O Hubble descobriu um gigantesco arco cósmico (e é verde)

O observatório espacial Hubble descobriu, na constelação de Leo, uma galáxia incomum cuja gravidade “atraiu” a luz das estrelas distantes, formando uma espécie de arco.

A imagem em questão mostra um aglomerado de centenas de galáxias localizadas a cerca de 7,5 mil milhões de anos-luz da Terra. Os cientistas acreditam que qualquer ajuntamento de matéria de grande massa interage com a luz, fazendo com que os raios curvem, tal como acontece com as lentes óticas.

Este fenómeno cósmico é conhecido como lente gravitacional e, muitas vezes, ajuda os astrónomos a ver galáxias mais distantes que não podem ser observadas a partir da Terra sem ampliação gravitacional.

A lente gravitacional é uma das previsões da Teoria Geral da Relatividade de Albert Einstein. A massa contida numa galáxia é tão imensa que pode realmente envolver e duplicar o próprio tecido ao seu redor (conhecido como espaço-tempo), forçando a luz a viajar por caminhos curvos.

Como resultado, a imagem de uma galáxia mais distante parece distorcida e amplificada, à medida que a luz é dobrada em torno da galáxia intermediária.

Se dois objetos estão localizados um atrás do outro, a luz do corpo mais distante divide-se enquanto atravessa a lente gravitacional do primeiro corpo. Na Terra, os astronautas verão cinco pontos brilhantes, em vez de dois. Quatro desses pontos serão “cópias” luminosas do corpo mais distante. Quando estas lentes se sobrepõem, intensificam a luz dos objetos mais distantes.

A galáxia SDSS J1156+1911, na constelação de Leo, é um bom exemplo disso. Esta galáxia está dentro de um grande aglomerado de galáxias cuja massa, segundo os cientistas, supera vários biliões de vezes a do Sol.

A SDSS J1156+1911 é considerada o maior corpo celeste deste aglomerado. É uma galáxia 600 milhões de vezes mais massiva do que o Sol e com um tamanho semelhante ao da Via Láctea. Graças à sua enorme massa, a SDSS J1156+1911 curva e intensifica a luz da galáxia que está atrás dela, ainda mais longe da Terra.

A localização da galáxia antiga e a da SDSS J1156+1911 não correspondem e é por isso que se observa uma espécie de arco verde. Mas este fenómeno não é comum. Aliás, o número destes arcos gigantes é bastante pequeno. Até hoje, os cientistas conseguiram descobrir apenas sete objetos deste tipo.

Estudar estes arcos ajuda os cientistas a desvendar os mistérios da vida do Universo primordial e é um incentivo à procura de explicações para a existência de matéria escura e energia escura, já que permite que astrónomos vejam galáxias obscurecidas ou muito distantes para que possamos ser detetadas de outra forma pelos instrumentos atuais.

PARTILHAR

RESPONDER

E depois de Cristas? CDS atira congresso de sucessão para 2020

A direção nacional do partido vai propor que o Congresso, que decidirá a liderança do CDS, seja apenas em janeiro, apesar de Assunção Cristas ter manifestado vontade de que fosse ainda este ano. O CDS-PP reúne …

Hong Kong. Deputados pró-democracia forçam Carrie Lam a discursar à porta fechada

A chefe do Executivo de Hong Kong foi esta quarta-feira obrigada a discursar à porta fechada, depois ter sido impedida de falar no parlamento por deputados pró-democracia, que exibiram cartazes e projetaram um vídeo. O discurso …

CP recebeu injeções de 1800 milhões de euros do Estado nos últimos três anos

Nos últimos três anos, o Estado fez 17 operações de reforço de capital na CP, na ordem dos 1,8 mil milhões de euros. Estes serviram principalmente para pagar dívidas da empresa a privados e ao …

Imposto Mortágua foi aplicado a 75 mil contribuintes

O novo escalão do Adicional ao IMI, que prevê a aplicação de uma taxa de 1,5% sobre o valor patrimonial dos imóveis que ultrapasse os dois milhões, chegou a 331 contribuintes. Ao todo, o imposto …

Preço da luz vai descer 18 cêntimos no mercado regulado

Os preços da eletricidade no mercado regulado vão voltar a descer em 2020, segundo a proposta avançada esta terça-feira pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE). Esta terça-feira, a ERSE propôs uma atualização em baixa de …

Portugal teve perdas fiscais de 900 milhões de euros por menor tributação do gasóleo

A tributação ao gasóleo é mais baixa do que os impostos à gasolina. A diferença entre os dois combustíveis leva a perdas de 900 milhões de euros ao Estado. Quem abastece um carro a gasóleo na …

Dulce Neto é a primeira mulher a presidir a um Supremo Tribunal português

A juíza conselheira toma posse, esta quarta-feira, como presidente do Supremo Tribunal Administrativo (STA), tornando-se na primeira mulher a ocupar o lugar cimeiro de um supremo tribunal em Portugal. Dulce Neto, de 58 anos, foi eleita …

Défice zero e mais crescimento. Previsões de Centeno para o OE2020 são de "elevado risco"

O Governo faz uma revisão das metas para 2020 no esboço do Orçamento de Estado para o próximo ano que enviou à Comissão Europeia, prevendo um aumento do crescimento económico e um saldo orçamental equilibrado, …

Conselho nacional do PSD pode ser atirado para novembro. Apoios a Rio e Montenegro equilibrados

Rui Rio mantém o silêncio sobre uma recandidatura a líder do PSD, o que está a ser visto como um condicionamento do partido, tendo também nas suas mãos o calendário interno. O conselho nacional para …

Varandas quer vender já em janeiro (e há três nomes em cima da mesa)

O Sporting deverá vender um jogador já no próximo mercado de transferências em janeiro. O dinheiro será destinado a renovações e a trazer um novo reforço para o ataque. Frederico Varandas continua a sua saga para …