Astrónomos detetam ferro e titânio em exoplaneta pela primeira vez

NASA / JPL-Caltech

Impressão de artista do planeta KELT-9b a orbitar a estrela KELT-9

Astrónomos encontraram, pela primeira vez, ferro e titânio na atmosfera de um planeta fora do Sistema Solar, mais precisamente no exoplaneta KELT-9b.

O KELT-9b está localizado a cerca de 620 anos-luz da Terra, na constelação Cisne. Este exoplaneta é também conhecido como “Júpiter ultraquente”, uma vez que se trata de um gigante gasoso, tal como Júpiter, mas maior, tendo o triplo do tamanho e o dobro do diâmetro. Além disso, orbita extremamente perto da sua estrela-mãe, KELT-9.

Este exoplaneta é extremamente quente, apresentando temperaturas que podem ultrapassar os 4.300 graus Celsius. “É tão quente que se assemelha a uma estrela, embora seja um planeta”, adiantou Kevin Heng, astrofísico da Universidade de Bern, Suíça, ao Space.com.

O calor exorbitante possibilitou a deteção de ferro e titânio na atmosfera do KELT-9b. Segundo o cientista, o ferro é um dos mais abundantes elementos no Universo e os seus átomos estão, normalmente, presos a outras moléculas, o que dificulta a sua deteção em ambientes mais frios.

Todavia, o calor escaldante de KELT-9b permitiu que os átomos de ferro e outros metais fossem capazes de “voar” individualmente, isto porque as nuvens não condensam na atmosfera do exoplaneta.

Já havia dados sobre a existência dos elementos antes mesmo de KELT-9 ser analisado pela equipe de Heng. Depois de astrofísicos da Universidade de Genebra utilizarem informações espectrais para procurar hidrogénio na atmosfera do KELT-9b, “os cientistas deixaram dados guardados por não haver qualquer motivo para procurar ferro e titânio”.

A busca por metais na atmosfera do KELT-9b foi iniciada utilizando dados do Telescópio Galileo e do instrumento espectrógrafo HARPS. Além destes instrumentos, Heng e a sua equipa contaram com a ajuda de Simon Grimm, um astrofísico da Universidade de Bern, que, segundo Heng, “é, entre outras coisas, um expert na computação das opacidades dos átomos e moléculas”.

Anteriormente, tinha sido observada na atmosfera do KELT-9b uma forte linha de absorção de hidrogénio no espectro, mas, segundo o investigador, “faltou motivação para conduzir uma pesquisa mais séria por metais como o ferro”.

Atualmente, o hidrogénio está ferver a partir da atmosfera do KELT-9b e está a ser sugado para dentro do planeta e da estrela-mãe. Fei Yan, cientista do Instituto Astronómico Max Planck e líder do estudo, afirmou que “é possível que os elementos de metal pesado estejam a escapar, dado que a saída de hidrogénio pode ‘arrastar’ os elementos pesados para um ponto muito alto na atmosfera”.

Heng afirma ter como objetivo “possuir um completo inventário químico do planeta“, além de querer estudar a possível existência de água e obter uma visão do possível clima existente no KELT-9b.

ZAP // Gizmodo / SputnikNews

PARTILHAR

RESPONDER

Cabul exige esclarecimentos depois de Trump afirmar ter planos que podem "varrer o Afeganistão da face da terra"

Depois que o presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, ter dito que tem planos militares que poderiam acabar com o Afeganistão e matar milhões de pessoas, Cabul reagiu com indignação e exigiu esclarecimentos. Após os …

Aos 16 anos, jovem prodígio rejeita oferta do Barcelona e parte para o PSG

Xavi Simons, jogador dos iniciados do Barcelona, anunciou esta terça-feira nas redes sociais que vai deixar a equipa. De acordo com o Mundo Desportivo, o futuro do jogador é o Paris Saint-Germain. Xavi Simons, jogador dos …

ISCEM não é o único. Há mais 5 politécnicos privados que vão ter de fechar portas

Além da Escola Superior de Comunicação Empresarial, há mais cinco instituições privadas que vão fechar no próximo ano letivo por não terem o aval da Agência de Acreditação do Ensino Superior. Além do encerramento do ISCEM, …

EUA. Depois de 20 anos preso, ADN prova inocência de homem condenado por homicídio e violação

Depois de ter estado 20 anos preso pela violação e assassínio de Angie Dodge, Christopher Tapp foi considerado inocente de todas as acusações. As novas técnicas de análise de ADN e os novos conhecimentos de …

Controlinveste de Joaquim Oliveira falida e com dívida de 750 milhões de euros

A Controlinveste, do empresário Joaquim Oliveira, está falida, somando dívidas de 750 milhões de euros para 153 mil euros em ativos, avança o Jornal Económico.  De acordo com o diário de economia, que cita o relatório …

Governo britânico quer missão de proteção marítima europeia para Estreito de Ormuz

Jeremy Hunt quer garantir uma "passagem segura de tripulações e mercadorias" numa região que considera "crucial". O ministro dos Negócios Estrangeiros britânico quer medida executada já. O governo britânico quer organizar uma missão de proteção marítima …

Maria Luís Albuquerque fora das listas do PSD

A ex-ministra das Finanças Maria Luís Albuquerque está fora da lista de candidatos a deputados do PSD por Setúbal, e o líder parlamentar Fernando Negrão será segundo por este círculo, confirmaram à Lusa fontes da …

Trump chega a acordo com os democratas sobre orçamento para evitar “shutdown"

O Presidente norte-americano anunciou, esta segunda-feira, ter chegado a acordo com a oposição democrata quanto ao orçamento, evitando assim a perspetiva de paralisação (“shutdown”) da administração federal até às próximas Presidenciais. "Estou feliz por anunciar que …

Bianca Devins foi assassinada e as imagens partilhadas centenas de vezes na Internet

Uma jovem de 17 anos foi assassinada quando acompanhava o namorado a um concerto, nos Estados Unidos. O companheiro, que ainda tentou o suicídio após o crime, partilhou fotografias do cadáver da vítima na Internet, …

VianaPolis chega a acordo com casal. Já só restam sete moradores no prédio Coutinho

A VianaPolis informou, esta terça-feira, ter chegado a acordo com um casal que detinha um apartamento no prédio Coutinho, em Viana do Castelo, onde ainda permanecem sete pessoas em cinco frações. Em declarações à agência Lusa, …