/

Idosa coberta de formigas em lar no Algarve. Santa Casa processa autora do vídeo

13

MTSOfan / Flickr

A Santa Casa da Misericórdia de Boliqueime, em Loulé, no Algarve, abriu um inquérito disciplinar para apurar as circunstâncias que envolvem uma idosa que foi filmada coberta de formigas no lar da instituição.

As imagens que circulam pelas redes sociais são revoltantes e mostram uma idosa, deitada numa cama, coberta de formigas.

As filmagens terão sido feitas em Julho e a idosa de 86 anos estaria amarrada à cama e com uma ferida aberta, segundo revela o filho, João Queiroz, ao Correio da Manhã.

João Queiroz revela que apresentou várias queixas à instituição por maus-tratos contra a mãe.

“Notei uma falta de cuidado quando ela entrou na instituição. Quando a fui visitar ela estava coberta de formigas e alertei o lar, mas não fizeram nada”, lamenta ainda João Queiroz.

O vídeo agora divulgado foi gravado um mês antes de a idosa falecer.

Santa Casa abre inquérito e processa autora do vídeo

A Santa Casa da Misericórdia de Boliqueime já reagiu ao caso com um comunicado no Facebook, onde revela que instaurou um inquérito disciplinar “para apurar quem é (são) o(s) responsável(is)por esta situação inadmissível”.

A instituição promete também que “será implacável” na “punição” a aplicar a eventuais culpados.

Considerando os vídeos divulgados como “insultuosos e com acusações infundadas”, a Santa Casa da Misericórdia de Boliqueime refere ainda que já foi “apresentada a competente queixa crime contra a sua indicada autora”.

A instituição também garante que vai reagir “com todos os meios legais” para “reposição” da sua “imagem e do bom nome”, frisando que tem orgulho na “forma como acolhe e cuida dos nossos mais velhos com espírito de serviço e missão à comunidade”.

  ZAP //

13 Comments

  1. acusaões infundadas? o video foi martelado é?
    bom nome da instituição? o video prova o contrário certo? e o filho que refere que já havia reclamado e nada foi feito. e o que fez a instituição? como os responsáveis vão ser punidos com jeito só vai ser responsável a mulher da limpeza para não terem de despedir os responsáveis de turno, os enfermeiros que fazem curativos, a direção técnica do lar e talvez, quem sabe, a direção da santa casa que possivelmente soube das reclamações e nada fez…

  2. Tudo isto é tão triste…tão desumano.. Não sei no meio desta história, se haverá alguém impune, desde o filho, até as instituições .. e agora querem punir quem colocou o vídeo cá fora..eu não sei, mas o ser humano está a bater no fundo, pobre velhinha a quem tudo faltou, quando nada podia fazer.. Triste

  3. Ninguém merece ter um fim de Vida como este ! .. O vidéo , que foi exibido no Jornal Televisivo , revela um autentico cenário de horror , e isto dentro de uma Instituição Católica com apoios do Estado (S.S) . Será que não estão sujeitos a Fiscalizações periódicas ? .. se Sim as eventuais Inspeções devem só começar e parar no escritório da Diretora !

  4. Santa casa?… Mas que instituição é esta, que não paga raspadinhas… e nem quer que se revele a verdade, das práticas desumanas que a cada passo acontece, em instituições a seu cuidado..

  5. Segundo a Santa Casa, o grande escândalo é o vídeo e não a situação catastrófica a que idosa chegou por culpa dos responsáveis do lar. Os culpados não foram aqueles que permitiram que a idosa chegasse a um tal ponto de degradação física em que tinha feridas abertas e podres, constituindo um chamariz para um enorme formigueiro. As formigas só aparecem junto de um corpo quando há tecido morto, o que seria o caso. Querem castigar o mensageiro e não os verdadeiros criminosos. Ridículo e falta de vergonha. Só mesmo em Portugal…

  6. No meu entender digo que a direção deste lar é a responsável quando o filho da doente alertou da grave situação que encontrou a mãe de imediato deviam ver o que se passava . É crime tratar mal os animais e não é crime olhar em condições dignas o ser humano e os velhos que já não têm forças ?

  7. Não me atrevo a comentar, porque o ZAP não publica as minhas revoltas.
    Mas… bem haja a quem publicou as imagens
    Prisão efetiva para os que ignoraram as reclamações.
    Prisão efetiva para os que sabiam e nada fizeram.
    Consciência (que a tomem) quem abandona quem os criou, num lar, sem visitas constantes, para se inteirarem do que estão fazendo aos seus progenitores.
    Mais, mais, mais, vigilância nos lares.
    Por fim: CANALHAS

  8. Se não tivesse vindo a Publico , o que seria ? …. Caso abafado ? ; Sei que o meu 1° comentário silenciado , ou melhor , a minha indignação , incomodou talvez alguém . Mas é para isto que este espaço serve . E como não ficar indignado com tais factos ?

  9. Ainda por cima tencionam processar quem fez o vídeo? Então qual seria a atitude certa a tomar? Ignorar e proteger uma instituição onde uma situação é possível ? Este país em certas situações faz lembrar o terceiro mundo. Então e a senhora provedor que tem a dizer duma situação destas? Não é ela a responsável?

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.