FC Porto e Boavista empatam no regresso do derbi à Invicta

d.r. FCPorto / Facebook

-

O FC Porto cedeu hoje um “nulo” frente ao Boavista, no dérbi portuense da quinta jornada da Primeira Liga, que principiou com um atraso de 45 minutos. devido à chuva que inundou o relvado do Dragão.

Com este inesperado resultado, num encontro marcado pela expulsão do central Maicon, que viu o cartão vermelho direto aos 25 minutos, o FC Porto deixou fugir o campeão Benfica, que lidera isolado a tabela classificativa.

O treinador Julen Lopetegui operou seis alterações no “onze” inicial em relação ao jogo com o BATE Barisov, para a Liga dos Campeões, que terminou com uma goleada por 6-0, promovendo as estreias de Andrés Fernandez e de Ivan Marcano e as entradas de José Angel, Tello, Rúben Neves e Evandro.

O FC Porto pegou no jogo desde o apito inicial, frente a um “matreiro” Boavista remetido à sua zona defensiva, e dispôs da primeira ocasião de perigo por Brahimi, aos cinco minutos, com um remate, apos bom trabalho individual, à figura de Mika.

Depois de Brahimi, um dos jogadores em evidência na goleada infligida ao BATE Barisov, foi a vez de Jackson Martinez, aos 13 minutos, procurar visar, sem sucesso, a baliza da formação “axadrezada”.

Aos 16 minutos, a condição do relvado ditou a sua lei ao prender num charco em cima da marca da grande penalidade uma bola de Tello para Brahimi, que ficaria isolado e em excelente posição para marcar.

Numa partida até então de sentido único, Evandro, aos 17 minutos, cabeceou ao lado e Rúben Neves, aos 19, procurou surpreender com um remate de longe, mas ao lado.

Uma entrada imprudente de Maicon sobre Anderson Correia, em cima da linha lateral e a meio campo, levou a que o central dos “dragões” visse o cartão vermelho e o consequente afastamento não só do jogo como do clássico de sexta-feira com o Sporting.

Aos 31 minutos, tirando partido de algum desacerto na formação dos “dragões”, o Boavista desceu até à linha defensiva do FC Porto e conquistou o primeiro canto, sem, contudo, criar qualquer perigo para o guarda-redes espanhol Andrés Fernandez.

Na sequência de um canto cobrado pelo argelino Brahimi, aos 34 minutos, o colombiano Jackson Martinez cabeceou para defesa de Mika e, na recarga, o espanhol Cristian Tello não encontrou o caminho para o fundo da baliza boavisteira.

O Boavista, a explorar a desvantagem numérica do FC Porto, reduzido a 10 elementos desde os 25 minutos, surgiu mais atrevido nos minutos finais da primeira parte e tentou pela primeira vez, aos 39 minutos, o remate à baliza de Andrés Fernandez por Anderson Carvalho.

Aos 45 minutos, numa jogada rápida de contra-ataque, a tirar partido ainda da adaptação de Ruben Neves a central, o Boavista criou uma oportunidade flagrante de golo por Anderson Correia, a passe de Zé Manuel, mas o remate saiu às malhas laterais.

Na segunda parte, Petit ordenou à sua equipa que subisse no terreno, pressionando a saída de bola e a organização de jogo do FC Porto, pelo que o encontro passou a desenrolar-se a meio campo.

Mika, aos 52 minutos, segurou um cruzamento de Brahimi para a área, José Angel, aos 56, procurou servir a cabeça de Jackson Martinez, e Tello, aos 57, desperdiçou uma oportunidade para desfazer a igualdade, após passe de Ruben Neves.

Aos 64 minutos, já depois de uma boa arrancada de Brahimi parada em falta, que não resultou em perigo, o guarda-redes “axadrezado” opôs-se uma vez mais bem a um remate de Jackson Martinez.

Já com Ricardo Quaresma em campo, que trouxe mais movimento às alas, o FC Porto dispôs de nova situação para marcar aos 77 minutos, mas o remate de Herrera, na recarga a uma primeira ação ofensiva, saiu sem direção e por cima da baliza do Boavista.

Até ao final do encontro, pertenceram ainda ao FC Porto os lances mais perigosos, mas quase sempre inconsequentes ou resolvidos por Mika.

Futebol 365

PARTILHAR

RESPONDER

Ministro da Saúde austríaco demite-se por falta de apoio na gestão da pandemia

O ministro da Saúde de Áustria, Rudolf Anschober, anunciou esta terça-feira a sua demissão, devido à falta de apoio na gestão da crise pandémica, cessando funções na próxima segunda-feira. "A situação é dramática nos serviços de …

OMS quer suspender venda de mamíferos selvagens vivos em mercados de alimentos

A Organização Mundial de Saúde defende a suspensão da venda de mamíferos selvagens vivos nos mercados de alimentos para evitar a propagação de doenças, avança a AFP. "Os animais, especialmente os selvagens, são a fonte de …

“Frescura, juventude e capacidade“. Coligação improvável em Penafiel junta PS e partido de Tino de Rans

O PS e o partido RIR, liderado pelo ex-candidato presidencial Vitorino Silva, formaram a coligação Penafiel Unido, que vai concorrer às autárquicas em Penafiel, distrito do Porto, com Paulo Araújo Correia como cabeça de lista, …

Marcelo, IL e Chega querem avanço do desconfinamento. PSD pede travão nos concelhos de maior risco

Marcelo Rebelo de Sousa ouviu os partidos ao longo desta tarde. A renovação de mais um Estado de Emergência está na mira, mas há quem não concorde. O Presidente da República começou por receber o Iniciativa …

MP "não nos ligava patavina. Zero", disse major Vasco Brazão

O major Vasco Brazão, ex-porta-voz da Polícia Judiciária Militar (PJM), disse esta terça-feira ao coletivo de juízes do Tribunal de Santarém que o Ministério Público (MP) não "ligava patavina" à investigação e às diligências sobre …

Especialista alerta que uso de máscara aumentou doenças da voz

A otorrinolaringologista Clara Capucho alertou que o uso de máscaras imposto pela pandemia da covid-19 aumentou o número de patologias da voz, sobretudo nos aparelhos vocais dos portugueses. O alerta da coordenadora da Unidade de Voz …

Tóquio2020. Missão portuguesa deve ser vacinada para diminuir "insegurança" dos atletas

O presidente do Comité Olímpico de Portugal (COP), José Manuel Constantino, deseja que a Missão portuguesa aos Jogos Olímpicos Tóquio2020 seja vacinada, quanto antes, considerando que a demora cria "insegurança" entre os atletas e restante …

Rússia proíbe oficialmente casamento entre pessoas do mesmo sexo

A Rússia proibiu oficialmente o casamento entre pessoas do mesmo sexo, numa emenda constitucional ratificada esta segunda-feira pelo Presidente russo, Vladimir Putin. Segundo avançou esta terça-feira a NBC, o deputado Pyotr Tolstoy, opositor ao casamento homossexual, …

Portugal não vai estar no Europeu feminino

Empate sem golos em Moscovo, depois da vitória da Rússia por 1-0, no Restelo. Fase final marcada para 2022, em Inglaterra. Ao contrário de 2017, a fase final do Europeu feminino de futebol não vai contar …

Apostas em raspadinhas caíram em 2020 para o valor mais baixo desde 2017

As raspadinhas são um vício que afeta principalmente pessoas da classe média baixa. No entanto, em ano de pandemia, as mudanças sócio-económicas na vida dos portugueses fizeram com que as apostas caíssem 16%. Os dados foram …