Holanda proíbe véu integral em locais públicos

O governo holandês decidiu proibir o uso do véu integral em certos locais públicos, nomeadamente escolas, hospitais e transportes públicos, divulgou o executivo, precisando que o projeto-lei vai ser ainda aprovado pelo parlamento.

“O vestuário que cobre o rosto não será aceite, no futuro, em instituições de educação e de saúde, edifícios governamentais e em transportes públicos”, indicou o governo holandês, em comunicado.

A proibição não se aplica ao uso do véu integral na rua, mas apenas “em situações específicas em que é essencial que as pessoas sejam vistas” ou por razões de segurança, afirmou o primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, em declarações aos jornalistas, após a reunião do gabinete governamental.

“O projeto-lei não tem qualquer enquadramento religioso“, frisou Rutte.

O governo holandês afirmou igualmente que “tentou encontrar um equilíbrio entre a liberdade das pessoas de usarem as roupas que pretendem e a importância de uma comunicação mútua e reconhecível”.

Um anterior projeto-lei, aprovado pelo anterior executivo de Rutte e apoiado então pelo político holandês populista e anti-muçulmano Geert Wilders, proibia o uso do véu integral até mesmo na rua. Este projeto-lei será agora retirado.

O governo referiu que “não vê razão para a existência de uma proibição geral que se aplique a todos os locais públicos”.

Após as eleições de 2012, os parceiros da coligação governamental, o partido VVD (liberal/conservador e a força política de Rutte) e o partido trabalhista (PvdA), acordaram elaborar um novo projeto-lei.

O desrespeito desta proibição parcial será punível com uma coima até 405 euros.

A estação de televisão pública holandesa NOS referiu que entre 100 a 500 mulheres usam na Holanda o véu integral (também conhecido como burqa ou niqab), a maioria apenas ocasionalmente.

/Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Parece que uma tal lei é redundante face a outra que proíbe o uso de máscaras fora do carnaval – Em causa “reconhecimento mutuo”.
    Afinal, para quê usar aquelas burcas de enfiar pela cabeça, perucas e outros se os fora da lei puderem recorrer aos hábitos do travesti para práticas meliantes? Imagine-se uma “jiadista” de burca integral, da cabeça até aos pés, de cabeça baixa, feita virgem, entrar num banco, meter a mão nos entrefolhos e sacar de uma kalash, e num vozeirão de macho militante proferir “isto é um assalto”! Até as velhinhas diriam ‘”Credo. Pela virgem santa maria do sacramento, cruzes, abernúncio”!
    Bem vistas as coisas, afinal o dito macho prescindia da assumpção do género, da depilação, maquilhagem, peruca, máscara, indumentária que restringe movimentos, e nos movimentos de fuga ganhava em ventilação e frondosidade, mantendo ainda espaço entrefolho para recolha do produto e apetrechos vários!
    Num daqueles países, inundados de Islamismo, imagine-se um mamífero escocês de kilt 1 dedo acima do joelho, suficientemente anafado com meninas saltitantes (sem silicone) digo papilas (não mamárias) sob a camisa…
    Nós, véu integral, ela por ele, à hindú ou kilt… Apele-se à escolha do diabo (s/ heresia) porque nada nos faz diferentes enquanto pó.

  2. Concordo se e só nos casos em que o rosto for totalmente coberto por motivos de segurança pública. Nos paíse árabes os cidadãos ocidentais têm de obedecer às leis dos países. Por exemplo em público não são livres de manisfetarem a sua fé. Em relação aos cidadãos desses países isso não acontece na maioria dos paises ocidentais.

    • Será que estamos a falar da mesma coisa? As prostitutas nas montras não causam nenhum dano a terceiros porque estão à vista de todos e podem ser reconhecidas. Quanto à venda de marijuana, não entendo a comparação mas…

    • Não se trata de competição… Não se confunda alho com cebola só porque ambos entram no tacho do refogado!
      Uma coisa são palcos, plateias e ganzas individuais outra são propensões a quartar liberdades básicas que obstaculizam a afirmação da mulher muçulmana tida, por alguns fundamentalistas do Islão, apenas para servir quem e como os machos entendem. Preferencialmente nem à escola vão. Na Europa o uso daquelas vestes até pode envolver alguma “carga estilística”… Mas lá que pode encobrir outros expedientes, independentemente do género, lá isso pode!

