Físico acredita que é possível manipular a gravidade com a tecnologia atual

A gravidade artificial em naves espaciais é recorrente nos filmes de ficção científica – mas tem sido mais fácil imaginá-la do que alcançá-la.

Isto, no entanto, pode mudar em breve. A Physical Review D vai publicar um artigo de André Füzfa, da Universidade de Namur, Bélgica, que sugere que temos tecnologia suficiente para gerar gravidade.

O princípio teórico de Füzfa reside na Teoria da Relatividade. O investigador começou do mesmo ponto que Einstein, o princípio de equivalência: uma pessoa de pé sobre a superfície do planeta vai sentir a mesma força que alguém de pé dentro de um foguete que acelere constantemente. Se a pessoa estiver dentro de um ambiente sem janelas, ela não vai conseguir saber em que situação se encontra.

Mas para o princípio da equivalência ser verdadeiro, os outros fenómenos naturais – entre eles o campo eletromagnético – também devem ser afetados. Segundo as palavras de André Füzfa, todos os tipos de energia produzem e estão sujeitas à gravitação da mesma forma.

No seu trabalho, o investigador sugere que a criação de um campo magnético muito forte poderia criar um campo gravitacional pela distorção das geodésicas, as linhas do espaço-tempo.

Solucionando as equações de Einstein-Maxwell – tem mais de 40 no trabalho -, o campo magnético curvaria as linhas geodésicas, curvando a trajetória de um feixe de luz. Além de curvar a luz, também criaria um efeito Doppler gravitacional – a luz sofreria um desvio para o vermelho.

Não é assim tão simples

Tudo isso não pede nada que já não seja conhecido: não se está a falar de nenhuma nova Física, apenas conceits já conhecidos. O problema está em testar esta hipótese.

Para fazer o aparato sugerido no trabalho, é preciso muito investimento. O campo magnético será gerado ao longo de vários dias numa máquina com camadas sobre camadas de ímanes supercondutores, e um aparelho ultrassensível para detetar variações mínimas de gravidade no campo magnético.

Assim, os campos magnéticos extremamente fortes vão gerar um campo gravitacional mínimo.

Mesmo não sendo concretizável no imediato, o trabalho de André Füzfa vai lançar novas luzes sobre a relação entre eletromagnetismo e gravidade, e aumentar o nosso entendimento sobre a gravidade. E, quem sabe, num futuro não muito distante, poderá haver gravidade artificial nas naves espaciais – os astronautas agradecem.

HypeScience

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

PCP quer Costa no Parlamento de 15 em 15 dias (e não vai contribuir para acabar com os debates quinzenais)

O PCP não concorda que será o fim da democracia caso os debate quinzenais passem a mensais. No entanto, não vai contribuir para acabar com este modelo. Ao Expresso, o deputado comunista António Filipe Duarte garantiu …

"Espero contar tudo o que sei". Cientista chinesa fugiu da China para alertar que "não temos muito tempo"

A virologista chinesa Li-Meng Yan, que fugiu para os Estados Unidos, deu uma segunda entrevista à Fox News, na qual alertou que "não temos muito tempo".   Li-Meng Yan, especialista em virologia e imunologia, era uma …

Galp perde 60 milhões de euros em negócios não autorizados

A Galp perdeu 60 milhões de euros em negócios não autorizados com licenças de CO2. A petrolífera já avançou com ações disciplinares e uma auditoria. A Galp informou que foram identificadas transações, não autorizadas pela empresa, …

"Bandeira vermelha". Tóquio em alerta máximo após aumento de novas infeções

A capital do Japão, Tóquio, com 14 milhões de habitantes, está no nível mais alto de alerta para o novo coronavírus após um aumento dos casos registados. “Os especialistas disseram-nos que a situação das infeções está …

Operação Saco Azul. Empresas "zombie" terão desviado 1,8 milhões do Benfica

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, e a SAD do clube lisboeta foram constituídos arguidos pelo crime de fraude fiscal, no âmbito da operação ‘saco azul’, confirmou esta terça-feira à agência Lusa fonte oficial …

Maçãs com preços em alta, menos vinho e cerveja a estragar-se (os efeitos da pandemia)

A pandemia de covid-19 está a levar milhares de litros de cerveja a estragar-se, enquanto os produtores de vinho temem uma quebra na produção e, logo, nos lucros. Enquanto isso há menos maçãs e mais …

TAD anula sanção de cinco jogos à porta fechada ao Benfica

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) deu provimento ao recurso do Benfica e revogou a sanção de cinco jogos à porta fechada imposta pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) ao clube, pelo apoio prestado a …

Costa vira à esquerda, mas Catarina Martins diz que "não pode ser só conversa"

Esta quarta-feira, António Costa lança as negociações para o Orçamento do Estado para 2021 com os partidos que, até aqui, foram seus aliados. O primeiro-ministro insiste que o caminho da sua governação passa por entendimentos à …

No novo ano letivo, a Educação Física continua a ser maior incógnita

No início de julho, o Ministério da Educação anunciou algumas orientações sobre o próximo ano letivo que não contemplavam a Educação Física e o futuro da disciplina continua a ser uma incógnita.  Nas escolas, a falta …

FC Porto já só sonha com o título, mas Amorim não faz vida fácil aos "dragões"

O FC Porto só precisa de empatar com o Sporting CP para ser campeão. Rúben Amorim quer estragar a festa dos portistas, embora não lhe interessem quer acabe por vencer o campeonato. O SL Benfica manteve …