Golo de Talisca dá vitória ao Benfica sobre o Rio Ave

O Benfica alcançou hoje um difícil triunfo (1-0) na receção ao Rio Ave, encontro da Primeira Liga em que Talisca, com o oitavo golo da temporada, mais uma vez abriu o caminho para a vitória.

No Estádio da Luz, no arranque da nona jornada, Talisca marcou o único tento do encontro, com um excelente remate de fora da área, aos 60 minutos, e fez os “encarnados” regressarem aos triunfos, depois do desaire em Braga (2-1), na última ronda.

Taslica, que também assumiu a liderança isolada dos melhores marcadores do campeonato, voltou a ser determinante numa equipa do Benfica que voltou a apresentar várias lacunas, nomeadamente a meio-campo e também na finalização.

Com este resultado, o líder Benfica recuperou provisoriamente os quatro pontos de vantagem sobre o FC Porto, segundo classificado, que recebe no sábado o Nacional da Madeira.

Com o lateral Eliseu como baixa de última hora, o Benfica acabou por sentir a falta do internacional português, sobretudo pela profundidade que dá ao ataque no lado esquerdo, já que André Almeida, que foi chamado para o seu lugar, raramente se aventurou nos lances ofensivos.

Aliás, o lado esquerdo dos “encarnados” apareceu completamente remodelado para a esta partida, com Gaitan a sentar-se no banco e Talisca a fazer o seu “papel”, enquanto Jonas foi lançado no “onze”, assim como o guarda-redes Júlio César.

Talvez por essa razão, a formação de Jorge Jesus esteve muita apática na primeira parte, embora tenha criado algumas oportunidades para marcar, mas os remates esbarraram sempre no guarda-redes do Rio Ave.

Lima, Enzo Perez e até Lisandro Lopez tentaram a sua sorte, mas Cássio esteve sempre muito seguro nas redes dos vila-condenses, que exageraram na “timidez” nos lances ofensivos.

Segunda parte com Talisca ao meio

Como seria de esperar, Jesus foi obrigado a lançar Gaitan no arranque da segunda parte, deixando Samaris nos balneários. O médio grego voltou a mostrar bastante desacerto na formação benfiquista, somando vários passes errados na primeira parte.

Com Gaitan na esquerda e Talisca de regresso ao meio (nunca se adaptou ao papel de extremo esquerdo), o Benfica foi outro no começou da segunda parte e podia (e devia) ter chegado à vantagem logo nos primeiros instantes. Lima atirou para defesa incompleta de Cássio e Gaitan, com a baliza deserta, atirou por cima na recarga.

O campeão nacional foi acumulando lances de perigo junto da área do Rio Ave e coube a Talisca novamente a responsabilidade de resolver um jogo, que, com a passagem dos minutos, prometia ficar cada vez mais problemático para os da casa.

O brasileiro pegou na bola à entrada da área e, num remate em jeito com o seu pé esquerdo, não deu hipóteses a Cássio, que bem se esticou, sem sucesso, para impedir o golo do Benfica.

Mesmo assim, os “encarnados” não puderam relaxar e acabaram por sofrer até ao apito final do árbitro, já que o Rio Ave foi obrigado a perder a “vergonha” e partiu à procura do empate.

Primeiro Júlio Cesar impediu um remate de Diego e, aos 68 minutos, Esmael meteu mesmo a bola na baliza do guardião brasileiro, mas o fiscal de linha assinalou fora de jogo, num lance em que o avançado dos forasteiros está ligeiramente adiantado.

Já perto do final, Tarantini voltou, por momentos, a “gelar” a Luz, com um cabeceamento que passou muito perto da baliza do Benfica.

Futebol 365

PARTILHAR

RESPONDER

Igrejas evangélicas cultivam violência doméstica ao defender a supremacia dos homens sobre as mulheres

O facto de a igreja evangélica defender que o homem deve controlar a mulher apenas agrava o problema de violência doméstica, justificando os atos dos homens. Jane (nome fictício) era membro da comunidade cristã evangélica da …

A Cidade do México está a pagar aos seus polícias para que percam peso

A Polícia da Cidade do México está a levar a cabo um programa para combater o excesso de peso e a obesidade no seu efetivo através de incentivos financeiros.  Ao todo, escreve a agência AFP que …

Há um novo método para medir buracos negros

Os buracos negros supermassivos são os maiores buracos negros, com massas que podem exceder mil milhões de sóis. Apenas esta primavera foi divulgada a primeira imagem do buraco negro supermassivo no centro da galáxia M87, …

E Tudo o Vento Levou… há 80 anos

E Tudo o Vento Levou celebra este domingo 80 anos de vida, marcando a data da sua estreia nos Estados Unidos. Oito décadas depois, o filme mantém-se como uma das maiores obras primas do cinema …

O problema impossível mais simples do mundo está a levar matemáticos à loucura

Matemáticos avisam os seus colegas para se manterem longe da conjetura de Collatz. No entanto, Terence Tao decidiu arriscar, e está muito perto de resolver aquele que muitos chamam de o problema impossível mais simples …

Soldados da Guerra Civil dos EUA pintavam o cabelo para ficar melhor nas fotografias

Investigadores encontraram evidências que indicam que soldados da Guerra Civil norte-americana pintavam o cabelo para ficar melhor nas fotografias. Escavações em Camp Nelson, no Kentucky, revelaram restos de um estúdio de fotografia com 150 anos, o …

Chuva, vento forte e neve. Mau tempo vai agravar-se nas próximas 48 horas

A Proteção Civil alertou este domingo para um agravamento do estado do tempo nas próximas 48 horas, com períodos de chuva, possibilidade da queda de neve nas terras alta do norte e centro e ainda …

Descoberta nova espécie de aranha-violinista no Vale do México

Cientistas identificaram, no México, uma nova espécie de aranha com um veneno que, apesar de não ser fatal, é capaz de causar necrose na pele humana. Uma equipa de cientistas da Universidade Nacional Autónoma do México …

Já sabemos sobre o que conversam os orangotangos

Um novo estudo da Universidade de Exeter, em Inglaterra, desvendou a linguagem secreta dos orangotangos, descobrindo o que significam 11 sinais vocais e 21 gestos. Os investigadores passaram dois anos a filmar mais de 600 horas …

COP25 aprovou conclusões. Não há acordo para regulação dos mercados de carbono

A cimeira da ONU sobre o clima terminou hoje em Madrid assinalando a urgência para conter as alterações climáticas, mas a mais longa cimeira sobre o clima de sempre sem chegar a acordo nos pontos …