“Hamilton nem pontuaria num carro da Haas”

2

Romain Grosjean sublinha que o carro define muito os resultados de um piloto na Fórmula 1. Haas não tem engenheiros para montar o novo motor.

Os números mostram que Lewis Hamilton já superou Michael Shumacher como o piloto mais vitorioso na história da Fórmula 1. O inglês tem sete títulos, tal como o alemão, mas tem mais corridas ganhas, mais pole-positions e mais pódios do que qualquer outro piloto ou antigo piloto.

No entanto, o maior responsável por este domínio pode ser mesmo a Mercedes, equipa que Hamilton representa desde 2013.

A ideia foi repetida por Romain Grosjean, quando o francês fez uma comparação com a Haas, a última equipa pela qual o francês passou antes de deixar a Fórmula 1. No ano passado a Haas foi quase sempre a segunda pior equipa, só à frente da Williams.

Hamilton nunca teria conseguido lutar pelos pontos com o último carro da Haas. Muita coisa depende do carro que conduzes. Isso torna difícil comparar um piloto com outro. Leclerc, por exemplo, pilotou bem em 2020, mas as coisas não aconteceram porque o seu carro (Ferrari) não era bom o suficiente”, disse Grosjean, à ‘Autosprint’.

Ao longo da última temporada, a Haas conseguiu apenas três pontos, ficando no penúltimo posto na classificação dos construtores (Williams foi a pior, com zero). Na tabela dos pilotos, Romain Grosjean e Kevin Magnussen também ficaram no fundo, nos 19.º e 20.º lugares, respetivamente com dois pontos e um ponto.

Romain Grosjean, que abandonou a Fórmula 1 e nesta quarta-feira foi anunciado como piloto da Dale Coyne, na Fórmula Indy, acredita que um candidato ao título na F1 na nova temporada é Sergio Pérez, que se mudou para a Red Bull.

Não há engenheiros

Precisamente a Haas está com dificuldades para preparar a nova temporada. Pela primeira vez, a equipa norte-americana está a trabalhar no Reino Unido mas não tem engenheiros para montar os novos motores Ferrari – por causa das restrições de viagens associadas ao coronavírus.

Os motores estão no Reino Unido mas os engenheiros da Ferrari não conseguem viajar, o que deverá adiar os primeiros testes do ano para março.

Os jovens Mick Schumacher e Nikita Mazepin serão os pilotos da Haas em 2021.

  Nuno Teixeira, ZAP //

2 Comments

  1. O título correto para esta notícia – e que reflectiria o pensamento do Romain – seria ligeiramente diferente: “Nem Hamilton pontuaria num carro da Haas”. Isto é, sem retirar ou acrescentar qualquer palavra, a troca de lugar do “nem” seria suficiente…

    • Caro leitor,
      Obrigado pelo comentário.
      As frases “Nem Hamilton pontuaria” e “Hamilton nem pontuaria” têm de facto significados ligeiramente diferentes.
      No primeiro caso, estamos a focar a atenção na marca, que será tão má que nem o melhor piloto do mundo pontuaria.
      No segundo caso, estamos a dizer que o melhor piloto do mundo o é também porque tem um carro melhor, e que num (tão) mau carro nem pontuaria.
      Pensamos ser esta a ideia de Grosjean, que “sublinha que o carro define muito os resultados de um piloto na Fórmula 1”

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.