FC Porto 3-0 A.Viseu | Dragões marcam lugar na final da Taça

José Coelho / Lusa

O FC Porto garantiu hoje a presença na final da Taça de Portugal, depois de vencer o Académico de Viseu, por 3-0, no jogo segunda mão das meias-finais, tendo agora encontro marcado com o Benfica na final.

Depois do empate 1-1 em casa da equipa da II Liga, Alex Telles, de grande penalidade, aos 19 minutos, inaugurou o marcador para os primodivisonários, tendo feito aos 64 a assistência para Zé Luís marcar o segundo golo, com Sérgio Oliveira, aos 72, a fechar o resultado.

Com este resultado, o FC Porto marcará presença pela 31.ª vez na final da prova, e depois de no ano passado ter sido finalista vencido, frente ao Sporting, vai, em 24 de maio, defrontar o Benfica, que se apurou, na terça-feira, após eliminar o Famalicão, na outra meia-final.

Os ‘azuis e brancos’ entraram determinados em desfazer a igualdade trazida da primeira volta, em Viseu, e mesmo com uma equipa que só manteve quatro titulares relação ao prévio desafio da Liga com o Benfica – Alex Telles, Uribe, Corona e Luís Diaz -, não demoraram a assumir o controlo do desafio.

Ainda assim, apesar da pressão, os comandados de Sérgio Conceição mostravam-se, na fase inicial, pouco assertivos na finalização, e mesmo dispondo de uma série lances de bola parada, não conseguiam ludibriar a coesa defesa viseense.

Só perto do minuto 20, quando os forasteiros vacilaram, num lance em que Mathaus empurrou o portista Zé Luís na área, os ‘dragões’ dispuseram da melhor oportunidade, numa grande penalidade que Alex Telles não desperdiçou.

O tento deu maior audácia ao FC Porto que, mesmo sem deslumbrar, foi tentando ampliar a vantagem, sobretudo com remates de meia distância, protagonizados por Manafá, Luís Diaz e Nakajima.

No outro lado, o Académico de Viseu, apesar de precisar de inverter o resultado desfavorável, não mostrava argumentos para beliscar o domínio contrário, não conseguindo suficiente ‘tração’ nos seus contra-ataques, tendo terminado o primeiro tempo sem um único remate à baliza de Diogo Costa.

Já o FC Porto, pouco antes do intervalo, teve uma chance soberana, quando após um cruzamento de Nakajima, Zé Luís, com a baliza à mercê, tentou o desvio, mas viu a bola ressaltar num adversário, mantendo o 1-0 no tempo de descanso.

No reatamento, a formação de Viseu ainda tentou aventurar-se em terrenos mais adiantados, mas sem resultados práticos, acabando por ser expor aos ataques dos ‘dragões’, que num par de iniciativas de Luís Diaz e Zé Luís, estiveram perto dar volume ao marcador.

Nesta toada, acabou por não surpreender que, aos 64 minutos, o avançado cabo-verdiano do FC Porto voltasse a estar em destaque, mas desta feita com maior eficácia, desviando para o 2-0, um cruzamento de Alex Telles.

O segundo golo foi um golpe demasiado duro nas já ténues ambições dos viseenses em discutir a eliminatória, que ainda tentaram forçar os contragolpes, mas sem força para beliscar a superioridade dos locais.

Aos 72 minutos, coube ao recém-entrado Sérgio Oliveira desfazer qualquer dúvida sobre o desfecho da partida, desviando para o 3-0 um lance que, inicialmente, até foi assinalado como fora de jogo, mas que com recurso ao VAR foi validado.

Com o adversário completamente mercê e sem capacidade de reação, os ‘azuis e brancos’ ainda forçaram a goleada, mas já sem coerência suficiente para infligir um castigo que seria demasiado pesado ao voluntarioso conjunto de Viseu.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Dez milhões de crianças "podem nunca voltar à escola" após coronavírus

A pandemia de coronavírus causou uma "emergência educacional sem precedentes", com 9,7 milhões de crianças afetadas pelo encerramento de escolas em risco de nunca voltar às aulas, alertou na segunda-feira a Organização Não Governamental (ONG) …

Nos Estados Unidos, há uma máquina obsoleta a dificultar a resposta à pandemia. Chama-se fax

O facto de vários departamentos de saúde pública norte-americanos ainda utilizarem o fax para trocarem informação com hospitais, centros de saúde e laboratórios que realizam testes de deteção do novo coronavírus é um grande problema …

Uber passa a estar disponível em todo o país

A plataforma de transporte pode, a partir desta terça-feira, ter operadores em todo o território nacional, considerando ser um passo importante num contexto em que o turismo interno ganha relevância, no âmbito da pandemia da …

Profissionais do SNS já trabalharam oito milhões de horas extra no primeiro semestre

No primeiro semestre de 2020, contam-se mais 1,2 milhões de horas suplementares trabalhadas, sendo que só em maio a subida foi superior a 471 mil. Segundo o Jornal de Notícias, nos primeiros seis meses deste ano, …

Rui Moreira diz que não é possível prevenir festejos de adeptos do FC Porto

O presidente da Câmara Municipal do Porto disse, esta terça-feira, não ser possível tomar medidas de prevenção em relação a possíveis festejos de adeptos do FC Porto pela conquista do título, pedindo apenas que se …

Mulher assintomática provoca surto de 71 infetados na China. Bastou entrar sozinha num elevador

A passagem de uma mulher infetada com covid-19, mas assintomática, por um elevador de um edifício habitacional na China deu origem a um surto de 71 contagiados. De acordo com o estudo publicado pelo Centro de …

Detido em França um dos pedófilos da "darknet" mais procurados do mundo

A polícia francesa prendeu um suspeito de gerir portais na "darknet" que permitiram a "milhares de internautas de todo o mundo ter acesso a fotografias ou vídeos de caráter pedopornográfico", anunciou, esta segunda-feira, o Ministério …

Mais seis mortes e 233 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta terça-feira, mais seis mortes e 233 novos casos de infeção por covid-19 em relação a segunda-feira. Segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS), dos 233 novos casos, 143 são na região …

Itália restitui a França obra de Banksy roubada do Bataclan

Itália anunciou, esta terça-feira, que vai devolver a França uma obra atribuída a Banksy, uma homenagem às vítimas dos ataques terroristas em Paris, em 2015, roubada em 2019 e encontrada numa quinta perto de Roma. Antes, …

Há corais vermelhos na costa algarvia (e vai haver multas para quem os apanhar)

Os corais vermelhos da costa portuguesa vão passar a estar protegidos por legislação pesqueira e ambiental que está a ser preparada pelo governo e coimas elevadas, anunciou o ministro do Mar. O ministro do Mar, Ricardo …