O exercício físico afeta-nos de forma diferente. Um novo estudo explica porquê

Apesar de o exercício físico ser benéfico para toda a gente, não nos afeta da mesma forma. Agora, investigadores podem ter descoberto uma das razões.

Uma equipa de cientistas realizou um estudo, no qual 654 adultos com um estilo de vida predominantemente sedentário foram submetidos a um programa de exercícios de resistência durante 20 semanas. Ao longo do tempo, foram analisados os níveis de cerca de cinco mil proteínas diferentes presentes no sangue dos participantes.

Os investigadores identificaram, então, centenas de proteínas que correspondem à treinabilidade de uma pessoa – ou seja, quão bem cada indivíduo responde aos exercícios. Esta descoberta poderá ajudar na adaptação e personalização dos treinos para que sejam mais eficazes para cada indivíduo.

“Embora o exercício seja benéfico para os indivíduos em geral, a variabilidade nas respostas entre quaisquer dois indivíduos submetidos ao mesmo regime de exercícios é impressionante”, disse Robert Gerszten, diretor do departamento de medicina cardiovascular do Beth Israel Deaconess Medical Center (BIDMC).

“Até ao momento, nenhum aspeto do perfil clínico de base de um indivíduo nos permite prever quem tem maior probabilidade de obter mais benefícios de aptidão cardiorrespiratória através da prática de um tipo de exercício”, acrescentou.

Um total de 147 proteínas foram associadas à aptidão cardiorrespiratória, tecnicamente conhecida como VO2max, que mede quanto oxigénio o corpo pode usar e transferir para os músculos. Quanto maior o valor, mais em forma está o indivíduo, escreve o Science Alert.

Além disso, a equipa identificou 102 proteínas relacionadas com a alteração do VO2máx, assim que o programa de exercícios foi concluído. Essas proteínas foram classificadas numa pontuação que previa a treinabilidade de um indivíduo, isto é a variabilidade de VO2máx provocada pelo exercício.

Usando a pontuação, os investigadores foram capazes de escolher os voluntários cujo VO2máx ou nível de aptidão cardiorrespiratória não aumentaria muito com os exercícios de resistência.

Gerszten também realizou um estudo comunitário que combinou algumas das proteínas com um maior risco de morte precoce, apoiando a ideia de que essas proteínas estão intimamente relacionadas com a saúde cardíaca e as taxas de mortalidade.

“Agora temos uma lista detalhada de novos compostos sanguíneos que fornecem detalhes sobre a compreensão da biologia do condicionamento físico e da adaptação ao exercício, e predizem as respostas individuais a um determinado regime de exercícios”, disse Gerszten.

O estudo foi publicado recentemente na Nature Metabolism.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Deveriam ter considerado no estudo Halterocopistas. Esses é que têm uma boa capacidade cardio-respiratória. Afinal, enquanto bebem não respiram. E isso, gole após gole, é puxado.
    Ou então os triatletas alternativos que bebem, fumam e comem amendoins por longas horas de exigência física.

RESPONDER

Nave espacial chinesa com três astronautas acopla na nova estação espacial

A nave espacial chinesa que partiu ao início do dia de hoje com uma tripulação de três pessoas já acoplou na nova estação espacial da China, para uma missão de três meses, noticia a imprensa …

Vagas só vão aumentar nos cursos com notas mais altas

Para já, apenas os cursos procurados pelos alunos com médias mais elevadas vão poder aumentar o número de vagas disponíveis no concurso nacional de acesso deste ano. De acordo com o jornal Público, o Governo afastou, …

Novo Banco. "O que a Caixa deseja é que este processo acabe"

O presidente executivo da Caixa Geral de Depósitos (CGD) disse, esta quarta-feira, no Parlamento, que o desejo do banco público é que o processo relativo ao financiamento ao Novo Banco acabe. "O que, pessoalmente, a Caixa …

Boris Johnson diz que ministro da Saúde “não tem salvação possível” em mensagens reveladas por ex-assessor

Boris Johnson terá enviado mensagens escritas a um dos seus principais assessores, Dominic Cummings, onde descrevia o ministro da saúde como “sem porra de salvação possível”. Esta quarta-feira, as fotografias das mensagens trocadas entre Johnson e …

Portugal tem o dobro dos casos de covid-19 que existiam há um ano

O número de casos de covid-19 ativos em Portugal neste momento é mais do dobro do que há um ano atrás. A média diária de novos casos é quase o triplo. Apesar de 42% da população …

Sporting prestes a garantir contratação de Daniel Wass, antigo lateral do Benfica

O Sporting está muito perto de garantir a contratação de Daniel Wass ao Valência. O dinamarquês já passou pelo Benfica e pode custar agora 2 milhões de euros. Depois de as negociações com o Sporting de …

Portugal com testes negativos à covid-19 antes do jogo com a Alemanha

Os jogadores, equipa técnica e restantes membros da seleção tiveram resultados negativos nos testes à covid-19, realizados três dias antes do jogo com a Alemanha, revelou, esta quinta-feira, fonte oficial da Federação Portuguesa de Futebol …

Quatro anos depois do incêndio de Pedrógão, ainda há casas por reconstruir

Esta quinta-feira, assinalam-se quatro anos do grande incêndio de Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, que provocou a morte a 66 pessoas. Quatro anos depois do incêndio de Pedrógão Grande, que deflagrou ao início da tarde …

Chegou em maio, saiu em junho: a passagem de Gattuso pela Fiorentina

Gennaro Gattuso chegou ao clube italiano no final de maio mas, a meio de junho, já deixou a Fiorentina. Sérgio Oliveira já não deve seguir para Florença. Gennaro Gattuso foi apresentado como treinador da Fiorentina há …

Venda de barragens. Governo terá permitido à EDP vender direito não previsto nos contratos

O Governo permitiu à EDP vender um direito das barragens no Douro à Engie que não era permitido no seu contrato de concessão. A conclusão é do Bloco de Esquerda após analisar a documentação sobre o …