Os gorilas têm amigos para toda a vida (e fazem grandes festas anuais)

Cientistas concluíram que os gorilas têm amizades que duram para toda a vida, inclusive entre animais que não são parentes, e celebram grandes reuniões anuais.

De acordo com o ABC, uma equipa de cientistas concluiu que os gorilas têm sociedades muito mais complexas do que se pensava até agora, com amizades que duram para toda a vida e que se formam, inclusive, entre animais que não são parentes.

O estudo, publicado este mês na revista científica Proceedings of the Royal Society B, revela ainda que estes animais também celebram grandes reuniões anuais e têm grupos de solteiros ou núcleos familiares de vários tamanhos.

“Conseguimos mostrar que os gorilas têm preferências sociais a longo prazo, semelhantes às amizades dos humanos, não só dentro da família mas também entre elas, e que estas preferências têm a mesma estrutura que vemos nos humanos”, explica Robin Morrison, antropóloga da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, que lidera a investigação.

“Para nós, o mais importante é que isto sugere que a nossa própria estrutura social tem raízes evolutivas muito mais precoces do que se pensava até agora, e que é algo que partilhamos com os nossos parentes evolutivos mais próximos”, explica ao jornal espanhol.

Os investigadores estiveram seis anos a recolher dados em dois pontos de amostragem na República Democrática do Congo, onde cientistas recolheram as interações sociais de cem exemplares do gorila-ocidental-das-terras-baixas (Gorilla gorilla gorilla), que vivem em áreas florestais.

Através da análise da frequência e da duração das associações formadas entre estes indivíduos, a equipa descobriu a existência de camadas sociais desconhecidas: além do agregado familiar, existe um grupo de “regulares”, formado por 13 gorilas, que se assemelham à família das sociedades tradicionais (em que pais e filhos se juntam com os tios, os avós e os primos).

Além deste, a equipa descobriu outro grupo, formado por 39 gorilas, semelhante a um agregado humano em que os indivíduos passam tempo juntos sem estarem necessariamente ligados de uma forma próxima. “Algo semelhante a uma tribo ou uma pequena povoação”, compara Morrison.

Os cientistas também perceberam que 80% das associações próximas entre machos dominantes se estabelecem em animais sem qualquer ligação ou com uma ligação muito distante (para lá dos meios-irmãos).

Isto ocorre em parte porque a maioria das fêmeas passam a sua vida em vários grupos, juntamente com as suas crias, o que permite que os machos formem laços familiares semelhantes aos dos meios-irmãos, “que podem levar às associações que vemos quando são adultos” e que, segundo a investigadora, recordam as velhas amizades. Além disso, os machos solitários também formam por vezes grupos de solteiros em que também se estabelecem importantes laços.

À parte de tudo isto, os investigadores notaram ainda que se celebram grandes reuniões anuais e que estas se formam à volta da comida, embora apontem que são tão pouco frequentes que é difícil extrair conclusões acertadas.

Para além de nos ajudar a compreender as origens da nossa sociedade, Morrison considera que estas conclusões mostram como os gorilas, animais ameaçados, “são profundamente inteligentes e sofisticados e que talvez os humanos não são assim tão especiais como gostamos de pensar”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Cientistas "acordam" bactérias com 100 milhões de anos

Os micróbios e as bactérias estavam presentes em argilas enterradas no fundo do mar do oceano Pacífico e são apontados como os organismos vivos mais antigos do planeta Terra. Uma equipa de cientistas, dos Estados Unidos …

PSD e PS lesaram o Estado nos contratos dos aviões C-295 da Força Aérea

O Tribunal de Contas (TdC) concluiu que o Estado português perdeu 9,25 milhões de euros de compensação pelo incumprimento das contrapartidas na compra de 12 aviões C-295 à Airbus Defense and Space (ADS), num relatório …

Sob suspeita, Juan Carlos exila-se na República Dominicana (via Porto)

O rei emérito de Espanha, Juan Carlos, viajou este fim-de-semana para a República Dominicana, depois de decidir viver noutro país face à repercussão pública das investigações sobre os seus alegados fundos em paraísos fiscais. O destino …

É possível inativar o novo coronavírus no leite materno. Basta pasteurizá-lo

Uma equipa de cientistas da Universidade de Toronto e da Sinai Health, no Canadá, realizou uma pesquisa que comprovou que pasteurizar o leite materno inativa o vírus Sars-CoV-2. Uma nova investigação, cujo artigo científico foi recentemente …

Cientistas tornam a luz invisível visível pela primeira vez

Uma equipa de cientistas da Vrije Universiteit Brussel e de Harvard conseguiu, pela primeira vez, tornar visível a luz de campo próximo. Existem vários tipos de luz, alguns visíveis e outros invisíveis ao olho humano. Os …

Estrela morta emite cocktail de radiação nunca antes visto

Um grupo internacional de cientistas explorou o potencial do telescópio espacial de raios gama da Agência Espacial Europeia (ESA) - e outros telescópios e instrumentos - para detetar um cocktail de radiação inédita de uma …

Ator francês Dieudonné banido do Facebook por comentários antissemitas

O ator francês foi banido definitivamente do Facebook e do Instagram por causa dos comentários sobre as vítimas do Holocausto marcados por termos e expressões "desumanizantes contra os judeus". O anúncio do afastamento permanente de Dieudonné …

Última temporada de "La Casa de Papel" terá filmagens em Portugal

A rodagem da quinta temporada da série espanhola "La Casa de Papel", de Álex Pina, começa esta segunda-feira e terá filmagens em Portugal, revelou a plataforma Netflix. Em comunicado, na última sexta-feira, a Netflix explica que …

Janelas com vista para o Espaço. Virgin Galactic revela interior de nave espacial para turistas

A Virgin Galactic acaba de revelar o luxuoso design do interior da cabine do primeiro veículo SpaceshipTwo - o VSS Unity - que permitirá a astronautas e entusiastas explorar o Espaço com conforto. A Virgin Galactic, …

Irão garante ter detido líder de "grupo terrorista" dos EUA

Este sábado, o Irão anunciou a detenção do líder de um "grupo terrorista" norte-americano alegadamente responsável por um bombardeamento mortal, em 2008, numa mesquita da cidade de Shiraz, entre outros ataques. "Jamshid Sharmahd, líder do grupo …