Igreja holandesa está em adoração há mais de um mês para salvar uma família

Ao saber que uma família de refugiados estava em risco iminente de ser deportada, uma igreja holandesa entrou em ação, iniciando um culto contínuo que já dura há mais de um mês.

Bethel, uma igreja e centro comunitário em Haia, deu uma série de passos dramáticos para proteger os Tamrazyans, uma família de cinco, originária da Arménia, que vive na Holanda há mais de nove anos.

De acordo com o The Huffington Post, o governo negou o pedido de asilo e aprovou a família para deportação – apesar de existir uma lei que permite que as crianças que moram no país há mais de cinco anos sejam elegíveis para uma autorização de residência, se também preencherem outros requisitos.

Sabendo que a lei holandesa proíbe que a polícia entre em igrejas durante o culto, membros da igreja de Bethel decidiram começar um culto contínuo, que iria permitir que a família se refugiasse na local. Começou a 26 de outubro às 13h30 e ainda não terminou.

O ativismo de Bethel em torno dos refugiados tem o apoio da Igreja Protestante na Holanda. Bethel tem um grupo rotativo de ministros que vai ajudar a conduzir os serviços religiosos. Além disso, membros leigos da comunidade também foram convidados para participar nos serviços e ajudar com mantimentos. A igreja diz que cerca de 3.500 visitantes de toda a Holanda vieram a Bethel para ajudar os Tamrazyans.

Bethel disse que respeita as ordens judiciais, mas encontra-se num “dilema” – “a escolha entre respeitar o governo e proteger os direitos de uma criança”.

Os líderes disseram que queriam dialogar com os políticos sobre o pedido de asilo da família e sobre o tratamento dado pela Holanda aos refugiados que procuravam obter permissão de residência.

Grupos de defesa afirmam que há pelo menos outros 400 casos de crianças que pedem asilo que vivem na Holanda há mais de cinco anos.

“O propósito do asilo da Igreja é criar segurança e oferecer um pouco de descanso à família durante o qual convidamos os políticos a discutir connosco o destino da família e os efeitos do Acordo de Amnistia para Crianças”, escreveu a Igreja num comunicado.

Entretanto, a adoração na igreja continua.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Já que estão a rezar “muito e bem”, agora é só esperar que deus faça a sua parte…
    Se bem que, se ele o tivesse feito, talvez não existissem refugiados e crianças a morrer à fome devido a guerras, etc…
    Digo eu…

  2. Acho que Deus não tem nadinha a ver com isto. A acção da igreja holandesa é uma acção humana. Ninguém está a rezar por milagres. Estão em serviço religioso continuo porque por lei a polícia não pode actuar durante um serviço religioso, a fim de proceder à detenção da família para deportação.
    Quanto a mim é absolutamente louvável e não pertencendo à igreja reformada (Calvinista) seguramente daria o apoio que pudesse para manter o serviço em execução e impedir esta injustíssima deportação.

RESPONDER

Centeno atira-se ao CDS e acusa-o de "aproveitamento político"

O Ministro das Finanças, Mário Centeno, respondeu ao pedido de audição do CDS a propósito dos impostos europeus e aproveitou a oportunidade para atacar os centristas. Mário Centeno enviou uma carta ao Parlamento, nomeadamente à Secretaria …

PSD acusa Governo de apresentar redução do preço dos passes mas sem transportes

O PSD acusou hoje o Governo de apresentar a redução dos preços dos passes apenas para Lisboa e Porto e sem aumentar os transportes, com o primeiro-ministro a responder que os sociais-democratas são simplesmente contra …

Venezuela, promessas e (muitos) elogios: Trump e Bolsonaro foram feitos um para o outro

Não faltaram sorrisos, elogios nem promessas de cooperação. Os Presidentes das duas maiores economias da América concentraram as atenções na Venezuela. Enquanto Trump prometeu dar apoio à entrada do Brasil na OCDE e na NATO, …

Proposta do PS sobre propaganda política só tem efeitos em 2020

O PS apresentou esta terça-feira um projeto de lei no Parlamento para "clarificar" qual a propaganda política que se pode fazer no período pré-eleições. No entanto, no que toca a 2019, as novas regras - a …

Abertura de barragens pode agravar tragédia em Moçambique. Búzi a horas de ser engolida

Depois do ciclone Idai, há duas novas ameaças na zona da Beira: a abertura das comportas de barragens no Zimbabué e as fortes chuvas que se aproximam. O Zimbabué admite vir a abrir as comportas das …

Ordem dos Médicos contra consultas por telemóvel

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, afirma ter reservas em relação a consultas por telemóvel, a começar pelo facto de lhe chamarem consultas. Esta terça-feira, arrancou em Lisboa a maior cimeira nacional de tecnologia …

Vítimas de esterilização forçada no Japão vão ser indemnizadas

Estima-se que mais de 16 mil pessoas foram vítimas de esterilização forçada no Japão, devido a uma lei que esteve em vigor entre 1948 e 1996. Só agora haverá direito a indemnizações e a um …

Brexit. Theresa May enviou uma carta ao Presidente do Conselho Europeu a pedir mais tempo

Theresa May terá pedido à União Europeia apenas um pequeno adiamento, de cerca de três meses, para fechar o acordo do Brexit. Segundo a Sky News, a primeira-ministra britânica terá enviado uma carta a Donald …

Detido quarto suspeito do tiroteio na Holanda. Outros dois já foram libertados

Um homem de 40 anos foi detido na tarde desta terça-feira por suspeitas de estar envolvido no tiroteio em Utrecht, na Holanda, na passada segunda-feira. O ataque provocou a morte três pessoas e deixou cinco feridas, …

Divulgar notícias que "desrespeitem" o Governo russo vai dar cadeia

A nova lei de Moscovo criminaliza a divulgação das chamadas "fake news" e de notícias que "desrespeitem" o Governo russo. Muitos críticos olham para esta medida de Putin como uma forma de censura disfarçada. O presidente …