FC Porto vs Setúbal | Dragão cuspiu fogo

Um FC Porto de cinco estrelas apresentou-se diante do Vitória de Setúbal e impôs uma vitória pesada (5-1) e sem contestação, que permite aos comandados de Sérgio Conceição manterem-se no topo da tabela classificativa, com apenas três jornadas por disputar.

O triunfo dos “dragões” começou a desenhar-se logo aos seis minutos e não tardou muito para a partida começar a ganhar contornos pesados para os visitantes, que nada conseguiram fazer para neutralizar o caudal ofensivo do adversário – sofrendo quatro golos ainda antes do intervalo.

Para a história fica mais uma goleada do FC Porto e nova exibição de grande nível de Alex Telles, que fechou as contas da partida com um grande golo de livre.

O Jogo explicado em Números

  • Início de jogo a todo o vapor da equipa portista, recompensado com um golo logo aos seis minutos, numa “prenda” do guarda-redes Cristiano, que não conseguiu segurar um cabeceamento de Soares, deixando a bola à mercê de Marega, que só teve de encostar.
  • Mas os “dragões” não se ficaram por aqui: nos dez minutos seguintes marcaram por duas vezes, por Marcano e Brahimi, explorando as fragilidades da formação sadina, que chegou aos 20 minutos da partida com 34% de posse e 68% de eficácia de passe, e com Cristiano a ter mais golos sofridos do que interacções com a bola.
  • A reacção sadina acabou por não se fazer esperar: aos 24 minutos, João Amaral fez o 3-1 no primeiro remate da equipa visitante, após uma boa triangulação que envolveu Patrick Vieira e Costinha. O lateral-direito do Vitória era um dos jogadores em destaque da sua equipa, na qual liderava em interacções com bola (17), duelos (cinco) e passes certos no meio-campo adversário (quatro).
  • O FC Porto acabou por baixar o ritmo de jogo com os três golos marcados, não fazendo um único remate entre o golo de Brahimi, aos 16 minutos, e o minuto 30. Ainda assim continuava a mandar no jogo, liderando em posse de bola (64%-36%), eficácia na distribuição (88%-73%) e número de passes (153-84).
  • Mas a aparente apatia dos “dragões” foi sol de pouca dura. Aos 35 minutos, Corona fez o 4-1 com um poderoso remate à entrada da área, marcando à terceira tentativa, depois de um remate desenquadrado e um outro bloqueado logo a abrir. Na génese do golo esteve um passe atrasado de Ricardo Pereira, que fez a sua quarta assistência na Liga.
  • À entrada dos últimos cinco minutos da primeira parte, quatro jogadores do Vitória já tinham sofrido três faltas: eram eles Vasco Fernandes, Patrick Vieira, Nenê Bonilha e Edinho. Na equipa do FC Porto, por sua vez, só havia três jogadores com faltas sofridas, todos eles com uma: Corona, Herrera e Soares.
  • Primeira parte dominadora da formação portista, que marcou em quatro dos seis remates que fez à baliza, acabando por sofrer um golo num dos raros momentos em que deu espaço ao conjunto sadino.
  • Curiosamente, apesar da vantagem folgada, os “dragões” recorreram à falta muito mais vezes do que o adversário (13-6) e ainda ficaram para trás no capítulo dos duelos ganhos, embora por uma diferença mínima.
  • À cabeça dos GoalPoint Ratings surgia Corona, com nota 6.7. Para além do golo apontado, o mexicano tinha um cruzamento eficaz, apenas dois passes errados, cinco recuperações de posse e três acções defensivas.
  • A segunda parte arrancou com uma ocasião flagrante desperdiçada por Soares, aos 48 minutos. Não corria de feição a partida ao brasileiro, que somava apenas sete passes certos em 12 tentativas, dois remates e quatro duelos ganhos em nove disputados.
  • Sem surpresas, Alex Telles dava nas vistas no capítulo da distribuição, chegando aos 60 minutos com quatro passes para finalização, tantos quanto o resto da sua equipa e apenas menos um do que todo o conjunto vitoriano.
  • Segunda parte puramente de contenção, a contrastar com a intensidade do primeiro tempo. Nos primeiros 20 minutos não houve um único remate enquadrado após quatro tentativas. Ainda assim o domínio dos “dragões” era inequívoco: 62% de posse, 80% de passes certos e 61% de duelos ganhos.
  • O golo acabou por surgir aos 72 minutos, no primeiro remate enquadrado da segunda parte. Na cobrança de um livre à entrada da área, Alex Telles colocou a bola fora do alcance do guarda-redes do Vitória, fazendo desta forma o seu terceiro golo no campeonato.
  • Um dos (muitos) aspectos em que o FC Porto dava nas vistas era na eficácia dos seus cruzamentos. Aos 85 minutos os “dragões” levavam cinco cruzamentos eficazes (três de Alex Telles, dois de Corona) em sete tentativas, enquanto o Vitória tinha apenas um em cinco.

https://twitter.com/_Goalpoint/status/988518089020137473

O Homem do Jogo

Mais uma noite para Alex Telles recordar, coroada com um grande golo, de livre, a fechar a goleada portista. Mas a exibição do lateral-esquerdo brasileiro foi muito além deste disparo certeiro, que surgiu, aliás, no único remate que fez à baliza. Alex Telles contabilizou quatro passes para finalização, mais do que qualquer outro jogador, e um deles para ocasião flagrante. Para além disso, errou apenas três dos 45 passes que fez, contabilizou 76 interacções com a bola e colocou o esférico oito vezes na área contrária. Tudo visto e ponderado, o brasileiro foi o homem do jogo nos GoalPoint Ratings, com nota 7.4.

