França vs Austrália | “Carambola” favorece gauleses

França entrou a ganhar no Grupo C. Os gauleses bateram a Austrália por 2-1, numa partida em que dominaram e atacaram mais, mas mostraram pouco futebol e deixaram mesmo o seu adversário causar-lhes alguns calafrios.

No final valeu um golo de Paul Pogba num lance esquisito e ficou a ideia de que os “socceroos” mereciam mais.

Jogo muito intenso nos primeiros oito minutos, com a França a entrar de rompante e a rematar quatro vezes, todas elas de forma enquadrada. Um sufoco grande para os australianos, que, não fosse o guarda-redes Mat Ryan a realizar quatro defesas, e ver-se-iam em desvantagem muito cedo.

A verdade é que a França não marcou neste período e a Austrália, aos poucos, foi tranquilizando o seu jogo. Os gauleses deixaram de ter espaços para atacar e criar perigo, e o pequeno Antoine Griezmann era presa fácil entre os fortes centrais contrários. A prova disso o facto de, entre os oito minutos e o intervalo, os comandados de Didier Deschamps só terem rematado uma vez, terminando a primeira metade com cinco disparos, quatro enquadrados. E nem a posse de bola mostrava grande domínio (55%). Ainda assim, devido ao desempenho nos primeiros minutos, o guarda-redes Mat Ryan era o melhor ao intervalo, com um rating de 6.4.

O reatamento trouxe mais do mesmo, França por cima, mas sem grande espaço. Porém, quando este surgiu, os “les bleus” beneficiaram de uma grande penalidade, a castigar falta de Josh Risdon sobre Griezmann. O árbitro consultou o VAR e apontou o castigo máximo, que o próprio avançado cobrou para o 1-0, aos 58 minutos. Jogo encaminhado para os franceses? Nem por isso. Logo a seguir, Samuel Umtiti colocou a mão na bola na grande área e Mile Jedinak (62′) empatou de grande penalidade. Finalmente emoção em Kazan.

Eis que, aos 70 minutos, Deschamps lançou Giroud para o lugar de… Griezmann. O jogador do Atlético de Madrid estava a ser o melhor em campo, pelo golo que marcara, pela falta que sofrera para o penálti, pelos cinco remates que realizara até então, três enquadrados, que lhe valiam um GoalPoint Rating de 6.9. Isto numa altura em que os gauleses tinha muito mais bola do que em qualquer outro momento do jogo, nada menos que 62%.

Porém, Paul Pobga fez o 2-1, aos 80 minutos, num lance fortuito em que o seu remate desviou em Aziz Behich, fez um chapéu a Ryan, bateu na barra e entrou. Um pouco “sem saber ler nem escrever”, os gauleses colocaram-se de novo em vantagem. A Austrália ainda tentou reagir, causou algum perigo, mas a França tinha o triunfo no bolso, que acabou por justificar pelos 55% de posse e pelos 13 remates, seis enquadrados, bem melhor que os “socceroos”. O melhor em campo acabou por ser Griezmann, apesar de substituídos aos 67 minutos.

PARTILHAR

RESPONDER

Forças Armadas dos EUA estão a adquirir coletes à prova de bala adaptados para mulheres

As Forças Armadas dos EUA estão a dar grandes passos no que diz respeito à igualdade de género. A instituição está a começar a mudar os seus coletes à prova de bala, de forma a …

Abstenção do PCP no OE2021? É um excelente indicador, diz Costa

O primeiro-ministro, António Costa, considerou um “excelente indicador” o PCP ter anunciado a abstenção no Orçamento do Estado de 2021 (OE2021) e resultado de um entendimento “para ter um bom orçamento para o próximo ano”. “É …

Egito abre restaurante com vista de luxo para as pirâmides de Gizé

O Egito inaugurou um novo restaurante com vista panorâmica para as pirâmides. O investimento faz parte de uma tentativa de reavivar o turismo no país. O Egito revelou novas instalações para os visitantes no planalto nas …

Novo recorde. Portugal regista mais 3.669 casos de covid-19

Portugal regista este sábado 3.669 novos casos de infeção com o novo coronavírus, responsável pela covid-19, o valor diário mais elevado desde o início da pandemia, e mais 21 mortes relacionadas com a covid-19, segundo …

Câmara do Porto encerra cemitérios nos dias 31 de outubro e 1 e 2 de novembro

O presidente da Câmara do Porto anunciou o encerramento dos cemitérios em 31 de outubro e 1 e 2 de novembro, justificando a decisão com a necessidade de desviar meios para cumprir a proibição de …

Rui Vitória de saída do Al Nassr

O treinador português Rui Vitória está de saída do Al Nassr, avança este sábado o canal árabe 24Sports. A saída de Rui Vitória, que em janeiro de 2019 deixou o comando técnico do Benfica, surge …

Casamento com 200 pessoas autorizado em Arruda dos Vinhos. Câmara contesta

O presidente da Câmara de Arruda dos Vinhos criticou a decisão da autoridade de saúde de autorizar a realização de um casamento “com cerca de 200 pessoas”, considerando que vai colocar a população do concelho …

Novo Banco desmente demissão de gestores após polémicas com Fundo de Resolução e Vieira

O Novo Banco veio a público desmentir a notícia do Público que alega que três gestores de topo da instituição se demitiram, após divergências internas envolvendo várias polémicas relacionadas com o Fundo de Resolução, com …

Milhões da bazuka europeia só chegam em junho

Portugal e os restantes Estados-membros das União Europeia (UE) só deverão receber os respetivos fundos da bazuka europeia de apoio à retoma no pós-pandemia na segunda metade de 2021, em meados de junho. A confirmar-se …

Braço de ferro entre Costistas e Nunistas novamente adiado

O PS voltou a adiar, agora de 31 de Outubro para 7 de Novembro, a reunião da Comissão Nacional que decidirá a orientação do partido face às eleições presidenciais. Fica assim adiado o braço-de-ferro entre …