Gigantesca “ponte magnética” que liga galáxias é observada pela primeira vez

MCELS / Cerro Tololo Inter-American Observatory / University of Michigan

A Grande Nuvem de Magalhães

A Grande Nuvem de Magalhães

Os cientistas já sabiam que uma ponte de gás se estendia por cerca de 75 mil anos-luz entre as nossas duas galáxias vizinhas, a Grande e a Pequena Nuvem de Magalhães. Agora, foi possível observar pela primeira vez essa ponte gigantesca.

O novo estudo sobre a “ponte de Magalhães” foi liderado por cientistas da Universidade de Sydney, na Austrália, e vai ser publicado na revista Monthly Notices of the Royal Astronomical Society.

Os nossos vizinhos galácticos mais próximos, a Grande e a Pequena Nuvem de Magalhães estão a 160 mil e 200 mil anos-luz da Terra. E a existência de um caminho formado por estrelas e gases, entre estas duas galáxias, não é novidade.

No entanto, até agora, muito pouco era conhecido sobre o seu campo magnético. Agora, equipa descobriu que possui um milionésimo da força do próprio escudo magnético protetor do nosso planeta, e poderia fornecer pistas de como se formou.

Segundo os especialistas, o campo magnético pode ter sido gerado a partir da ponte após a estrutura se formar, ou pode ter sido “arrancado” das galáxias anãs que se fundiram para formar a ponte.

Foi muito difícil para os cientistas estudar a estrutura porque este tipo de campo magnético cósmico só podem ser observado indiretamente através do seu efeito sobre outras estruturas no espaço. Neste caso, os sinais de rádio de centenas de galáxias muito distantes foram usados para capturar o campo magnético associado à ponte de Magalhães.

Os sinais de rádio são como ondas na superfície de uma lagoa, porque vibram ao longo de um determinado plano no espaço. Quando esses sinais passam através de um campo magnético, esse plano é alterado, e permite aos astrónomos medir a força e a polaridade (direção) do campo.

MCELS / Cerro Tololo Inter-American Observatory / University of Michigan

A Pequena Nuvem de Magalhães

A Pequena Nuvem de Magalhães

“A emissão de rádio das galáxias distantes serviu como uma lanterna, brilhando através da ponte. Depois, o seu campo magnético mudou a polarização do sinal de rádio”, explicou a principal autora do estudo, Jane Kaczmarek, da Universidade de Sydney.

Agora que foi detetado o campo magnético da ponte, os cientistas têm mais probabilidades de descobrir como é que esse caminho de estrelas e gases se formou, e o seu impacto nas galáxias vizinhas.

“Ainda não sabemos como é que esses vastos campos magnéticos são criados, nem como é que tais campos de grande escala afetam a formação e evolução das galáxias”, explica Jane Kaczmarek.

//

RESPONDER

Guia de descontos para uma Black Friday em grande

O conceito começou por ser uma referência ao colapso da Bolsa de Valores de Nova Iorque, em 1929. Mas a Black Friday como hoje a conhecemos só surgiu nos anos 60, quando o setor do …

Morreu o actor João Ricardo

O actor e encenador João Ricardo, 53 anos, morreu esta quinta-feira, em Lisboa, disse à Lusa a agência do actor. O actor João Ricardo, conhecido pelo seu trabalho na televisão, no teatro e no cinema, nasceu …

Chegou à Finlândia o pão feito com farinha de grilo

Uma das maiores empresas de produtos alimentares da Finlândia vai começar a vender pão de insetos, no qual grilos comuns são moídos e acrescentados à farinha normal, representando cerca de 3% do peso de cada …

39 anos por um crime que não cometeu. Finalmente livre

Craig Coley, agora com 70 anos, cumpria pena de prisão perpétua pela autoria de dois homicídios em 1978. No entanto, 39 anos depois, a sua inocência foi provada e o norte-americano foi libertado. O governador da …

Neutralidade da Internet em jogo nos EUA. Portugal é mau exemplo

A administração Trump quer reverter o princípio do livre acesso a qualquer tipo de conteúdo na Internet. Jornais internacionais apontam Portugal como exemplo de falta de neutralidade. Os Estados Unidos da América vão votar o fim …

Trabalhadores do privado voltam a receber subsídios de Natal e de férias por inteiro

O pagamento dos subsídios de Natal e de férias no setor privado vai deixar de ser feito parcialmente em duodécimos e voltará a ser feito de uma só vez, em 2018, depois da aprovação de …

O milionário que matou o Gawker quer os restos do cadáver

Os advogados do vingativo milionário Peter Thiel apresentaram, esta semana, uma ação para contestar uma previdência cautelar que o impede de comprar os ativos do já "adormecido" Gawker. Em causa, estão os arquivos de 14 …

Governo quer terrenos privados limpos até 15 de março

Os proprietários privados têm "até 15 de março" para limpar as áreas envolventes às casas isoladas, aldeias e estradas e, se não o fizeram, os municípios terão "até ao final de maio" para proceder a …

Uma explosão, segredos de Estado e rumores, mas ainda não há sinal do submarino

As buscas pelo submarino argentino ARA San Juan, que está desaparecido há oito dias, entraram numa fase crítica, quando as esperanças de encontrar a tripulação viva estão praticamente esgotadas. Sem pistas sobre o submarino, há …

Bancos aumentaram ganhos com as comissões pagas pelos clientes

A banca nacional facturou 1,62 mil milhões de euros em comissões líquidas, pagas pelos clientes, desde Janeiro até Setembro de 2017. Um valor que reflecte uma subida de 5,7% relativamente a 2016. Estes dados são avançados …