Gene herdado de homem primitivo ajudou tibetanos a adaptarem-se a alta altitude

utpala ॐ / Flickr

-

Um gene herdado de um homem primitivo, desaparecido há pelo menos 40 mil anos, ajudou os tibetanos a adaptarem-se à vida a alta altitude, revela hoje um estudo publicado na revista Nature.

Trata-se de uma variante rara de um gene implicado na produção de hemoglobina – a molécula que transporta o oxigénio no sangue – e que se propagou pela população tibetana, assim que se fixou nos planaltos dos Himalaias, há vários milhares de anos.

Segundo o estudo, foi esta variante do gene EPAS1, que surgiu no passado, que permitiu aos tibetanos sobreviverem numa atmosfera com oxigénio rarefeito, acima dos 4.500 metros de altitude, em que o sangue da maior parte dos humanos engrossa, causando problemas cardiovasculares.

“Temos provas muito claras de que esta versão do gene provém do homem de Denisova”, um homem primitivo que se extinguiu há 40 mil a 50 mil anos, assegurou Rasmus Nielsen, investigador da Universidade da Califórnia, em Berkeley, nos Estados Unidos.

Para o cientista, tal mostra que “os humanos evoluíram e adaptaram-se a novos ambientes, ao obterem os seus genes a partir de outras espécies”.

O gene EPAS1 é activado quando a taxa de oxigénio no sangue baixa, desbloqueando a hemoglobina para compensar essa quebra.

Na maior parte dos casos, a alta altitude produz demasiados glóbulos vermelhos, que acabam por engrossar o sangue e provocar hipertensão e ataques cardíacos.

A variante deste gene, o “gene tibetano”, tem uma acção muito mais moderada e não conduz a efeitos tão nefastos.

“Descobrimos que uma parte do gene EPAS1 dos tibetanos é quase idêntica à do homem de Denisova e muito diferente da dos outros humanos”, assinalou Rasmus Nielsen.

Comparações com outros genomas estão em curso, para tentar determinar em que momento da evolução o homem de Denisova se cruzou com os antepassados dos tibetanos.

Os vestígios fósseis do homem de Denisova são, porém, raros, reduzindo-se a fragmentos de uma falange de uma menina de 7 anos, e que foram encontrados em 2010 na Gruta de Denisova, no sul da Sibéria.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Pure Skies. Empresa desenha cabines dos aviões do pós-pandemia

Desde o início da pandemia, os especialistas têm testado diferentes maneiras de alcançar o distanciamento social em aviões, embora com pouco sucesso. Agora, há uma empresa que está a levar esta ideia até ao próximo …

OE2021. Bloco de Esquerda vota contra na generalidade

O Bloco de Esquerda vai votar contra a proposta do Orçamento do Estado para 2021 na generalidade, anunciou a coordenadora do partido, Catarina Martins. Em declarações aos jornalistas, a bloquista confirmou este domingo que o …

PS ganha eleições nos Açores sem garantia de maioria absoluta

O PS voltou a ganhar as eleições regionais dos Açores, obtendo entre 37% e 41%, o que não garante a maioria absoluta, segundo a projeção à boca das urnas realizada este domingo pela Universidade Católica …

Extinção da fauna em Madagáscar pode dever-se à presença humana (e a mudanças climáticas)

Grande parte da fauna de Madagáscar e das ilhas Mascarenhas foi eliminada durante o último milénio. Neste sentido, uma equipa de cientistas analisou um registo do clima nos últimos 8000 anos nas ilhas. O resultado …

PAN vai abster-se na generalidade. OE mais próximo da aprovação

O partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) vai abster-se na votação na generalidade da proposta de Orçamento do Estado para 2021 (OE2021) na próxima quarta-feira, anunciou a líder parlamentar do partido, Inês Sousa Real. Com a abstenção dos três …

O passado tóxico fica para trás. Asbestos, a cidade "amianto", mudou de nome

A cidade canadiana Asbestos (que significa amianto) ganhou um novo nome, quase 11 meses após o anúncio da votação. Wuase metade dos cerca de 6 mil residentes da cidade canadiana marcaram presença numa votação organizada num …

Menino de 12 anos encontra fóssil de dinossauro com 69 milhões de anos

Nathan Hrushkin, aspirante a paleontólogo de 12 anos, encontrou o fóssil de um dinossauro enquanto passeava com o pai em Alberta, no Canadá. Depois de enviarem uma fotografia ao Museu Royal Tyrrell, ficaram a saber …

Autarca de Cascais associa festa privada de luxo a “número muito expressivo” de casos

O presidente da Câmara Municipal de Cascais associou este sábado uma festa privada, organizada num clube de luxo na Avenida de Liberdade, a "um número muito expressivo de casos" registado no concelho. "A festa de aniversário …

João Almeida acaba em 4.º e faz história no Giro. É o melhor português de sempre na prova

O português João Almeida (Deceuninck-QuickStep) subiu este domingo ao quarto lugar final da 103.ª edição da Volta a Itália em bicicleta, no contrarrelógio da 21.ª etapa, que 'coroou' o britânico Tao Geoghegan Hart (INEOS). O português …

Santo Stefano paga 8.000 euros por ano a quem quiser viver na vila medieval italiana

Santo Stefano di Sessanio, uma vila medieval em Abruzzo, uma região no lado leste do centro-sul da Itália, está disposta a pagar a quem quiser mudar-se e começar um negócio nesta pequena localidade. Uma pequena vila medieval …