Identificado gene associado à esquizofrenia após 18 anos de “caça” ao ADN

Uma equipa internacional de cientistas, que contou com especialistas da Índia e da Austrália, descobriu um gene associado à esquizofrenia depois de 18 anos de investigação, revelou um novo estudo.

Para a investigação, cujos resultados foram esta semana publicados na revista JAMA Psychiatry, os cientistas examinaram os genomas de 3.092 pessoas durante quase duas décadas. Foi necessário recrutar, diagnosticar e rastrear o ADN de todos os participantes. Da totalidade dos voluntários, 1.321 sofriam do transtorno e 885 eram seus familiares.

Ao contrário de pesquisas levadas a cabo anteriormente, que foram realizadas com indivíduos europeus, a nova investigação contou com participantes do sul da Índia. Esta variação na amostra permitiu aos especialistas detetar variações entre os genomas das pessoas que sofrem de esquizofrenia tanto na Europa como neste país asiático.

“Este estudo identificou um gene chamado NAPRT1, que codifica uma enzima envolvida no metabolismo da vitamina B3. Também conseguimos encontrar este gene num grande conjunto de dados genómicos de pacientes com esquizofrenia de origem europeia”, explicou um dos autores da investigação, Bryan Mowry, da Universidade de Queensland, citado em comunicado difundido pelo Eureka Alert.

As conclusões foram corroboradas por um estudo preliminar levado em cabo em peixes-zebra, segundo o qual a perda parcial das funções do NAPRT1 causou um desenvolvimento anormal do cérebro deste animais.

“Quando eliminamos o gene NAPRT1 em peixes-zebra, o seu cérebro não se dividiu simetricamente”, explicou Mowry. Esta anomalia é especialmente importante para investigar a esquizofrenia, uma vez que esta doença é caracterizada pela presença de “defeitos no corpo caloso, a ponte entre os hemisférios esquerdo e direito do cérebro”.

Segundo Mowry, este estudo é apenas o começo de um programa de pesquisa muito mais ambicioso. “Há agora uma infinidade de variantes genéticas ligadas à esquizofrenia, mas ainda não sabemos o que fazem as centenas de genes envolvidos (…) A próxima fase passa por estudar a função [dos vários genes] em estados normais e doentes, recorrendo a abordagens computacionais e modelos animais com os peixes-zebra”, apontou.

“A esquizofrenia atinge o coração do que significa ser humano – tem impactos devastadires sobre o doente e a sua capacidade de funcionar (…) Os nossos estudos visam lançar mais luz sobre o que torna as pessoas suscetíveis à esquizofrenia e desenvolver melhores tratamentos para o futuro”, rematou.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Netflix retira imagens de suicídio de "13 Reasons Why"

A Netflix modificou o episódio da série "13 Reasons Why" onde apareciam imagens do suicídio da protagonista Hannah Baker (Katherine Langford), passando agora essa parte da ação a ocorrer de forma totalmente oculta para os …

Belinda Sharpe é a primeira árbitra do râguebi australiano em 111 anos

Belinda Sharpe vai tornar-se na primeira árbitra de campo na história de 111 anos da liga profissional de râguebi na Austrália, quando dirigir um jogo do campeonato agendado para quinta-feira. A Liga Nacional de Râguebi (NRL) …

Os chimpanzés não têm noção de justiça e aceitam desigualdades

Os chimpanzés carecem da noção de justiça e aceitam a desigualdade na repartição de comida ou materiais, segundo a investigadora Nereida Bueno. A cientista, da Universidade Pontificia de Camillas, que participou num estudo publicado esta semana …

Descartar drogas pelo esgoto pode criar "meta-caimões" nos Estados Unidos

O Departamento da Polícia de Loretto, no estado norte-americano do Tennessee, alertou este sábado para os perigos associados à eliminação de narcóticos através das canalizações das casas de banho. Numa publicação na página oficial de Facebook, …

Descoberta nova via terapêutica para tratar o Alzheimer

Um grupo de cientistas descobriu uma nova via terapêutica para tratamento do Alzheimer, que segundo os investigadores cria “alguma esperança” para travar o desenvolvimento da doença em estágios mais iniciais. O projeto, cujas conclusões foram publicadas …

Exército de carraças está a dizimar vacas (e pode chegar aos humanos)

Uma espécie invasiva de carraças já dizimou um quinto da população de vacas na Carolina do Norte. Os cientistas temem que o próximo alvo podem ser os humanos. A espécie de carraça Haemaphysalis longicornis tem feito …

Ucrânia aprova castração química para pedófilos

Na Ucrânia, será administrada uma injeção que reduz o libido aos pedófilos. A legislação vai aplicar-se a homens com idades entre os 18 e os 65 anos que forem considerados culpados de violação ou abuso …

Em vez de desaparecer, ilhas do Pacífico poderão mudar de forma

Países insulares como Tuvalu, Toquelau e Kiribati passam o nível do mar em poucos metros. Estes são Estados considerados vulneráveis ao aquecimento climático do planeta e as populações acreditam que podem desaparecer com a subida …

Morreu o pugilista Pernell Whitaker. O campeão olímpico foi vítima de atropelamento

O pugilista norte-americano Pernell Whitaker morreu atropelado este domingo em Virginia Beach, aos 55 anos. O atleta foi atingido mortalmente quando atravessava a estrada num cruzamento, durante a noite. Num comunicado enviado ao Guardian, o Departamento …

Eis a primeira aterragem autónoma de um avião tripulado

Uma equipa de cientistas alemã criou um sistema que permite à aeronave aterrar autonomamente em qualquer pista, sem nenhum tipo de apoio humano. Enquanto a indústria automóvel tem andado léguas no que toca a inovação em …