O glifosato pode estar a matar (também) as abelhas

O polémico glifosato, conhecido pela suspeita de que provoca cancro, pode também estar a prejudicar e a matar abelhas. Uma nova investigação aponta um novo efeito colateral do mais famoso herbicida da Monsanto.

De acordo com um novo estudo, publicado nesta semana na Proceedings of the National Academy of Sciences, os cientistas investigaram o efeito deste composto sobre as abelhas e concluíram que o glifosato não só é perigoso para estes insetos como pode ser fatal.

A Bayer, que comprou a Monsanto – empresa que desenvolveu o glifosato – disse que o estudo é baseado num número muito pequeno de abelhas – cerca de 30 – e, por isso, as conclusões não podem ser generalizadas.

Para a investigação, os cientistas estudaram dois grupos de abelhas. O primeiro, foi alimentado com uma solução de açúcar misturada com glifosato. Por sua vez, o segundo grupo recebeu apenas uma solução com açúcar.

De forma a conseguir identificar posteriormente quais os insetos que pertencem a cada grupo, os cientistas pintaram as costas das abelhas com pontos de cores diferentes.

Três dias depois, as abelhas foram novamente recolhidas e examinadas. Os cientistas constatam que as abelhas alimentadas com a mistura de glifosato tinham perdido algumas das suas bactérias benéficas no intestino sendo, por isso, mais suscetíveis a infeções e mortes causadas por bactérias malignas.

Os investigadores concluíram que, alterando a microbiota intestinal das abelhas, o glifosato enfraquece o sistema imunológico destes insetos e pode estar a contribuir para o declínio das populações de abelhas em todo o mundo.

Os herbicidas produzidos à base de glifosato, como o Roundup, da Monsanto, são utilizados em produções agrícolas em todo o mundo há mais de quatro décadas. O glifosato é o herbicida mais usado em todo o mundo, com uma produção anual de 700 mil toneladas.

A notícia de que o glifosato pode também ser prejudicial às abelhas é particularmente assustadora, tendo em conta que as populações de abelhas domésticas e silvestres têm diminuído drasticamente em muitas regiões do mundo. Na China, por exemplo, várias macieiras e pereiras tiveram que ser polinizadas à mão porque não havia abelhas suficientes para o fazer.

Provavelmente, o declínio das populações de abelhas deve-se a um conjunto de fatores, como pragas, uso de herbicidas e inseticidas. O novo estudo vem acrescentar um novo elemento a esta lista.

PARTILHAR

RESPONDER

O "primeiro amarelo" para Costa e o "CDS superou todos os objectivos"

"O CDS superou todos os objectivos a que se propôs nestas autárquicas". É assim que Francisco Rodrigues dos Santos, líder do CDS-PP, canta vitória, considerando que António Costa "viu o seu primeiro cartão amarelo". Na reacção …

Pegadas provam que as Américas foram povoadas milhares de anos antes do que pensávamos

Investigadores descobriram evidências da presença de humanos nas Américas: pegadas com, pelo menos, cerca de 23.000 anos. A nossa espécie começou a migrar para fora de África há cerca de 100.000 anos. Além da Antártida, as …

Jerónimo assume que CDU ficou "aquém", mas não é "determinante para a política nacional"

Jerónimo de Sousa reconhece que os resultados da CDU, nas eleições autárquicas, ficaram "aquém" dos objectivos, mas alerta que não são "determinantes para a política nacional" e rejeita a hipótese de deixar a liderança do …

Geringonça à direita... ou à esquerda? Com Moedas e Medina taco a taco, IL e Bloco entram em jogo

Freguesia a freguesia, eis como Fernando Medina e Carlos Moedas estão a disputar a eleição para a Câmara de Lisboa. As sondagens dão um empate técnico e a Iniciativa Liberal já manifestou que está disponível …

Liveblog Autárquicas. PS ganha em Beja, Chega é a terceira força

Realizam-se este domingo Eleições Autárquicas em Portugal, nas quais está em jogo a eleição de 308 presidentes de câmaras municipais, os seus vereadores e assembleias municipais, bem como 3091 assembleias de freguesia. Acompanhe tudo no …

Autárquicas: PS reivindica vitória e acredita que ganha em Lisboa

O secretário-geral adjunto do PS reivindicou hoje vitória do seu partido nas eleições autárquicas, dizendo que irá vencer em número de câmaras e de freguesias, e manifestou-se confiante no quinto triunfo consecutivo em Lisboa. Esta posição …

Autárquicas: Santana reconquista a Figueira e fala numa "proeza sem igual"

Primeiras projeções nas eleições autárquicas na Figueira da Foz dão a vitória a Pedro Santana Lopes, com 41 a 46% dos votos e 4 a 5 mandatos. Segundo a projeção da RTP, na Figueira da Foz, …

Autárquicas: PS segura Almada

Aposta da CDU em Maria das Dores Meira, atual autarca de Setúbal que atingiu o limite de mandatos naquele concelho, parece não ter sortido os efeitos desejados. O Partido Socialista deverá, segundo as primeiras projeções, conseguir …

Autárquicas: Coimbra muda de mãos com maioria absoluta de José Manuel Silva

Segundo as primeiras projeções desta noite, o ex-bastonário da Ordem dos Médicos e candidato do PSD, José Manuel Silva conquista a Câmara Municipal de Coimbra, com margem confortável Segundo a projeção SIC, José Manuel Silva obterá …

Autárquicas: Rui Moreira reeleito no Porto, mas com maioria em risco

A sondagem ICS-ISCTE, divulgada pela SIC, projeta uma vitória confortável de Rui Moreira no Porto. A sondagem indica que o atual autarca terá entre 39,2 e 44,2%. De acordo com as primeiras projeções, o resultado obtido …