Jogadores em foco

  • Brahimi 6.7 – Marcou um golo no único remate que fez à baliza. Foi feliz em metade dos quatro dribles que arriscou, fez um passe para finalização, recuperou oito vezes a bola e conseguiu três desarmes.
  • Felipe 6.5 – Não deu tanto nas vistas como Marcano, mas esteve a um grande nível defensivo, contabilizando cinco alívios, três intercepções e dois desarmes. Falhou apenas nove dos 90 passes que fez, tocou na bola 103 vezes e venceu os quatro duelos aéreos em que esteve envolvido.
  • Marega 6.2 – Abriu caminho para a goleada da sua equipa com um remate certeiro e ainda fez uma assistência. Arrancou dois dribles, um deles dentro da área. Pela negativa, venceu três dos 12 duelos que disputou, falhou três desarmes e cometeu quatro faltas.
  • Soares 4.8 – Exibição marcada pela ocasião flagrante que desperdiçou. Arriscou por três vezes o drible, sendo feliz em duas ocasiões, falhou seis dos 17 passes que fez e disputou 11 duelos, vencendo cinco.
  • Edinho 4.3 – Não foi o carrasco que alguns temiam. Fez um remate, muito desenquadrado, venceu nove dos 25 duelos em que esteve envolvido, sofreu três desarmes e controlou mal a bola quatro vezes. Foi ainda apanhado em fora-de-jogo em uma situação.

Resumo

PARTILHAR

RESPONDER

Canadá. Indígena e neta de 12 anos detidos ao tentarem abrir conta em banco

Um indígena apresentou duas queixas por racismo após ter sido detido e algemado, juntamente com a sua neta de 12 anos, quando tentava abrir uma conta no BMO - Banco de Montreal, no Canadá. Em dezembro, …

ONG encontra alianças de casal de migrantes que sobreviveu a naufrágio

As alianças encontradas pela ONG espanhola pertencem a um casal de migrantes argelinos que sobreviveu, em outubro, a um naufrágio ao largo da costa de Lampedusa, em Itália. De acordo com o jornal The Guardian, foi no …

Turquia condena 337 pessoas a perpétua por ligação à tentativa de golpe

Mais de 300 pessoas foram condenadas a prisão perpétua, esta quinta-feira, na maioria oficiais e pilotos militares, no principal julgamento relacionado com a tentativa de golpe falhado de 2016. De acordo com o jornal Público, a …

Rangers 2-2 Benfica | "Power" das águias chega para empatar

Num último assomo, o Benfica conseguir empatar um jogo que parecia irremediavelmente perdido. No espaço de três minutos – dos 78 aos 81 -, um autogolo de Tavernier, com intervenção decisiva de Gonçalo Ramos, e …

Lulas gigantes estão a deixar enormes cicatrizes em tubarões brancos

Cientistas marinhos encontraram evidências que sugerem que grandes tubarões brancos (Carcharodon carcharias) estão a ser atacados por lulas gigantes no Oceano Pacífico. Uma equipa de investigadores encontrou 14 tubarões brancos (Carcharodon carcharias) com evidências de cicatrizes …

Twitter passa a alertar utilizadores que colocam "like" em informações incorretas

O Twitter passou a alertar os utilizadores quando estes tentam 'curtir' uma publicação que contenha informações consideradas incorretas, medida que faz parte da esforço da empresa para combater a desinformação. Esta mudança significa que os utilizadores …

Erosão causada por tempestade tropical revela naufrágio do século XIX na Florida

Depois da tempestade tropical Eta arrebatar o norte da Florida no início deste mês, um banhista fez uma descoberta inesperada enquanto caminhava na costa de St. Augustine. Ao caminhar pelas dunas de areia de Crescent Beach, …

Uma mentira de um trabalhador de uma pizzaria forçou o confinamento na Austrália do Sul

O estado da Austrália do Sul decretou um confinamento geral, no dia 18 de novembro, depois de um funcionário de uma pizzaria ter mentido. Segundo o Huff Post, o homem, de nacionalidade espanhola, estava infetado com …

Jogar Monopólio, Scrabble ou até bilhar pode ser (ainda) mais divertido com uma nova mesa touch

Por mais divertidos que sejam os jogos de tabuleiro, estes podem ser um passatempo caro pois quem realmente gosta não se cansa de os comprar. Agora, a empresa Arcade1Up criou o Infinity Game Table que …

A apreensão histórica de cetamina na Tailândia não foi assim tão histórica. Eram só aditivos alimentares

Análises laboratoriais revelaram que a apreensão "histórica" de cetamina anunciada pelo Governo da Tailândia há cerca de duas semanas foi, na verdade, uma apreensão de aditivos alimentares e agentes de limpeza. As autoridades tailandesas anunciaram, …