“Falha” no grafeno pode revolucionar pilhas de combustível

pnnl / Flickr

O grafeno, impermeável ao gás e a líquidos, deixa passar os protões, uma “falha” que pode revolucionar a tecnologia das pilhas de combustível, revela hoje um estudo publicado na revista Nature.

O protão é uma das partículas, a par do neutrão, que compõem o núcleo do átomo, que forma a matéria.

Mais resistente do que o aço e mais fino de que um cabelo humano, além de leve e quase transparente, o grafeno, material revolucionário que existe na grafite dos lápis, é constituído por átomos de carbono compactados, sendo considerado um excelente condutor de calor e de eletricidade.

O material foi isolado, pela primeira vez, há dez anos, por dois investigadores, Andre Geim e Konstantin Novoselov, que receberam o Prémio Nobel da Física em 2010.

Portugal, através da Universidade do Minho, faz parte de uma plataforma europeia para o estudo do grafeno, The Graphene Flagship, que inclui 76 grupos de investigação do meio académico e industrial de 17 países.

Uma equipa de cientistas liderada por Andre Geim começou a fazer testes com protões (partículas subatómicas de carga positiva) e descobriu que estes passam facilmente através do grafeno, sobretudo a altas temperaturas, não obstante o material constituir uma barreira para os átomos mais pequenos que se conhecem, os de hidrogénio.

“Esta descoberta poderá revolucionar as pilhas de combustível e outras tecnologias baseadas no hidrogénio, porque necessitam de uma barreira que só os protões – átomos de hidrogénio livres de eletrões – são capazes de superar”, assinalou hoje a Universidade de Manchester, no Reino Unido, que participou no estudo, publicado na Nature.

A descoberta faz do grafeno um bom candidato para ser usado como membrana condutora de protões, elementos importantes para a tecnologia das pilhas de combustível, que transformam a energia da molécula de hidrogénio em eletricidade, para alimentar, por exemplo, um automóvel.

Para já, a tecnologia é cara e necessita de aperfeiçoamentos – mas estão lançadas as bases para uma revolução no reino das baterias.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Em apenas três anos, a Austrália perdeu um terço dos seus coalas

A seca, os incêndios florestais e a desflorestação na Austrália levaram o país a perder um terço dos seus coalas nos últimos três anos. A Austrália perdeu cerca de 30% dos seus coalas nos últimos …

Há modelos matemáticos que preveem se uma música vai ser viral — os mesmos utilizados com a covid-19

O uso de modelos matemáticos para antecipar o nível de sucesso de uma música pode começar a ser usado, a partir da publicação do presente estudo, por artistas e editoras para melhorar o desempenho dos …

Alemanha. Funcionário de posto de combustível abatido a tiro por cliente que se recusou a usar máscara

Um homem de 49 anos matou um funcionário de um posto de combustível na Alemanha, após tentar comprar cerveja sem utilizar a máscara. No país, o uso deste equipamento de proteção é obrigatório para entrar …

Um violino gigante flutuou no Grande Canal de Veneza (ao som de Vivaldi)

No passado fim de semana, um violino gigante, com quase 12 metros de comprimento, desceu o Grande Canal de Veneza. A bordo estava um quarteto de cordas, que tocou Four Seasons de Vivaldi. O Noah's Violin …

Assembleia de credores aprova recuperação da Groundforce

Esta quarta-feira, os credores da Groundforce aprovaram a recuperação da empresa. Em causa está uma dívida de 154 milhões de euros. Os credores da Groundforce, reunidos esta quarta-feira em assembleia de credores, no tribunal de Monsanto, …

Europeus acreditam numa "guerra fria" entre os EUA e a China e Rússia

A maioria dos cidadãos da União Europeia (UE), 62%, considera que os Estados Unidos (EUA), com apoio das instituições comunitárias, estão numa nova "guerra fria" com a China, mas recusam envolvimento nacional, revelou um inquérito …

Desenho de Van Gogh esteve guardado mais de 100 anos. Agora, é exibido pela primeira vez

O Museu de Amesterdão, nos Países Baixos, ganhou um novo inquilino: Study for 'Worn Out', um desenho recém-descoberto de Vincent van Gogh. O holandês Vincent van Gogh ainda continua a impressionar o mundo inteiro com a …

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã, com receio de que os avanços dos últimos 20 anos tenham sido conquistados em vão. A Vice falou com algumas professoras afegãs que garantem continuar …

Apenas um terço das crianças em 91 países tem acesso a uma alimentação adequada, alerta UNICEF

Apenas um terço das crianças com menos de dois anos em 91 países em desenvolvimento têm acesso aos alimentos que necessitam para um crescimento saudável, revelou um relatório da UNICEF, apontando que nenhum progresso foi …

Preços das casas voltaram a aumentar no segundo trimestre

Entre abril e junho, o índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu 6,6% em termos homólogos. A revelação foi feita esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). O Índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu …