O fio dental que usa pode ser cancerígeno

Um novo estudo realizado por médicos norte-americanos mostra que o uso do fio dental aumenta a exposição a substâncias perfluoroalquiladas (PFAS).

Químicos PFAS podem ser uma preocupação para os especialistas por causa da sua ligação ao cancro testicular e renal, com doenças da tiroide e colesterol alto, bem como com baixo peso ao nascer, diminuição da fertilidade e problemas no sistema imunológico.

No seu estudo, médicos do Instituto Silent Spring e do Instituto de Saúde Pública de Berkeley, Califórnia, mediram quantidades de 11 tipos de PFAS em amostras de sangue de 178 mulheres.

As mulheres que usaram o fio dental Oral-B Glide revelaram níveis mais altos de um tipo de PFAS chamado PFHxS (ácido perfluorohexanossulfónico) no corpo em comparação com aquelas que não o fizeram.

Para entender melhor essa ligação, os investigadores analisaram 18 fios dentais – incluindo 3 produtos da linha Glide – para detetar a presença de fluoreto, um marcador PFAS, com uma técnica chamada espectroscopia de emissão de raios gama induzida por partículas (PIGE). Os resultados foram publicados a 8 de janeiro na revista Journal of Exposure Science & Environmental Epidemiology.

Os três produtos Glide tinham flúor, o que está de acordo com relatórios anteriores, segundo os quais o Glide é fabricado com recurso a compostos semelhantes ao Teflon. Além disso, dois outros tipos também tinham flúor.

“Este é o primeiro estudo a mostrar que o uso de fio dental contendo PFAS está associado a uma maior carga corporal destes produtos químicos tóxicos“, disse a principal autora do estudo, Katie Boronow. “A boa notícia é que, de acordo com as nossas descobertas, os consumidores podem escolher linhas que não contenham PFAS”.

O estudo revelou outros aspetos associados a níveis mais elevados de PFAS, como a presença em casa de carpetes ou móveis resistentes a manchas, bem como o facto de morar numa cidade com água potável contaminada por PFAS.

Além disso, a investigação revelou que as mulheres afro-americanas que frequentemente comiam alimentos servidos em embalagens de cartão, como batatas fritas, tinham altos níveis de quatro tipos de PFAS no sangue em comparação com mulheres que raramente comiam esse tipo de alimento.

“No geral, este estudo reforça a evidência de que os produtos de consumo são uma importante fonte de exposição ao PFAS“, referiu Boronow. “Restringir estes produtos químicos dos produtos deve ser uma prioridade para reduzir os níveis no corpo das pessoas”, rematou.

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Sapinho,
    O que a jornalista escreveu no artigo original em inglês referia-se a “Fio dentário”, Pá!!
    Fio dental é aquela (Mini) peça de roupa inferior das senhoras – cuecas, slips ou fato de banho, estás a ver ou não Sapinho??
    Tens de aprender a rever melhor certas palavras chaves antes de traduzires “à maluca”, Sapinho…
    É que usar usar uma peça de roupa em vez do tal “Fio dentário” deve doer um pouquinho, não achas Sapinho??

  2. É claro que é fio dental! Fio dentário não existe!
    A peça de roupa íntima que algumas mulheres usam, tomou esse nome dado o facto de a parte traseira ser tão exígua qhe mais parece um fio dental.
    Também não compreendo essa do sapinho, mas deve ser uma piada que desconheço!

RESPONDER

A cidade do futuro está a chegar. Volocopter promete táxis voadores já em 2022

A empresa alemã Volocopter prometeu na Web Summit que os seus táxis aéreos estarão a operar de forma comercial dentro de dois ou três anos. Em declarações ao ZAP, Alexander Zosel, co-fundador da empresa, disse …

João Mário dispensado dos trabalhos da seleção por lesão

O médio, um dos 25 convocados para os duelos de Portugal com Lituânia e Luxemburgo, de apuramento para o Euro 2020, foi dispensado da seleção nacional, esta segunda-feira, devido a problemas físicos. De acordo com uma …

12 mil anos de história genética mostram que todos os caminhos vão (mesmo) dar a Roma

Afinal, pode haver alguma verdade no famoso provérbio que diz que "todos os caminhos vão a Roma". Essa é a conclusão de investigadores que descobriram a rica história genética da área. No auge do Império Romano, …

Nuno Manta Santos anuncia saída do Marítimo

Nuno Manta Santos deixou de ser o treinador do Marítimo, anunciou, esta segunda-feira, o técnico na sua página do Facebook, deixando a equipa insular no 14.º lugar da I Liga portuguesa de futebol. A saída do …

Marcelo nota "salto" nas relações com Itália mas deixa um desafio à comunidade portuguesa

Esta segunda-feira, em Roma, o Presidente da República considerou que houve "um salto humano" nas relações luso-italianas e um "estreitamento" em termos culturais, económicos e políticos, mas pediu à comunidade portuguesa para "ir mais longe". "Agora …

Falta de funcionários. Brandão Rodrigues responsabiliza algumas escolas por atraso no processo

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, lembrou que algumas escolas demoraram a iniciar o processo de contratação de funcionários, garantindo que atualmente há muito mais assistentes e novas formas de colmatar as necessidades dos …

Cientistas inventam novo método para testar neurotoxinas letais sem usar cobaias

Os testes em animais não vão ser mais precisos relativamente a um grupo de neurotoxinas mortais, graças a uma nova investigação da Universidade de Queensland, na Austrália. Por mais benéfica que a Ciência seja para a Humanidade, …

México concede asilo a Morales. Ex-Presidente da Bolívia promete regressar "com mais força"

O ex-Presidente da Bolívia, Evo Morales, anunciou na segunda-feira que está de partida para o México, país que lhe concedeu asilo político, mas prometeu regressar brevemente "com mais força e energia", um dia depois de …

Avós e tios do bebé encontrado no lixo vivem em Portugal

Os avós e os tios do bebé recém-nascido encontrado, na semana passada, num caixote do lixo, em Lisboa, vivem em Portugal e já foram contactados pelo embaixador cabo-verdiano. Em declarações ao jornal Público, o embaixador Eurico …

Aranhas e formigas inspiram metal que não se afunda

Cientistas criaram um metal altamente hidrofóbico que não se consegue afundar. As possíveis aplicações deste material estão a entusiasmar a comunidade científica. A tradição de os humanos se inspirarem nos animais e na natureza para algumas …