Os gorilas têm amigos para toda a vida (e fazem grandes festas anuais)

Cientistas concluíram que os gorilas têm amizades que duram para toda a vida, inclusive entre animais que não são parentes, e celebram grandes reuniões anuais.

De acordo com o ABC, uma equipa de cientistas concluiu que os gorilas têm sociedades muito mais complexas do que se pensava até agora, com amizades que duram para toda a vida e que se formam, inclusive, entre animais que não são parentes.

O estudo, publicado este mês na revista científica Proceedings of the Royal Society B, revela ainda que estes animais também celebram grandes reuniões anuais e têm grupos de solteiros ou núcleos familiares de vários tamanhos.

“Conseguimos mostrar que os gorilas têm preferências sociais a longo prazo, semelhantes às amizades dos humanos, não só dentro da família mas também entre elas, e que estas preferências têm a mesma estrutura que vemos nos humanos”, explica Robin Morrison, antropóloga da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, que lidera a investigação.

“Para nós, o mais importante é que isto sugere que a nossa própria estrutura social tem raízes evolutivas muito mais precoces do que se pensava até agora, e que é algo que partilhamos com os nossos parentes evolutivos mais próximos”, explica ao jornal espanhol.

Os investigadores estiveram seis anos a recolher dados em dois pontos de amostragem na República Democrática do Congo, onde cientistas recolheram as interações sociais de cem exemplares do gorila-ocidental-das-terras-baixas (Gorilla gorilla gorilla), que vivem em áreas florestais.

Através da análise da frequência e da duração das associações formadas entre estes indivíduos, a equipa descobriu a existência de camadas sociais desconhecidas: além do agregado familiar, existe um grupo de “regulares”, formado por 13 gorilas, que se assemelham à família das sociedades tradicionais (em que pais e filhos se juntam com os tios, os avós e os primos).

Além deste, a equipa descobriu outro grupo, formado por 39 gorilas, semelhante a um agregado humano em que os indivíduos passam tempo juntos sem estarem necessariamente ligados de uma forma próxima. “Algo semelhante a uma tribo ou uma pequena povoação”, compara Morrison.

Os cientistas também perceberam que 80% das associações próximas entre machos dominantes se estabelecem em animais sem qualquer ligação ou com uma ligação muito distante (para lá dos meios-irmãos).

Isto ocorre em parte porque a maioria das fêmeas passam a sua vida em vários grupos, juntamente com as suas crias, o que permite que os machos formem laços familiares semelhantes aos dos meios-irmãos, “que podem levar às associações que vemos quando são adultos” e que, segundo a investigadora, recordam as velhas amizades. Além disso, os machos solitários também formam por vezes grupos de solteiros em que também se estabelecem importantes laços.

À parte de tudo isto, os investigadores notaram ainda que se celebram grandes reuniões anuais e que estas se formam à volta da comida, embora apontem que são tão pouco frequentes que é difícil extrair conclusões acertadas.

Para além de nos ajudar a compreender as origens da nossa sociedade, Morrison considera que estas conclusões mostram como os gorilas, animais ameaçados, “são profundamente inteligentes e sofisticados e que talvez os humanos não são assim tão especiais como gostamos de pensar”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Cientista americana diz estar certa de que a Terra será atingida por asteroide

https://vimeo.com/355132338 Uma cientista americana de uma ONG dedicada a proteger a Terra diz que é 100% certo que um asteroide atingirá o nosso planeta. A cientista é Danica Remy, presidente da Fundação B612. Após um asteroide não …

NASA vai mesmo explorar Europa, a lua de Júpiter que pode ter vida extraterrestre

A NASA deu luz verde a uma missão para explorar uma lua de Júpiter que é considerada um dos melhores candidatos para a vida extraterrestre. A Europa - que é um pouco mais pequena do que …

País de Gales cancela plano controverso de criar "casas de banho robô"

O objetivo da construção era impedir atividade sexual, vandalismo e dormidas nas casas de banho públicas. O projeto ia recorrer às tecnologias de piso sensível ao peso, jatos de água, sensores anti-movimento e alarmes. O conselho …

Sem saber, uma mulher viveu durante 17 anos com a sua "gémea" dentro dela

Uma jovem na Índia, sem saber, viveu com uma das condições médicas mais raras e perturbadoras durante quase duas décadas. De acordo com um relatório de caso desta semana, a mulher tinha um saco que continha …

Novo filme da saga 007 já tem nome e data de estreia marcada

O novo filme da saga 007, realizado por Cary Fukunaga chama-se "No time to die" e estreia-se no Reino Unido e nos Estados Unidos em abril de 2020. "Daniel Craig regressa como James Bond, 007 em... …

Comporta pode tornar-se na nova Ibiza (e tudo começou com a queda do BES)

Após anos de um quase esquecimento, em termos de desenvolvimento imobiliário, a Comporta está a atrair investidores internacionais que encaram a pequena vila de Setúbal como uma "nova Ibiza". Um cenário que está a preocupar …

Família de Aretha Franklin cria fundo para a investigação de cancro raro

Um ano após a morte da cantora, a família de Aretha Franklin criou um fundo de apoio à investigação na área dos tumores neuroendócrinos, a doença rara que se revelou fatal para a celebridade, a …

Sporting vai monitorizar tudo o que se diz e escreve sobre jogadores

A empresa Noisefeed tem uma enorme base de dados relativa à atividade nas redes sociais de milhares de jogadores a nível global. Os jogadores de futebol de todo o mundo usam, cada vez mais, as redes …

Boris janta hoje com Merkel para mudar acordo. Maioria quer novo referendo

A pouco mais de dois meses da data marcada para a saída do Reino Unido da União Europeia, uma nova sondagem mostra que a maioria dos britânico quer que qualquer novo acordo vá a referendo. Um …

Oficial: Pardal Henriques candidato a deputado pelo partido de Marinho Pinto

O advogado Pedro Pardal Henriques anunciou esta quarta-feira que aceitou o convite para encabeçar a lista do PDR a Lisboa, deixando de ser porta-voz do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas para "não misturar …