Filhotes espaciais. Esperma armazenado na EEI gerou ratos saudáveis

Investigadores japoneses descobriram que espermatozoides de ratos expostos a altos níveis de radiação cósmica, durante quase seis anos, criaram uma grande ninhada de “filhotes espaciais” saudáveis ​​e normais.

De acordo com o novo estudo, publicado na Science Advances, o esperma foi armazenado na Estação Espacial Internacional na forma liofilizada (desidratado e congelado) – porque, dessa forma, pode ser preservado à temperatura ambiente. Uma vez trazido de volta à Terra, foi reidratado e resultou no nascimento de 168 ratos, livres de defeitos genéticos.

O biólogo e autor principal Teruhiko Wakayama explicou, em declarações à AFP, que há pouca diferença entre ratos que nasceram através de espermatozoides que estavam no espaço ou dos que permaneceram confinados ao nosso planeta.



“Todos os filhotes pareciam normais”, disse, acrescentando que os investigadores não encontraram “nenhuma anormalidade” quando analisaram os genes.

Em 2013, Wakayama e cientistas da Universidade de Yamanashi, no Japão, enviaram três caixas para a Estação Espacial Internacional, cada uma com 48 ampolas de esperma liofilizado. O objetivo era perceber se a exposição de longo prazo à radiação espacial poderia danificar o ADN das células reprodutivas ou provocar mutações.

Os espermatozoides foram, então, enviados de volta à Terra passados nove meses, dois e seis anos para serem fertilizados, gerando centenas de nascimentos.

Quando os “ratinhos espaciais” atingiram a idade adulta, acasalaram aleatoriamente e a geração seguinte também não parecia sofrer qualquer problema.

Colónias espaciais

“No futuro, quando chegar a hora de migrar para outros planetas, precisaremos de manter a diversidade dos recursos genéticos não apenas para humanos, mas também em animais”, lê-se no artigo.

“Por razões de custo e segurança, as células armazenadas provavelmente serão transportadas em naves espaciais, em vez de [serem enviados] animais vivos”, acrescentam os autores.

O espaço profundo está repleto de radiação forte, tanto de partículas solares quanto de raios cósmicos, e as erupções na superfície solar geram partículas que podem ter impactos devastadores na saúde humana.

Segundo Wakayama, o processo de liofilização aumenta a tolerância do esperma, uma vez que desta forma não possui água no núcleo e no citoplasma da célula.

A humanidade também pode querer fazer um backup de recursos genéticos, acrescenta o documento, mas os efeitos da radiação espacial sobre os óvulos femininos e embriões fertilizados ainda precisam de ser investigados.

ZAP // AFP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Se o esperma é da Terra ( com oxigênio ), vai de foguete ( com oxigênio ) e fica na estação espacial ( com oxigênio ), o que queriam???

RESPONDER

Youtubers denunciam campanha de fake news contra vacina da Pfizer

De acordo com a imprensa brasileira, uma agência de marketing terá tentado que influenciadores digitais de todo o mundo partilhassem desinformação sobre as vacinas contra a covid-19. A denúncia foi feita por alguns dos influenciadores …

Na Tailândia, a legalização do aborto enfrenta "resistência espiritual"

Desde fevereiro, qualquer pessoa que procure fazer um aborto na Tailândia consegue fazê-lo legalmente, pelo menos no primeiro trimestre. Ainda assim, muitos médicos e enfermeiros recusam-se a levar a cabo o procedimento. A advogada Supecha Baotip …

Haiti. Viúva do presidente assassinado implica seguranças no crime

Martine Moise, a viúva do presidente haitiano Jovenel Moise — assassinado na sua residência por um comando armado no início de julho — descreveu abertamente o ataque e partilhou as suas suspeitas sobre o crime …

Covid-19. Portugal regista 2.306 novos casos e aumento nos internados

Portugal registou este domingo 2.306 novos casos de infeção por covid-19 e mais oito mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).  Portugal regista este domingo oito mortes atribuídas à covid-19, 2.306 novos casos …

Birmânia. Líder da junta volta a prometer eleições até 2023, seis meses depois do golpe militar

O líder da junta militar birmanesa, no poder desde o golpe de 1 de fevereiro, comprometeu-se novamente a realizar eleições "até agosto de 2023". “Estamos a trabalhar para estabelecer um sistema multipartidário democrático”, disse, este domingo, …

Tóquio2020. Patrícia Mamona conquista medalha de prata no triplo salto (e melhora recorde nacional)

Patrícia Mamona conquistou este domingo a medalha de prata no triplo salto dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, ao conseguir 15,01 metros, novo recorde nacional, arrebatando a segunda medalha por atletas portugueses depois do bronze do judoca …

Trabalhadores da CP e IP iniciam hoje greve ao trabalho extraordinário e feriados

Os trabalhadores da CP - Comboios de Portugal e da Infraestruturas de Portugal (IP) entram este domingo em greve ao trabalho extraordinário e feriados, até 31 de agosto, por aumentos salariais. A greve, convocada pelo Sindicato …

Mesmo longe da Casa Branca, Trump foi o político republicano que mais arrecadou dinheiro em 2021

O ex-Presidente dos Estados Unidos Donald Trump é o político do Partido Republicano que mais arrecadou dinheiro este ano, apesar de ter deixado o cargo a 20 de janeiro, segundo a imprensa local. Os comités políticos …

Marcelo satisfeito com reabertura “sensata”. Alívio das restrições arranca hoje

O levantamento gradual das restrições em função da vacinação contra a covid-19 arranca este domingo com regras aplicáveis em todo o território continental, inclusive o limite de horário de encerramento até às 2h00 para restauração …

Restos mortais de morcego-vampiro podem desvendar mistérios sobre a espécie extinta

A descoberta da mandíbula de um morcego que viveu há 100 mil anos pode ajudar a responder a algumas incógnitas sobre a espécie extinta. Os restos mortais foram encontrados numa caverna na Argentina. De acordo com …