Falha do Internet Explorer compromete segurança de metade da Internet

elhombredenegro / Flickr

-

O governo norte-americano aconselhou a que todos os utilizadores de computadores recorressem a alternativas ao navegador Internet Explorer, visto que este fim-de-semana a Microsoft comunicou a existência de uma falha na segurança do browser que estava a ser usada por hackers para levar a cabo ciberataques.

O Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos acautelou os utilizadores do Internet Explorer para uma falha colocava em risco a segurança de quem a ele recorresse visto que esta vulnerabilidade estava a ser explorada por marginais cibernéticos.

Este bug é a primeira grande falha de segurança a surgir desde que a Microsoft cessou todo o suporte e atualizações ao sistema operativo de treze anos Windows XP no início deste mês. Isto, incontornavelmente, implica que todos os computadores que operem sobre o XP poderão continuar vulneráveis a ataques que tentem explorar o bug, mesmo que a Microsoft tenha já descoberto uma solução para a falha (que será aplicada, portanto, só nos sistemas operativos Windows Vista, 7, 8, RT e Server).

A Equipa de Resposta de Emergência Computacional, segmento do Departamento de Segurança Interna norte-americano, avançou esta manhã que a vulnerabilidade nas versões do Internet Explorer 6, 7, 8, 9, 10 e 11 poderão levar ao total colapso do sistema.

As versões 6 a 11 do IE dominam o mercado dos navegadores em 55%, de acordo com dados da NetMarketPlace. O Chorme da Google e o Firefox da Mozilla detêm a grande maioria da percentagem restante.

A Microsoft recomenda aos utilizadores que tomem algumas medidas de segurança, descrevendo no seu site as configurações que podem ser mudadas enquanto o bug persistir.

Cibercriminosos ao ataque

A FireEye, fabricante de software de segurança, avançou que os ataques têm sido realizados por um grupo cibercriminoso sofisticado que visam explorar o bug do Explorer numa campanha que intitularam de Operação Raposa Clandestina (Operation Clandestine Fox).

“É uma campanha de ataques específicos, aparentemente contra empresas norte-americanas, até agora, do setor financeiro e da defesa”, clarificou Vitor De Souza, porta-voz da FireEye. “De momento não são claros os motivos deste grupo. Parece ser uma massiva recolha de inteligência”.

De acordo com a FireEye, o ataque atinge apenas as versões 9, 10 e 11, ou seja, 26% dos utilizadores que navegam na Internet.

Para além da fortemente sugerida adoção de um novo browser, a Equipa de Reposta de Emergência Computacional aconselhou ainda que as empresas considerem veementemente o uso de uma ferramenta gratuita de segurança disponibilizada pela Microsoft conhecida como EMET, para impedir eventuais investidas.

Especialistas em segurança asseveram que a EMET é verdadeiramente eficaz na deflexão de ataques, mas as empresas fica sempre bastante apreensivas relativamente à sua implementação visto que a funcionalidade, devido a possíveis incompatibilidades com alguns programas, pode causar a atrofia e mesmo a quebra do sistema.

B!T

PARTILHAR

RESPONDER

Covid-19. Presidente chinês diz que há “progresso visível”, mas número de mortos ultrapassa os 2.000

O Presidente da China defendeu esta quarta-feira que as medidas aplicadas pelas autoridades chinesas para travar a propagação do novo coronavírus, estão a alcançar um "progresso visível", num "momento crucial" da crise que paralisou o …

Tomás Correia foi pessoalmente ao Banco de Portugal buscar a nova condenação

Esta segunda-feira, Tomás Correia foi pessoalmente ao Banco de Portugal buscar a nova condenação de que foi alvo, por violação das regras de controlo e branqueamento de capitais. A notícia é avançada esta quarta-feira pelo Público, …

Alunos do ensino profissional vão poder entrar no ensino superior sem exames nacionais

Os estudantes que terminem um curso profissional ou artístico terão melhores condições de acesso ao ensino superior já no próximo ano. O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, anunciou esta quarta-feira que os …

Trump indulta ex-governador que tentou "vender" lugar de Obama no Senado

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, indultou na terça-feira o ex-governador de Illinois Rod Blagojevich, preso por corrupção após ser considerado culpado de tentar "vender" o lugar de Barack Obama no Senado, depois …

"Toca a reunir" no PS para aprovar eutanásia (e 6 médicos admitem que já a praticaram)

O PS está a mobilizar os seus deputados no sentido de garantir que, desta feita, a eutanásia passará no Parlamento. Tudo indica que venha a ser aprovada numa altura em que os médicos estão divididos …

CP está a escapar à multas por falhas nos serviços

A CP - Comboios de Portugal está a escapar às multas por falhas nos serviços, como atrasos e supressões de comboios, porque ainda não entrou em vigor o contrato de serviço público assinado com o …

Alegadas agressões a Taarabt valem processos a Marega e Pepe

A Comissão de Disciplina da FPF abriu processos disciplinares a Moussa Marega e Pepe devido a alegadas agressões sobre Taarabt, no jogo com o Benfica. Os jogadores do FC Porto Moussa Marega e Pepe vão ser …

Costa arrasa proposta "forreta" de orçamento europeu

A proposta de quadro financeiro plurianual para 2021-2027 do presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, vai morrer na praia. António Costa diz que os líderes europeus não devem ceder à pressão dos quatro países “forretas”. "Esta …

Malásia suspeita que desaparecimento do voo MH370 foi ataque suicida

O ex-primeiro ministro australiano Tony Abbott disse que altos responsáveis do governo da Malásia suspeitam há muito tempo que o desaparecimento do avião da Malasian Airlines, há quase seis anos, tenha sido um ataque suicida …

Champions. O viking norueguês, a revolta de Neymar e a lição tática do "Cholismo"

Haaland foi a estrela da noite ao marcar os dois golos da vitória do Dortmund frente ao PSG. O Atlético de Madrid conseguiu ainda quebrar a invencibilidade do Liverpool. A Liga dos Campeões está de volta …