Há uma planta que evoluiu para se “esconder” do Homem

Yang Niu

Uma planta utilizada na medicina tradicional chinesa evoluiu, mudando a própria pigmentação, para se tornar menos visível ao Homem, sugere uma nova investigação, dando conta que em causa está uma estratégia de sobrevivência.

O estudo, levado a cabo pelo Instituto de Botânica Kunming (Academia Chinesa de Ciências) e pela Universidade de Exeter (Reino Unido), descobriu que as plantas Fritillaria delavayi, que vivem nas montanhas de Hengduan, na China, são mais semelhantes ao ambiente que as rodeia nas áreas onde são abundantemente colhidas.

As evidências indicam que o Homem está a “alimentar” a evolução desta espécie.

Na prática, explica o portal Eureka Alert, estes espécimes estão a assumir novas tonalidades porque plantas melhor camufladas têm uma maior probabilidade de sobreviver.

“É notável ver como é que os humanos podem ter um impacto tão direto e dramático na coloração de organismos selvagens, não só na sua sobrevivência, mas também na sua própria evolução”, afirmou o professor Martin Stevens, da Universidade de Exeter.

“Muitas plantas parecem recorrem à camuflagem para se esconder de herbívoros que podem comê-las, mas aqui vemos que a camuflagem evoluir em resposta ao humanos coletores (…) Os humanos podem ter conduzido a evolução das estratégias defensivas noutras espécies de plantas, mas, surpreendentemente, poucas investigações analisaram essa tendência”, acrescentou o especialista.

Fritillaria delavayi é uma erva perene (com um ciclo de vida é longo) que possui folhas, que variam desde os tons cinzentos até ao castanho e ao verde, em idade jovem e produz apenas uma flor por ano após o quinto ano de vida.

O bolbo desta espécie tem sido utilizado na medicina chinesa durante mais de 2.000 anos e os preços elevados praticados nos últimos anos levaram a um aumento das colheitas.

“Como outras plantas camufladas que estudamos, pensamos que a evolução da camuflagem desta planta foi impulsionada por herbívoros, mas não encontramos esses animais (…) Então percebemos que os humanos podem ser a razão“, explicou o especialista Yang Niu, do Instituto de Botânica Kunming,

O professor Hang Su, do mesmo instituto, acrescentou: “A colheita comercial é uma pressão de seleção muito mais forte do que muitas pressões da natureza (…) O estado atual da biodiversidade na Terra é determinado quer pela natureza, quer por nós mesmos”.

Os resultados da investigação foram recentemente publicados na revista científica especializada Current Biology, num artigo intitulado: “A colheita comercial alimentou a evolução da camuflagem numa planta alpina”.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Como botânico sou obrigado a discordar com este artigo e com o professor Martin Stevens.
    É uma selecção Natural por extinção. Basicamente as espécies com determinadas características são colectadas até à extinção (ou devoradas por animais).
    Sendo assim as que ficam são as que tinham uma característica menos “apetecível”.
    Nada mais, nada menos

RESPONDER

Entre críticas a Rio e Marcelo, Ventura teve um drive-in com música de baile (e comparou-se a Sá Carneiro)

Ventura demarcou-se dos insultos de apoiantes à comunicação social, mas não admitiu que o seu mandatário os incentivou, chamando “inimigos” aos jornalistas. Terminou o dia num comício na praia de Leça da Palmeira mas em …

Governo Regional da Madeira garante que aumento de casos se deve às celebrações de fim de ano

O presidente do Governo da Madeira afirmou que o aumento de casos de covid-19 registado nos últimos dias na região é resultado das celebrações do fim do ano, assegurando fiscalização mais apertada nos bares aos …

Novo máximo diário com 218 mortes. Morre uma pessoa com covid-19 a cada 7 minutos

Portugal contabilizou esta terça-feira 218 mortes, um novo máximo de óbitos em 24 horas, relacionados com a covid-19, e 10.455 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). Quase metade das …

Ana Gomes teme que processos BES e Operação Marquês acabem como o dos submarinos

A candidata presidencial Ana Gomes disse ontem temer que processos como os do BES e da Operação Marquês terminem como o dos submarinos, em que considerou que se "trabalhou para a prescrição". Na conversa online que …

Recuperação só em 2022, disse Vestager. Leão quer aprovação rápida dos planos para a UE

A vice-presidente executiva da Comissão Europeia, Margrethe Vestager, afirmou que a recuperação europeia só será "sentida como tal" em 2022, mas que no outono já poderão ser visíveis alguns sinais, caso a vacinação contra a …

Marcelo aprova novas medidas e anuncia reunião com especialistas para discutir situação das escolas

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, assinou esta terça-feira o decreto do Governo que altera a regulamentação do estado de emergência devido à pandemia de covid-19 e anunciou uma reunião com especialistas na …

Jerónimo na campanha de João Ferreira para homenagear os que "se levantaram contra o fascismo"

O candidato presidencial comunista contou com a presença do secretário-geral do PCP, esta segunda-feira, na Marinha Grande, que destacou a importância de lutar contra os atuais "traços de regressão democrática". Durante uma ação na Escola Secundária …

Gilberto, Vertonghen, Grimaldo, Diogo Gonçalves e Waldschmidt infetados

Os futebolistas do Benfica Gilberto, Vertonghen, Grimaldo, Diogo Gonçalves e Luca Waldschmidt são os mais recentes casos positivos ao novo coronavírus no plantel do Benfica, informou esta terça-feira o clube da Luz. “O Sport Lisboa e …

Hospital de Portalegre abre inquérito a morte de doente que esteve 3 horas em ambulância

O hospital de Portalegre vai abrir um inquérito para apurar as circunstâncias da morte de um octogenário, na noite de segunda-feira, na área dedicada aos doentes respiratórios, depois de estar quase três horas numa ambulância, …

"Não somos heróis". Há quartéis que podem fechar se não houver vacinas para os bombeiros

O presidente da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais (ANBP), Fernando Curto, disse que se o número de bombeiros infetados com covid-19 continuar a este ritmo muitos quartéis podem ter de encerrar. "As carrinhas de transporte de …