Google Maps ajuda polícia a capturar fugitivo da máfia italiana

Google Maps

Um fugitivo de topo da máfia italiana, que esteve em fuga durante quase 20 anos, foi finalmente capturado. Tudo graças à ajuda da Street View do Google Maps.

Gioacchino Gammino, fugitivo da máfia siciliana de 61 anos, foi encontrado em Galapagar, em Espanha, onde vivia sob um nome falso.

Segundo contou um investigador, em declarações à Reuters na quarta-feira, uma imagem de rua do Google Maps de um homem parecido com Gammino em frente a uma loja de fruta foi fundamental para desencadear uma investigação mais profunda.

“O fotograma ajudou-nos a confirmar a investigação que estávamos a desenvolver de formas tradicionais”, disse Nicola Altiero, vice-diretor da unidade italiana de polícia anti-mafia (DIA).

De acordo com o jornal italiano La Repubblica, citado pela Sky News, Gammino usava um nome falso e tinha trabalhado como cozinheiro num restaurante chamado La Cocina de Manu.

No perfil de Facebook do restaurante, que entretanto fechou, foi publicada uma foto de Gammino — reconhecível por uma cicatriz no lado esquerdo do queixo. Depois, através do Street View do Google Maps, a polícia reconheceu o homem em frente a outro estabelecimento chamado El huerto de Manu.

 

Gammino era o chefe do grupo mafioso Stidda, em Agrigento, na Sicília, e fugiu da prisão Rebibbia, em Roma, em 2002, enquanto era gravado um filme. Um ano mais tarde, foi condenado a prisão perpétua por um homicídio cometido vários anos antes.

Desde então, escapou à captura e quando foi apanhado mostrou-se surpreendido.

“Como me encontraram? Há 10 anos que não telefono à minha família”, disse, na altura em que foi detido.

Altiero disse que Gammino está atualmente sob custódia, em Espanha, mas que deverá voltar para Itália até ao final de fevereiro.

  Sofia Teixeira Santos, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.