Há mais asiáticos que portugueses a visitar a Universidade de Coimbra

Paulo Novais / Lusa

Uma turista asiática tira fotografias na Universidade de Coimbra

Desde a classificação como Património Mundial que os turistas na Universidade de Coimbra têm vindo a crescer, entre eles os asiáticos, que já suplantaram o número de visitantes portugueses quando se retiram às contas as visitas escolares.

Os asiáticos, japoneses, na maioria, já representam 8% dos visitantes que fazem o circuito turístico da Universidade de Coimbra, movidos pela História presente nas paredes desta instituição com 725 anos de vida, que, em alguns pontos, se cruza com culturas do continente asiático.

Apesar de um forte interesse pela cultura e património, muitos chegam a Coimbra não por vontade própria, mas por esta estar integrada na rota turística que fazem por Portugal, normalmente em grupo, sendo a cidade dos estudantes um ponto de passagem na viagem entre Porto e Lisboa.

Eles adoram Coimbra“, diz à agência Lusa Kuniko, guia japonesa que já esteve em Portugal “mais de 15 vezes”, e que sublinha a “História em torno da Universidade”.

Teerachai Jungwiwattanaporn, turista de 63 anos, da Tailândia, tinha chegado apenas há dez minutos a Coimbra, mas já se mostrava encantado, recorrendo a um efusivo “uau” para descrever aquilo que sentia ao estar no Paço das Escolas da universidade

“É enorme. É muito bonito”, diz Teerachai, explicando que decidiu vir a Portugal por haver uma relação “histórica” entre os dois países e por conhecer a arquitetura portuguesa em Macau, querendo ver “o original”.

Outra turista tailandesa, de 58 anos, deixou-se impressionar pela arquitetura da Faculdade de Direito e pela paisagem que encontra no Paço das Escolas, em que se pode ver o rio Mondego.

Paulo Novais / Lusa

Desde a classificação como Património Mundial, que os turistas na Universidade de Coimbra têm vindo a crescer, entre eles os asiáticos, que já suplantaram o número de visitantes portugueses

Desde a classificação como Património Mundial, que os turistas na Universidade de Coimbra têm vindo a crescer, entre eles os asiáticos, que já suplantaram o número de visitantes portugueses

“Já fui a Espanha e ouvi muito sobre Portugal e a sua cultura e o facto de ter estado por todo o mundo“, durante os Descobrimentos, também reforça o interesse, aponta, salientando estar a adorar, não só os monumentos, mas também as pessoas: “vocês são tão simpáticos”.

Segundo o vice-reitor da Universidade de Coimbra (UC), Luís Menezes, o turista asiático tem aumentado “ao mesmo nível” que os restantes visitantes estrangeiros, sublinhando que, caso se retirem “as visitas escolares, que são a maioria das visitas de portugueses [9% no total]”, este continente está mais representado que Portugal.

“A UC, com 725 anos, tem de facto um detalhe que é fantástico: há sempre uma história para contar para qualquer cultura que nos visite. A nossa ligação com a China é imensa, a nossa ligação com o Japão é imensa e conseguimos durante a visita fazê-la dirigida à cultura de quem nos visita, o que é representativo da diversidade” presente na própria instituição, realça.

Luís Menezes exemplifica com uma exposição colocada na Biblioteca Joanina, sobre o livro “A Peregrinação” de Fernão Mendes Pinto, da qual detém a obra original: “Os asiáticos ficam encantados com ela” e com a própria biblioteca, “com toda a decoração em ‘chinoiserie'”.

O visitante asiático “gosta de facto da História e do património“, procurando “aprender sobre uma cultura completamente diferente”, constata, frisando que este tem interesse “em perceber a capa dos estudantes” e o seu motivo ou em “ouvir fado” de Coimbra.

São particularmente bem-vindos. Vêm numa viagem bem programada, em grupos organizados, e têm normalmente um poder de compra acima da média”, afirma o presidente da Turismo Centro, Pedro Machado,

Segundo Pedro Machado, o mercado asiático, enquanto consumidor, deverá crescer “acima dos 4%” ao ano, sendo necessário a região captar visitantes desse continente, articulando o turismo cultural de Coimbra ao religioso de Fátima.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

20 anos depois, aldeias no Peru ainda sofrem com derrame de mercúrio

Em junho de 2000, um camião derramou mercúrio, da mina de ouro Yanacocha, a maior da América Latina, em três aldeias do Peru. 20 anos depois, os moradores ainda sofrem as consequências deste acidente. Quando Francisca …

Caso BPP. Ex-banqueiro João Rendeiro acusado de nova burla

O Ministério Público (MP) acusou o ex-presidente e fundador do BPP, João Rendeiro, de mais um crime de burla qualificada no caso BPP, segundo avança o Correio da Manhã. A acusação relaciona-se, de acordo com o …

EUA "confiscam" na Tailândia 200 mil máscaras que iam para a Alemanha

A polícia de Berlim, na Alemanha, encomendou 200 mil máscaras cirúrgicas a uma empresa americana. Porém, foram "confiscadas" em Banguecoque, na Tailândia, e desviadas para os Estados Unidos. O ministro do Interior de Berlim considerou o …

Valência chega a acordo com Diogo Leite. Saída do FC Porto estará quase consumada

O Valência tem 20 milhões de euros para oferecer ao FC Porto em troca do defesa-central Diogo Leite, com quem já terá chegado a acordo. De acordo com o jornal desportivo A Bola, Diogo Leite já …

Jornais espanhóis fazem boicote às "conferências-farsas" do Governo

Os jornais espanhóis, como o Libertad Digital, o El Mundo, o ABC e o Vozpópuli, estão a boicotar as conferências de imprensa do governo de Espanha, acusando-o de filtrar as perguntas dos meios de comunicação. Tudo começou …

Número diário de óbitos desce em Espanha. Mais um campo de refugiados grego em quarentena

Em Espanha, o número diário de óbitos por infeção de covid-19 tem mantido uma tendência de subida. Já na Alemanha, há menos casos, mas mais mortes. Espanha continua a manter a tendência de descida do número …

Trump diz que o pior está para vir (mas admite aliviar restrições para ir à missa na Páscoa)

Este sábado, o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, admitiu que o pior ainda está para vir e que ainda “vai haver muitas mortes". Depois, disse que está a pensar aliviar as restrições para permitir …

Covid-19. Mais 754 casos de infeção e 29 mortes em Portugal

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Deral da Saúde (DGS) este domingo, há 11.278 infetados por covid-19 em Portugal e 295 óbitos. O número de infetados por covid-19 subiu, este domingo, para um total …

Inspetores do SEF suspeitos de assassinar ucraniano foram identificados em carta anónima

Os três inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) suspeitos de assassinar um ucraniano no aeroporto de Lisboa foram identificados numa carta anónima enviada à Polícia Judiciária (PJ). De acordo com o semanário Expresso, a …

Avião fretado pelo Estado aterra em Lisboa com 20 toneladas de equipamento médico

Um avião fretado pelo Estado português chegou este sábado a Lisboa com equipamento médico proveniente de Pequim, incluindo 144 ventiladores e máscaras de proteção respiratória, destinados ao Sistema Nacional de Saúde (SNS), informou a embaixada …