A forma como conduz pode indicar os primeiros sinais de demência

Investigadores desenvolveram modelos que podem prever declínio cognitivo leve e demência com 88% de precisão.

Os algoritmos criados pelos cientistas conseguem analisar dados de condução e detetar os primeiros sinais de demência nos condutores de automóveis.

Embora a investigação ainda esteja numa fase inicial, os investigadores alegam que pode ser possível no futuro detetar sinais precoces de demência usando uma aplicação para smartphone ou dispositivos incorporados nos sistemas de software do carro.

Que os sinais de demência são manifestados na condução não é propriamente uma novidade. No entanto, os autores deste estudo pretendem provar que é possível recorrer a algoritmos de machine learning para detetar os primeiros indícios da doença.

A equipa recorreu aos dados do LongROAD, um estudo que rastreou quase 3.000 condutores mais velhos durante até quatro anos. Destes, 33 indivíduos foram diagnosticados com declínio cognitivo leve e 31 com demência, salienta o New Atlas.

“Com base em variáveis derivadas de dados de condução naturalistas e características demográficas básicas, como idade, sexo, raça/etnia e nível de escolaridade, poderíamos prever declínio cognitivo leve e demência com 88% de precisão”, diz Sharon Di, autora principal do novo estudo, publicado na revista científica Geriatrics.

As seguintes variáveis mostraram-se úteis para prever os primeiros sinais de declínio cognitivo leve e demência: percentagem de viagens feitas dentro de 24 km de casa, a duração das viagens a começar e a terminar em casa, minutos por viagem, e número de eventos de travagem brusca com taxas de desaceleração ≥ 0,35 g.

Só com as variáveis de condução — excluindo as características demográficas —, os algoritmos conseguiam prever com 66% de eficácia.

Os autores realçam que serão necessárias investigações maiores para descobrir o quão amplamente generalizáveis os modelos de previsão são em configurações do mundo real. Principalmente tendo em conta que o número de casos de declínio cognitivo leve e demência na amostra analisada era reduzido.

“O nosso estudo indica que comportamentos de condução podem ser usados como marcadores abrangentes e confiáveis para declínio cognitivo leve e demência”, diz o coautor Guohua Li.

“Se validados, os algoritmos desenvolvidos neste estudo podem fornecer uma ferramenta de triagem nova e discreta para a deteção precoce e gestão de declínio cognitivo leve e demência em condutores mais velhos”, acrescenta.

Daniel Costa Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Vejamos: “percentagem de viagens feitas dentro de 24 km de casa” – Cerca de 90%
    “duração das viagens a começar e a terminar em casa, minutos por viagem” – 20 minutos
    “número de eventos de travagem brusca com taxas de desaceleração ≥ 0,35 g.” – Essa ao menos não faço.
    Mas já devo estar próximo da demência. O que acham? 🙂

    • Então somos dois!
      Eu, como não entendi patavina do que este estudo pretende demonstrar ao ser alicerçado em variáveis tão díspares como idade, sexo, raça/etnia e nível de escolaridade, talvez já esteja a ficar com défice cognitivo também…

  2. Já se fala aqui em raças e etnias, amanhã vai haver uma manifestação das esquerdas, dos Restauradores ao Marquês protestando que este estudo é racista.

  3. Cada um deve conduzir como sabe, desde que isso não ponha em perigo qualquer utente que frequente a via pública.

RESPONDER

Portugal já está a vacinar 100 mil pessoas por dia. 10% da população já tomou duas doses

Na quinta-feira, cerca de 100 mil pessoas receberam a vacina contra a covid-19, o que antecipa em uma semana esta meta definida pela task force do plano de vacinação. Cerca de 100 mil pessoas receberam a …

Açores vão ter testes gratuitos em farmácias e rastreios laborais aleatórios

Os Açores vão passar a disponibilizar testes rápidos gratuitos para o despiste da covid-19 nas farmácias, testes de saliva para a testagem massiva aos alunos e rastreios laborais aleatórios, anunciou esta quinta-feira o secretário regional …

Uma morte e 377 novos casos nas últimas 24 horas. Rt e incidência recuam

O boletim da DGS desta sexta-feira dá conta de mais 377 novos casos em Portugal. Registou-se ainda mais um óbito. Nesta sexta-feira, dia 7 de maio, o país tem 22.421 casos ativos, menos 114 do que …

MP investiga morte de bebé que terá sido esquecido no carro em Lisboa

O Ministério Público instaurou um inquérito para averiguar as circunstâncias da morte de uma criança de dois anos que terá ficado esquecida no interior de um carro, em Lisboa. A mãe ter-se-á esquecido do bebé …

Governo está a preparar contestação de providência cautelar sobre Zmar

O ministro da Administração Interna afirmou hoje que já está a ser preparada a contestação à providência cautelar que suspende a requisição civil das casas do complexo Zmar, adiantando que o Ministério não foi ainda …

Subsídio europeu de 150 euros mensais para tirar 5 milhões de crianças da pobreza severa

Arrancou nesta sexta-feira, no Porto, a Cimeira Social promovida pela presidência portuguesa do Conselho da União Europeia. Um momento que o ex-ministro Pedro Marques aproveita para lançar a ideia de um novo apoio social de …

Banca empresta 475 milhões para Fundo de Resolução pagar ao Novo Banco

O sindicato bancário, composto por sete bancos, vai proceder ao financiamento do Fundo de Resolução para este cumprir a injeção de capital no Novo Banco já na próxima semana. O Jornal Económico avança, esta sexta-feira, que …

China suspende "diálogo económico" com a Austrália e denuncia "mentalidade de Guerra Fria"

Esta quinta-feira, o Governo chinês anunciou a suspensão "por tempo indefinido" de todas as atividades realizadas no âmbito da iniciativa "Diálogo Económico Estratégico China-Austrália". As relações entra a China e o ocidente estão cada vez mais …

Bolsonaro diz ter tido sintomas de reinfeção. China acusa-o de "politizar" novo coronavírus

O Presidente do Brasil admitiu na quinta-feira que teve sintomas de reinfeção pelo novo coronavírus "há poucos dias" e afirmou que tomou ivermectina, fármaco sem comprovação científica contra a covid-19. As declarações de Jair Bolsonaro foram …

"É fácil despedir". PCP quer mudar regime de despedimento coletivo e extinção de postos de trabalho

O PCP vai entregar na Assembleia da República esta sexta-feira um projeto de lei que visa limitar os despedimentos coletivos e a extinção de postos de trabalho, eliminando o despedimento por inadaptação. O objetivo do partido …