Depois da polémica, Hank Azaria deixa de dar voz a Apu dos “Simpsons”

getdown / Flickr

Apu Nahasapeemapetilon, da série “Os Simpsons”

O ator que dá voz à personagem indiana Apu Nahasapeemapetilon, da série “Os Simpsons”, anunciou que vai deixar de o fazer, depois de vários anos de polémica.

Segundo a BBC, Hank Azaria anunciou, este fim-de-semana, que vai deixar de dar voz à personagem Apu Nahasapeemapetilon, da série “Os Simpsons”.

O ator dá voz ao famoso proprietário de uma loja de conveniência em Springfield, de nacionalidade indiana, desde que a personagem foi criada, na década de 90. Porém, há bastante tempo que Apu é também acusado de promover estereótipos raciais.

Anunciada esta decisão, ainda não é certo se os produtores da série vão arranjar uma nova voz para Apu, ou se a personagem vai dizer adeus ao elenco que conta com personagens emblemáticas como Homer, Marge, Lisa e Bart Simpson.

“Tudo o que sabemos é que não farei mais esta voz. Todos tomámos a decisão juntos, todos concordámos. Todos sentimos que é a coisa certa“, afirmou o ator ao site SlashFilm, citado pela emissora britânica.

A controvérsia sobre o caráter do comerciante imigrante Apu Nahasapeemapetilon intensificou-se em 2017, quando o norte-americano de origem indiana, Hari Kondabolu, fez um documentário no qual afirmava que Apu fora criado com base em estereótipos raciais.

Em declarações à BBC, Kondabolu disse que esta era uma personagem problemática porque era definida pela sua profissão, pelo número de filhos e pelo casamento ‘arranjado’.

No documentário — “The Problem with Apu” —, o norte-americano disse que Apu era uma das únicas representações dos sul-asiáticos na televisão norte-americana e que, quando era jovem, as crianças imitavam a personagem para gozarem com ele.

Muitas pessoas apoiaram esta crítica, mas também houve quem defendesse o programa, destacando que todas as personagens dos “Simpsons” eram estereótipos, recorda a BBC.

Na altura, Azaria, que também dá voz aos personagens Moe Szyslak e Chief Wiggum, entre outros – disse achar “muito perturbador pessoal e profissionalmente” que alguém tenha sido marginalizado por causa de Apu Nahasapeemapetilon.

Em reação à notícia de que Azaria se tinha afastado, Kondabolu disse esperar que a personagem se mantenha no programa e que “uma equipa de escritores muito talentosa faça algo interessante com ela“.

“O meu documentário não foi feito para se livrar de uma personagem de desenho animado, mas para discutir raça, representação e a minha comunidade (que amo muito). Foi também sobre como podemos adorar algo (como os ‘Simpsons’) e ainda assim ser crítico sobre aspetos dele (Apu) “, ​​escreveu no Twitter.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

GP de Portugal. Há 14 casos de covid-19 em equipas de Fórmula 1

Em conferência de imprensa, a Proteção Civil do Algarve revelou que foram identificados 14 casos de covid-19 entre pilotos e staff de equipas da Fórmula 1 que estiveram em Portimão. Foram identificados 14 casos de covid-19 …

Islâmicos "têm o direito" de matar franceses. Twitter retira comentário de ex-primeiro-ministro da Malásia

A rede social Twitter retirou um comentário controverso do antigo primeiro-ministro malaio ​​​​​​​Mahathir Mohamad, relativo ao debate desencadeado pelas palavras do Presidente francês, Emmanuel Macron, sobre o islão. Numa série de mensagens, em que Mahathir Mohamad …

Governo pondera decretar recolher obrigatório e restrições em mais municípios

O Governo está a avaliar avançar com o recolhimento obrigatório e alargar as restrições impostas em Paços de Ferreira, Felgueiras e Lousada a mais municípios, recusando, no entanto, um novo confinamento geral, disse hoje o …

Gigante americana Walmart retira (temporariamente) armas e munições das prateleiras

A gigante de distribuição norte-americana Walmart decidiu retirar temporariamente armas e munições das prateleiras das suas lojas, anunciou na quinta-feira um porta-voz da cadeia. A medida preventiva foi tomada a cinco dias de uma eleição presidencial …

BE afasta para já estado de emergência e defende requisição civil na saúde

A coordenadora do BE afastou para já a necessidade de um novo estado de emergência e defendeu que o Governo utilize toda a capacidade instalada na saúde, se necessário recorrendo à requisição civil dos setores …

Sismo de magnitude 7 abala Turquia e Grécia e provoca mini-tsunami. Pelo menos 4 pessoas morreram

Quatro pessoas morreram no oeste da Turquia, depois de um forte terramoto de magnitude 7 atingir o Mar Egeu na tarde desta sexta-feira. O abalo derrubou edifícios em áreas costeiras e fez pelo menos 120 …

EDP desiste de processo contra o Estado, mas vai levar tarifa social a Bruxelas

A EDP desistiu da litigância judicial com o Estado sobre a contribuição extraordinária sobre o setor energético (CESE), mas vai pedir à Comissão Europeia uma análise sobre o mecanismo de financiamento da tarifa social a …

"Fora com os pretos". Universidades e escolas de Lisboa vandalizadas com mensagens racistas

Várias universidades e escolas secundárias da região de Lisboa foram vandalizadas com mensagens de teor racista e xenófobo. "Viva a Europa Branca" ou "Fora com os pretos" são algumas das frases escritas. Várias pessoas denunciaram esta …

Preços das casas não baixam porque há Fundos a comprar tudo

Apesar de estarmos em plena crise pandémica, os preços das casas não têm sofrido uma baixa significativa. Uma realidade que se pode explicar pelo interesse de alguns Fundos na aquisição de imóveis, com a perspectiva …

Infetados, mortes e internamentos. Portugal bate recordes diários de covid-19

Portugal bateu o recorde diário de infeções, mortes e internamentos de doentes com covid-19. Registam-se mais 4.656 casos positivos, 40 óbitos e 1.834 pacientes internados. Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais 4.656 casos positivos e …