Governo facilita acesso a subsídio a desempregados que aceitem ofertas com salário mais baixo

kate hiscock / Flickr

-

O Governo alargou as regras da Medida Incentivo à Aceitação de Ofertas de Emprego, permitindo a mais desempregados acumular parte do subsídio de desemprego com um salário mais baixo, caso consigam um trabalho.

De acordo com os dados oficiais, refere o Diário Económico, a medida abrangeu apenas 319 desempregados entre 6 de agosto de 2012 e 5 de novembro de 2014, e as novas regras surgem com o objetivo de abranger mais pessoas.

A medida destina-se aos inscritos no IEFP que recebem subsídio de desemprego e queiram aceitar ofertas de trabalho, a tempo inteiro, com um salário bruto inferior ao valor do subsídio.

A partir de agora, em vez de ter que estar inscrito há mais de seis meses no IEFP, esse período passa para metade, contanto que tenha ainda pelo menos três meses de prestações a receber.

Nos primeiros seis meses do novo contrato, o trabalhador poderá receber 50% do valor da prestação de desemprego até ao limite máximo de 500 euros, e nos meses seguintes, até completar um ano (ou até atingir o número de prestações de desemprego que teria direito a receber) no novo trabalho, poderá continuar a receber 25% do valor do subsídio até um máximo de 250 euros.

Este apoio passa a ser ainda acumulável com outras medidas de apoio à contratação da parte do empregador, como o Estímulo Emprego.

AF, ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Taxa de sucesso no ensino profissional atinge os 63%. É o valor mais alto de sempre

No ano letivo de 2017/2018, 63% dos alunos inscritos no ensino profissional concluíram os seus cursos no tempo previsto, mais dez pontos percentuais do que quatro anos antes, avança o jornal Público. De acordo com um …

Regra para filhos de pais separados em casas alternadas divide partidos

A lei já prevê que os filhos de pais separados possam ficar em residência alternada se o tribunal assim o decidir. Porém, as regras não são claras e vai ser discutida a melhor forma de …

Helicóptero do INEM avariou durante missão. Vítima que ia socorrer acabou por morrer

Um helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), localizado em Loulé, teve uma avaria a meio de uma missão de socorro, sendo obrigado a abortar a viagem que visava ajudar uma mulher de 22 …

Águas do Porto alerta para cobranças fraudulentas porta a porta

A empresa municipal Águas do Porto alertou, esta segunda-feira, para uma fraude que está a ser cometida em seu nome com falsos funcionários que tentam fazer cobranças à porta. De acordo com a Águas do Porto, …

Um terço dos universitários de Lisboa já sofreu violência sexual física

Um terço dos estudantes universitários da área metropolitana de Lisboa já foi vítima de violência sexual física pelo menos uma vez, mas são muitos poucos os que denunciam as agressões, raramente o fazendo à …

OE2020: Esquerda vai negociar "até ao último minuto". PSD não comenta eventual traição madeirense

O Governo apresentou, nesta terça-feira, na Assembleia da República, as linhas gerais da proposta de Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) aos partidos com representação parlamentar. Dos encontros, não saiu fumo branco, com o Bloco …

Turismo fez subir o custo de vida dos portugueses. Salários continuam estagnados

O crescimento do turismo em Portugal fez crescer o custo de vida dos portugueses, especialmente nos que vivem nas grandes cidades, apesar de estes continuarem com os salários estagnados, escreve o Jornal de Notícias. Entre 2013 …

Contrato público. Amazon apresenta queixa em tribunal contra Trump

A Amazon revela que os "insistentes ataques públicos e de bastidores" de Donald Trump contra Jeff Bezos causaram "pressão" que levou à perda de contrato público com o Departamento de Defesa.  A Amazon apresentou uma queixa …

Empurrões, insultos e (talvez) um murro: Sérgio Conceição e Pedro Ribeiro perderam as estribeiras no túnel do Jamor

Os treinadores de FC Porto e Belenenses, Sérgio Conceição e Pedro Ribeiro, desentenderam-se no túnel de acesso ao relvado do Estádio Nacional, ao intervalo do jogo em que as duas equipas empataram a uma bola. …

Acordo entre Rússia e Ucrânia para cessar-fogo até ao final do ano

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o seu homólogo ucraniano, Volodymyr Zelensky, chegaram na segunda-feira à noite a um acordo de cessar-fogo que deverá ter efeito até ao final do ano de 2019. "As partes …