeiro negócio da china.

  2. É o que se chama vampirismo. Qualquer dia para não terem de pagar os $8.000 ainda vamos ver uma caterva de velhos atirados a uma adolescente qualquer, fresquinha-da-silva…

    • Nos EUA vc não é obrigado a “doar” seu sangue, vc pode vende-lo, por lei na maioria dos estados, a partir de 16 anos vc já é considerado maior de idade. Inclusive já pode tirar CNH. De qualquer forma eles não injetam diretamente o sangue, esse sangue passa por um processo de centifura para separar os seus componentes e é retirado somente o plasma, é esse plasma que é injetado e não propriamente o sangue, inclusive esse tratamento com o sangue é bem caro, então o valor do tratamento é compreensível. Eu acho esse método bastante válido e inovador. Melhor do que comer rescém nascidos vivos em rituais como faziam antigamente.

      • Exacto, com 16 anos podem vender sangue (é assim que muitos ganham dinheiro no país onde se pode vender quase tudo!), conduzir um carro e até comprar uma pistola ou metralhadora; só não podem beber uma cerveja, porque isso é muito perigoso!…
        .
        De qualquer modo, a notícia é de 2017!..

  3. Pois, além disso tudo, está provado que não é possível obtermos a imortalidade, como é possível haver pessoas a acreditarem em mentiras e deixaram se cair nesta burla, e o mais grave é que o governo (amaricano) nada faz.

  4. O governo americano nada faz porque provavelmente não são adolescentes americanos e se calhar sim africanos ou de outro país qualquer do sub mundo onde como alguém mencionou uma sandes vale Ouro. Se ah países que vendem os filhos quanto mais o sangue destes. É a sociedade pobre de Espírito em que vivemos em que vale tudo …

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.