    • Podiam, mas não era mesma coisa!…
      Não sei já conseguiste chegar lá, mas, nada do que referes tem qualquer semelhança com o véu integral…

  3. Há aqui alguém que parece que nem leu sequer a notícia, ou então nem a entendeu…
    Vou dar um exemplo: Na Holanda,quando se entra num estabelecimento e temos chapéu na cabeça, eles imediatamente mandam retirar o chapéu porque as cameras de segurança não conseguem apanhar a cara da pessoa. Isto é uma medida preventiva apenas.
    Estas senhoras, como não vivem no país delas, têm que se sujeitar às leis do país onde vivem, assim como nós temos que respeitar as leis muçulmanas quando vamos aos países deles… Assim, quando for o caso, por questões de segurança, sim, têm que retirar a burqa da cara.
    Fora dessas ocasiões, são livres de usar a burqa à vontade.

RESPONDER

Acesso à Internet deve ser considerado direito humano básico

Uma nova investigação, levada a cabo pela Universidade de Birmingham, no Reino Unido, concluiu que acesso à Internet deve ser um direito humano básico, pois significa a capacidade participar na vida pública. Merten Reglitz, professor de …

Fórmula 1 quer atingir emissões zero de CO2 até 2030

A Fórmula 1 pretende reduzir a zero as emissões de CO2 até 2030, com base num plano que pretende “pôr em marcha de imediato”, anunciou esta terça-feira a Federação Internacional do Automóvel (FIA). O plano divulgado …

A Tesla vai lançar a sua misteriosa pickup “cyberpunk” elétrica ainda este mês

A nova Tesla Cybetruck já tem data de lançamento após um longo tempo de espera. O fundador da empresa, Elon Musk, anunciou que a carrinha "pickup" será revelada no dia 21 de novembro. O anúncio foi …

Asteróide "potencialmente perigoso" aproxima-se da Terra esta quarta-feira

Um asteróide com 147 metros de diâmetro, caracterizado pela NASA como "potencialmente perigoso" vai aproximar-se da Terra esta quarta-feira. Em causa está o corpo rochoso UN12 2019, explica a agência espacial norte-americana, dando conta que o …

Encontrado submarino da II Guerra Mundial que esteve perdido durante 75 anos (devido a um erro de tradução)

Uma equipa de exploradores oceânicos privada encontrou na costa do Japão um submarino do exército norte-americano do tempo da II Guerra Mundial, que estava desaparecido há 75 anos por causa de um erro num dígito …

Uma casa esteve a afundar-se no Tamisa para alertar para a subida do nível dos oceanos

No passado domingo, quem passou junto ao rio Tamisa, em Londres, não deverá ter ficado indiferente à típica casa dos subúrbios ingleses que se afundava perto da Tower Bridge. Felizmente, de acordo com a agência Reuters, …

A defesa de Lage é a melhor do Benfica em quase 30 anos

A defesa de Bruno Lage leva apenas quatro golos sofridos em 11 jornadas, o que faz dela a melhor defesa do campeonato e a melhor do Benfica desde a temporada de 1990/1991, escreve o jornal …

OE2020. “Não vamos para negociar”, esclarece Jerónimo de Sousa

O PCP vai reunir esta quarta-feira com o Governo com vista ao Orçamento de Estado para 2020. Jerónimo de Sousa esclareceu esta terça-feira que os comunistas não vão para negociar, sendo "manifestamente exagerado dizer que …

Benjamin "morreu" enquanto cumpria pena de prisão perpétua. Agora está vivo e quer a liberdade

Um norte-americano, de 66 anos, que cumpre pena de prisão perpétua por ter espancado um homem até à morte em 1996, pretendia ser libertado, uma vez que o seu coração parou por breves instantes. Em 1996, …

“Máfia do Sangue”. Ministério Público deixa Octapharma fora da acusação

O Ministério Público (MP) deixou a farmacêutica Octapharma fora da acusação da operação "O Negativo" por considerar que o ex-administrador Lalanda e Castro montou um esquema de corrupção para a venda de plasma ao Serviço …