Há uma planta que evoluiu para se “esconder” do Homem

Yang Niu

Uma planta utilizada na medicina tradicional chinesa evoluiu, mudando a própria pigmentação, para se tornar menos visível ao Homem, sugere uma nova investigação, dando conta que em causa está uma estratégia de sobrevivência.

O estudo, levado a cabo pelo Instituto de Botânica Kunming (Academia Chinesa de Ciências) e pela Universidade de Exeter (Reino Unido), descobriu que as plantas Fritillaria delavayi, que vivem nas montanhas de Hengduan, na China, são mais semelhantes ao ambiente que as rodeia nas áreas onde são abundantemente colhidas.

As evidências indicam que o Homem está a “alimentar” a evolução desta espécie.

Na prática, explica o portal Eureka Alert, estes espécimes estão a assumir novas tonalidades porque plantas melhor camufladas têm uma maior probabilidade de sobreviver.

“É notável ver como é que os humanos podem ter um impacto tão direto e dramático na coloração de organismos selvagens, não só na sua sobrevivência, mas também na sua própria evolução”, afirmou o professor Martin Stevens, da Universidade de Exeter.

“Muitas plantas parecem recorrem à camuflagem para se esconder de herbívoros que podem comê-las, mas aqui vemos que a camuflagem evoluir em resposta ao humanos coletores (…) Os humanos podem ter conduzido a evolução das estratégias defensivas noutras espécies de plantas, mas, surpreendentemente, poucas investigações analisaram essa tendência”, acrescentou o especialista.

Fritillaria delavayi é uma erva perene (com um ciclo de vida é longo) que possui folhas, que variam desde os tons cinzentos até ao castanho e ao verde, em idade jovem e produz apenas uma flor por ano após o quinto ano de vida.

O bolbo desta espécie tem sido utilizado na medicina chinesa durante mais de 2.000 anos e os preços elevados praticados nos últimos anos levaram a um aumento das colheitas.

“Como outras plantas camufladas que estudamos, pensamos que a evolução da camuflagem desta planta foi impulsionada por herbívoros, mas não encontramos esses animais (…) Então percebemos que os humanos podem ser a razão“, explicou o especialista Yang Niu, do Instituto de Botânica Kunming,

O professor Hang Su, do mesmo instituto, acrescentou: “A colheita comercial é uma pressão de seleção muito mais forte do que muitas pressões da natureza (…) O estado atual da biodiversidade na Terra é determinado quer pela natureza, quer por nós mesmos”.

Os resultados da investigação foram recentemente publicados na revista científica especializada Current Biology, num artigo intitulado: “A colheita comercial alimentou a evolução da camuflagem numa planta alpina”.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Como botânico sou obrigado a discordar com este artigo e com o professor Martin Stevens.
    É uma selecção Natural por extinção. Basicamente as espécies com determinadas características são colectadas até à extinção (ou devoradas por animais).
    Sendo assim as que ficam são as que tinham uma característica menos “apetecível”.
    Nada mais, nada menos

RESPONDER

Comer menos carne leva a uma vida mais longa. O culpado é um gás tóxico fedorento

Reduzir o consumo de carne força os tecidos a produzir sulfeto de hidrogénio, um gás que promove a saúde do nosso corpo e nos permite viver uma vida mais longa. As dietas ricas em proteínas estão …

Loum e Pepe acabaram jogo aos empurrões ("Pinto da Costa já está a vender o médio no Olx")

O FC Porto derrotou o Farense com um golo solitário de Taremi num jogo que terminou com Pepe e Loum aos empurrões. Os dois jogadores portistas pegaram-se no fim da partida e há adeptos que …

Recomendação de Bruxelas implica isolar quase todo o país. Quase 70% dos concelhos em risco extremo

Portugal era esta segunda-feira o país em pior situação de novos casos e novas mortes por milhão de habitantes na média dos últimos sete dias, de acordo com sites que recolhem informação estatística sobre a …

Marcelo ouve partidos sobre renovação do estado de emergência

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, começa esta terça-feira a ouvir os partidos políticos com assento parlamentar por videoconferência sobre a renovação do estado de emergência Esta terça-feira são ouvidos a Iniciativa Liberal, Chega, …

Governo já admite transferir doentes com covid-19 para outros países

A ministra da Saúde, Marta Temido, assumiu que o Governo está a "equacionar" pedir ajuda internacional para eventualmente transferir doentes com covid-19 para hospitais de outros países. "O Governo português está a accionar todos os mecanismos …

Milhões de estrelas-do-mar morreram transformadas em gosma. Cientistas já sabem porquê

Cientistas descobriram finalmente o culpado por trás da morte de milhões de estrelas do mar, que apareceram em várias regiões do mundo transformadas numa espécie de gosma. Em 2013, milhões de estrelas-do-mar morreram de forma estranha, …

Os sete planetas do tamanho da Terra da estranha estrela TRAPPIST-1 podem ser feitos de material semelhante

O sistema estelar TRAPPIST-1 é o lar do maior lote de planetas aproximadamente do tamanho da Terra já encontrado fora do nosso Sistema Solar. Descobertos em 2016 a cerca de 40 anos-luz de distância, estes …

Sem nuvens ou neblina. Descoberto o primeiro planeta semelhante a Júpiter com uma atmosfera límpida

Foi descoberto o primeiro planeta semelhante a Júpiter sem nuvens ou neblina, que é também o segundo mundo já identificado de atmosfera límpida, segundo uma nova investigação levada a cabo por astrónomos do do Harvard-Smithsonian …

Joana d’Arc: a heroína injustiçada que teve um papel fundamental na Guerra dos 100 Dias

Quando entrou na adolescência, Joana d'Arc já estava com o futuro traçado, pois a sua família já tinha escolhido um rapaz para se casar com ela. Contudo, o seu destino acabou por ser outro: teve …

Farense 0-1 FC Porto | Dragão voa com recital de Corona

O FC Porto aproveitou da melhor forma o deslize do Benfica em casa com o Nacional para se isolar no segundo lugar na Liga NOS, com mais dois pontos que as “águias”. A formação portista foi …