Há mais de 750 mil partículas de lixo no espaço (e são muito perigosas)

O diretor-geral da Agência Espacial Europeia (ESA), Jan Woerner, disse esta quarta-feira que existem no espaço, na órbita da Terra, mais de 750.000 partículas de lixo de um centímetro e alertou para os perigos que representam.

Falando no início da sétima conferência sobre lixo espacial, no centro de controlo de operações da ESA em Darmstadt, Alemanha, o responsável alertou para o perigo das pequenas partículas e de outras maiores.

Jan Woerner lembrou que o satélite de observação da Terra Sentinel 1A foi lançado em 2014 e que dois anos depois se notou que a produção de eletricidade tinha baixado, verificando-se que um dos painéis solares estava danificado pelo impacto de uma pequena partícula.

A ESA organiza a conferência entre esta quarta-feira e dia 21 e vai abordar o tema dos danos provocados pelo lixo espacial e as formas de o evitar e retirar.

A colisão em fevereiro de 2009 do satélite de comunicações norte-americano Iridium 33, lançado em setembro de 1997, com o satélite Kosmos2251 produziu uma grande quantidade de lixo espacial, recordou o responsável, afirmando que para combater o lixo é preciso evitar as colisões e recolher as partículas.

A questão é global e deve ser combatida a nível global, “com iniciativas comuns em todo o mundo para lutar contra os perigos que temos no espaço”, disse.

O responsável pela área do lixo espacial na ESA, Holger Krag, explicou, em relação ao Sentinel 1A, que em agosto de 2016 descobriram uma mudança de órbita e de altitude e uma perda de eletricidade, pelo que a ESA reativou uma câmara de bordo e viu que havia uma zona danificada de 40 centímetros de diâmetro provocada pelo impacto de uma partícula de um centímetro com dois gramas de peso.

Krag disse que atualmente estão no espaço cerca de 20.000 partículas que se podem observar (as mais pequenas não são visíveis).

A equipa de lixo espacial da ESA tem semanalmente um alerta de alto risco, o que faz com que sejam necessárias uma ou duas manobras por ano em cada satélite, para evitar colisões.

A ESA observa atualmente cerca de 18.000 objetos mas só 7% deles são satélites operacionais, sendo a maioria fragmentos resultado de colisões.

Existem no espaço 5.000 objetos com mais de um metro, 25.000 de 10 centímetros e 750.000 de um centímetro, segundo a ESA.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Gestão da pandemia: PGR francesa vai abrir investigação judicial a PM e ministros

Em causa estão 90 queixas contra o anterior chefe do Governo Edouard Philippe, e os ministros Olivier Véran e Agnès Buzyn, tendo 53 delas sido examinadas e nove consideradas admissíveis para seguirem eventualmente para tribunal. O …

Benfica perto de garantir Taremi e Helton Leite para a próxima época

O SL Benfica está perto de assegurar as contratações do avançado do Rio Ave, Mehdi Taremi, e do guarda-redes do Boavista, Helton Leite, para a próxima temporada. Mehdi Taremi e Helton Leite deverão ser reforços do …

Operação Marquês. Ivo Rosa não marca data de início do julgamento

O juiz de instrução Ivo Rosa optou por não marcar data de início do julgamento dada a complexidade do processo da Operação Marquês. O anúncio foi feito no final do debate instrutório, esta sexta-feira. "É manifesta …

Bolsonaro veta obrigatoriedade do uso de máscaras em lojas e igrejas

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, vetou hoje parte de uma lei que estipulava o uso obrigatório de máscaras em órgãos públicos, lojas, indústrias, templos religiosos e locais fechados em que haja concentrações de pessoas. O …

Benfica insiste em Jorge Jesus e está disposto a esperar pelo treinador

Jorge Jesus continua a ser a principal ambição de Luís Filipe Vieira para o cargo de treinador do SL Benfica. Tanto que o presidente das 'águias' mostra-se disponível para esperar. Não é segredo para ninguém que …

Wigan declara falência devido à covid-19. Há sete anos venceu a Taça de Inglaterra

O Wigan Athletic declarou falência, esta quarta-feira, apenas um mês depois de um consórcio de Hong Kong ter assumido o clube. Em causa está o impacto económico que a pandemia de covid-19 teve nas contas …

China parece ter controlado segunda vaga de coronavírus em 21 dias, sem registar mortes

A China parece ter controlado a segunda vaga de covid-19 após um surto que começou num mercado de Pequim, em junho, e que levou a pelo menos 328 novos casos e ao encerramento parcial da …

Guerra aberta pelo ouro da Venezuela em Inglaterra. Maduro ordena investigação ao "roubo"

Nicolás Maduro, Presidente da Venezuela, ordenou uma "investigação penal" ao que denomina "o roubo de ouro venezuelano" que está depositado no Banco Central de Inglaterra. Esta é a resposta do governante depois de o Tribunal …

Hospitais da Papua-Nova Guiné recusam atender grávidas. Médico aconselha mulheres a evitar gravidez

Um obstetra da Papua-Nova Guiné aconselhou as mulheres daquele país a não engravidarem nos próximos dois anos, revelando que o medo de transmissão do coronavírus tem levado os hospitais a recusarem atender grávidas. Segundo noticiou esta …

China vai encerrar gradualmente todos os mercados de aves vivas

A China vai fechar gradualmente todos os mercados onde aves vivas são vendidas, visando reduzir os riscos para a saúde pública, informou hoje a imprensa oficial. Chen Xu, alto funcionário da Administração Estatal de Regulação do …