“Gafanhotos-ciborgue” são capazes de cheirar e detetar bombas

Baranidharan Raman

Investigadores criaram “gafanhotos-ciborgue” para que estes conseguissem detetar bombas. Estes insetos conseguiam cheirar substâncias específicas de explosivos.

As brigadas anti-bomba podem agora ter um novo amigo no combate ao crime. Uma equipa de investigadores financiada pela Marinha dos Estados Unidos conseguiu modificar gafanhotos para que estes conseguissem cheirar uma certa gama de odores químicos, nomeadamente explosivos.

Estes insetos foram usados para detetar gases libertados por substâncias como o nitrato de amónio, que é geralmente usado por grupos terroristas no fabrico de bombas e pelo exército nos explosivos militares TNT e RDX.

No entanto, há um senão: estes “gafanhotos-ciborgue” apenas apresentaram resultados positivos a identificar uma bomba quando trabalhavam sozinhos. Em pequenos grupos, os insetos perdiam a sua capacidade de detetar os explosivos.

Segundo o OneZero, os investigadores conseguiram este efeito nos gafanhotos ao, primeiramente, implantar elétrodos no seu cérebro. Assim, conseguiram analisar a atividade neural ao cheirar determinadas substâncias. Um artigo científico foi esta semana pré-publicado no portal bioRxiv, faltando ainda ser revisto por pares antes da publicação numa revista.

Os cientistas preferiram desenvolver as experiências com gafanhotos americanos por serem mais robustos e conseguirem transportar cargas pesadas. Ainda assim, para que pudessem ser úteis, tinham de controlar fisicamente os seus movimentos.

Para tal, os cientistas da Universidade de Washington colocaram os gafanhotos em pequenos robôs com rodas. Os investigadores estão a desenvolver uma alternativa mais prática, que consiste numa nano-tatuagem que permitirá mover os insetos sem usar um robô.

A equipa de investigadores notou, através da observação da sua atividade neural, que os gafanhotos ao cheirarem certos explosivos manifestavam certos padrões, menos de um segundo depois de o fazerem.

Em 2004, Thomas Nowotny e a sua equipa de investigadores mostraram que diferentes odores revelavam diferentes respostas nos cérebros de moscas da fruta. “Nós só dissemos: ‘Olha, podemos usar insetos para detetar estas coisas’, mas nunca construímos nada com isso”, disse Nowotny. “Eles parecem ter juntado as coisas”, acrescentou.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Vacina deve ser um bem global de saúde pública". OMS critica "nacionalismo de vacinas"

A Organização Mundial de Saúde (OMS) criticou na quinta-feira o "nacionalismo de vacinas" para a covid-19, afirmando que qualquer país terá benefícios económicos e de saúde se o resto do mundo recuperar da pandemia. "O nacionalismo …

Depois da explosão, os protestos em Beirute. Manifestantes anti-Governo pedem mudança política urgente

Esta quinta-feira, dezenas de manifestantes foram dispersos com gás lacrimogéneo quando protestavam na sequência da explosão em Beirute, capital do Líbano, que provocou pelo menos 149 mortos, cinco mil feridos e a destruição de casas …

Em vez de flores, família de Fernanda Lapa pede donativos por Bruno Candé

A família da atriz, que faleceu esta quinta-feira, apela a que quem queira oferecer flores para o funeral faça antes um donativo para os herdeiros do ator Bruno Candé, que foi assassinado, em Lisboa. "A Família …

Orbán diz que todos os migrantes ilegais são potenciais "bombas biológicas"

O primeiro-ministro da Hungria, o ultranacionalista Viktor Orbán, defendeu esta sexta-feira que se deve impedir a chegada de imigrantes ilegais ao país porque estes são potenciais "bombas biológicas" devido à covid-19. Conhecido pelos seus discursos contra …

Donald Trump proíbe transações com empresa chinesa detentora do TikTok

Donald Trump assinou uma ordem executiva que proíbe as transações com a ByteDance no prazo de 45 dias e o Senado já aprovou o projeto de lei que proíbe o descarregamento e utilização da aplicação. …

Preocupado com os incêndios, Marcelo admite interromper férias. Ontem foi o pior dia

O Presidente da Repúblic disse esta quinta-feira que está a acompanhar a vaga de incêndios que assola o território continental e admitiu a possibilidade de interromper as férias no Porto Santo se a situação piorar. "É …

Portugal foi o "patinho feio", mas volta a estar em contraciclo com a Europa (por bons motivos)

Portugal destaca-se agora por apresentar uma tendência de redução de novos casos de infeção pelo novo coronavírus, ao contrário de outros países europeus. Quando o novo coronavírus começou a ganhar terreno no continente europeu, Portugal foi …

Kim Jong-un insiste que a Coreia do Norte travou o vírus, mas intensifica combate à covid-19

Kim Jong-un tem repetido várias vezes que a Coreia do norte "travou o vírus maligno", mas o reforço das medidas de combate à covid-19 e a canalização urgente de material médico e alimentos para Kaesong …

Novo Banco tinha autorização de Bruxelas para financiar venda de imóveis

A DG Comp da Comissão Europeia autorizou o Novo Banco a conceder crédito aos compradores do imobiliário vendido pela instituição. Quando o Novo Banco foi constituído, o acordo assinado entre a Direção Geral da Concorrência europeia …

Quase cinco meses depois, a Champions está de volta

A Liga dos Campeões é retomada esta sexta-feira, quase cinco meses depois da suspensão devido à pandemia de covid-19. Suspensa logo depois do jogo Leipzig-Tottenham, disputado a 11 de março, a prova milionária está de regresso …