Há 8 mil turmas ilegais com mais de dois alunos com necessidades especiais

Photoxpress

-

Uma em cada três turmas com alunos com Necessidades Educativas Especiais (NEE) viola a legislação ao integrarem mais de dois alunos com NEE, alertou esta sexta-feira a Fenprof, lembrando que este ano há 100 mil alunos com necessidades.

“Cerca de oito mil turmas violam os normativos em vigor”, conclui um inquérito realizado pela Federação Nacional dos Professores (Fenprof) junto das direções das escolas e dos agrupamentos públicos.

Este ano, as escolas públicas receberam cerca de 100 mil alunos com NEE, que representam 7,3% do total (no ano passado eram 6%).

Quase metade das turmas (44,2%) integram alunos com dificuldades, “mas só 27,3% têm até 20 alunos, bastante aquém dos 42% referidos pelo ME, sendo que só 20,2% não vão além dos dois alunos com NEE”, diz a Fenprof, baseando-se nas respostas dos 25% de diretores escolares que responderam ao inquérito que realizou.

Mais de metade (55%) das turmas tem mais de 20 alunos, mais de dois alunos com NEE ou então conjugam as duas situações.

A agravar o problema das turmas superlotadas, há carência de meios: faltam professores de Educação Especial, técnicos especializados, assistentes operacionais e “recursos indispensáveis a um adequado apoio dos alunos com necessidades educativas especiais”.

Para a Fenprof, os antigos problemas dos alunos com NEE mantêm-se e, mesmo com o novo normativo, poderão ser agravados.

A Fenprof recorda a nova medida que prevê a redução do número de alunos para 20 estudantes por turma, por integrarem alunos com NEE, mas apenas quando estes permanecem, pelo menos, 60% do tempo letivo em atividade na turma.

Para a federação, esta “medida positiva anunciada como promotora de inclusão, por falta de recursos, poderá transformar-se em fator de exclusão”.

Isto porque ter de permanecer pelo menos 60% do tempo na turma é um requisito “extremamente exigente”, tanto mais que, mais de metade dos alunos (52,8%) tem permanecido menos de 40% do tempo integrados na turma, segundo dados do Conselho Nacional de Educação.

Quando os diretores foram questionados pela Fenprof sobre o impacto da medida, “apenas 18,3% dos inquiridos a considera negativa, mas 63,2% dos que respondem temem que, a não serem reforçados os recursos das escolas, o que se anunciou como favorável à inclusão poderá não atingir o objetivo e, pelo contrário, transformar-se em fator de exclusão“, alerta a federação de professores.

“Sem apoios permanentes, é muito difícil a estes alunos manterem-se nas salas de aula em processo de aprendizagem”, alerta a federação.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Escolas não devem reabrir em abril

Esta terça-feira ao início da tarde, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, admitiu que as escolas vão manter-se fechadas até ao final de abril. Marcelo Rebelo de Sousa esteve reunido, esta terça-feira, com especialistas …

Câmara de Comércio e Governo criam gabinete de apoio às empresas

A Câmara de Comércio e Indústria (CCIP) e o Governo criaram um gabinete de apoio às empresas para esclarecer e facilitar o acesso das companhias às ajudas lançadas pelo executivo. Segundo noticiou a TSF, a estrutura, …

Tragédia continua. Encontrado corpo de sobrinha-neta de John F. Kennedy

O corpo da sobrinha-neta do ex-Presidente norte-americano John F. Kennedy, que estava desaparecida com o filho desde quinta-feira, foi encontrado na segunda-feira, informaram esta terça-feira os meios de comunicação norte-americanos. Maeve Kennedy Townsend McKean, de 40 …

Jornal Económico e A Bola avançam para regime de lay-off

O Jornal Económico e o desportivo A Bola vão avançar para o regime de lay-off devido a quebras significativas nas vendas e publicidade desencadeadas pela pandemia de covid-19, que já fez mais de 300 vítimas …

Moratória nos créditos à habitação não suspende Seguros (e pode ter que os pagar durante mais tempo)

A suspensão dos pagamentos dos empréstimos do Crédito à Habitação, por parte dos clientes bancários que queiram aderir à moratória aprovada pelo Governo, pode não travar os pagamentos dos Seguros de Vida e Multi-riscos que …

Espanha poderá ser o primeiro país na Europa a avançar com rendimento básico universal

A ministra da Economia espanhola assegurou, este domingo, que o Governo está a trabalhar para aplicar o rendimento básico universal, embora não tenha dado ainda uma data concreta. Em declarações ao canal televisivo laSexta, a ministra …

Presidente revela que não está imune e é contra "descompressão" de medidas em abril

O Presidente da República revelou numa entrevista esta terça-feira divulgada pela Antena 1 que já fez um dos novos testes sorológicos para detetar a presença de anticorpos para o novo coronavírus e não está imunizado. "Depois …

Ministros das finanças procuram entendimento. Itália ameaça consenso de Centeno

Os ministros das Finanças da zona euro voltam a reunir-se esta terça-feira, por videoconferência, com a responsabilidade de chegarem a um compromisso sobre uma resposta comum para minimizar os efeitos da pandemia covid-19, precisando para …

Empresas estão a cobrar às farmácias 150 euros por caixa de máscaras

Empresas, muitas das quais nem sequer são do ramo farmacêutico, estão a cobrar às farmácias 150 euros por uma caixa de máscaras. Antes, eram vendidas por cinco euros. A pandemia de covid-19 levou a que a …

Governo alarga apoios a sócios-gerentes sem trabalhadores

O Governo enviou esta segunda-feira para promulgação pelo Presidente da República um decreto com alterações ao regime de apoio extraordinário dos trabalhadores independentes, estendendo agora os benefícios aos sócios-gerentes sem trabalhadores por conta de outrem. Este …