F1: Rosberg vence no Brasil e relança a emoção para o última corrida

Andrew Hone / Pirelli

Nico Rosberg, da Mercedes, venceu o GP do Brasil

O alemão Nico Rosberg (Mercedes) venceu o Grande Prémio do Brasil, penúltima prova do mundial de fórmula 1, reduzindo para 17 pontos a desvantagem para o líder do campeonato, o britânico Lewis Hamilton, hoje segundo.

Quando apenas falta disputar o Grande Prémio do Abu Dhabi, a 23 de novembro, prova em que a pontuação é a dobrar, por ser a última da temporada, Nico Rosberg relançou as suas hipóteses de chegar ao título, mas não depende apenas de si para consegui-lo.

Com 50 pontos em disputa, Rosberg terá de ganhar e esperar que Lewis Hamilton não faça melhor do que o terceiro lugar.

Na corrida de hoje, para a qual partiu da “pole-position”, Rosberg conseguiu o seu oitavo triunfo na Fórmula 1 (quinto na presente temporada), terminando as 71 voltas ao circuito José Carlos Pace, em Interlagos, com 1,457 segundos de vantagem sobre Hamilton.

A vitória do alemão também pôs fim a uma série de cinco triunfos consecutivos de Hamilton: Itália, Singapura, Japão, Rússia e Estados Unidos.

“Estou feliz com todo o fim de semana. Tive a capacidade de atacar e de controlar o vantagem para o Lewis na corrida e correu tudo bem”, declarou Rosberg no final.

Já Hamilton preferiu destacar que cometeu “um grande erro a meio da corrida” (na 28.ª volta), mas ressalvou que o carro se comportou de forma excelente.

“Agora vamos jogar o tudo por tudo na última corrida, no Abu Dhabi”, salientou.

No terceiro degrau do pódio, e para alegria do público brasileiro, ficou o “paulista” Felipe Massa, em Williams-Mercedes. O veterano piloto brasileiro conseguiu o seu segundo pódio do ano, depois de uma corrida em que foi penalizado com cinco segundos de paragem por ultrapassar o limite de velocidade na boxes.

Massa também protagonizou um momento caricato (que o fez perder mais uns segundos) quando parou, por engano, em frente box da Mclaren, situado mesmo antes do local de paragem dos Williams.

A seguir a Massa ficou o britânico Jenson Button, em Mclaren-Mercedes) O quinto lugar foi para o tetracampeão Sebastian Vettel, da Red Bull-Renault e o sexto para o espanhol Fernando Alonso (Ferrari).

Nas contas do Mundial de pilotos, Hamilton tem agora 334 pontos, mais 17 do que Rosberg.

Com a 11.ª “dobradinha” de Rosberg e Hamilton esta época, a Mercedes conseguiu quebrar um recorde da McLaren que remontava a 1988, quando o francês Alain Prost e o brasileiro Ayrton Senna conseguiram terminar nos dois primeiros lugares em 10 corridas.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Setenta anos depois, teste de ADN reúne mãe e filha pela primeira vez

Genevieve achava que a sua bebé recém-nascida tinha morrido no parto. Mas não: foi adotada por uma família da Califórnia que lhe mentiu sobre as origens. Agora conheceram-se graças a um teste de ADN. Quase 70 …

Arcebispos de Barcelona ajudaram padre acusado de abusos a fugir à polícia

O padre Senabre, acusado de ter abusado de um menor de 13 anos, esteve desaparecido por mais de 25 anos. Foi agora encontrado no Equador e o seu caso está a ser investigado pelo Vaticano …

Problemas de direitos humanos persistem em Portugal apesar dos progressos

O mais recente relatório da Amnistia Internacional sobre direitos humanos indica que em Portugal “ainda persistem” desigualdades no acesso a habitação condigna, e diferentes formas de discriminação de pessoas e comunidades mais vulneráveis. O documento divulgado …

Theresa May adia votação do Brexit

A primeira-ministra britânica, Theresa May, confirmou, esta segunda-feira à tarde, perante o parlamento britânico, que será adiada a votação do acordo do Brexit agendada para esta terça-feira, dia 11. A decisão da primeira-ministra britânica procura evitar …

"Lobisomem da Sibéria". Maior assassino em série da Rússia era polícia e matou 78 mulheres

Um ex-polícia russo, já condenado a prisão perpétua pela morte de 22 mulheres, foi sentenciado esta segunda-feira na Sibéria por mais 56 homicídios, o que o torna no maior assassino em série da história recente …

Mais de 20 comboios vão ser suprimidos no Natal e Ano Novo

Mais de duas dezenas de ligações ferroviárias, entre Intercidades e Alfa-Pendulares, serão suprimidas nos dias 24, 25 e 31 de dezembro e 1 de janeiro de 2019, à semelhança de anos anteriores, devido à fraca …

Catalães devem seguir a via eslovena e estar "dispostos a tudo" para alcançar independência

Quim Torra disse este sábado que os catalães devem seguir o exemplo do processo de independência da Eslovénia e estar "dispostos a tudo". O presidente do governo regional da Catalunha, Quim Torra, disse este sábado que …

"Injustiça fiscal." Governo rejeita alterar IRS para salários de anos anteriores

O Governo recusou aceitar uma recomendação da Provedora de Justiça que pedia ao Executivo para atualizar o regime de IRS para rendimentos relativos a anos anteriores. No início de outubro, a Provedora da Justiça escreveu a …

Oito anos depois, pensionistas recebem subsídio de Natal por inteiro

Oito anos depois, os pensionistas recebem esta segunda-feira o subsídio de Natal por inteiro, sem cortes e no mês de dezembro. A maioria dos pensionistas da Segurança Social começa esta segunda-feira a receber a pensão de …

Carlos Ghosn, ex-presidente da Renault-Nissan, acusado por ocultar rendimentos

O Ministério Público japonês acusou oficialmente o ex-presidente da Nissan de ocultar rendimentos da empresa durante um período de cinco anos. De acordo com a agência Kyodo e o canal público NHK, o Ministério Público responsabiliza …