Ex-ministro quer afastar super-juiz da Operação Marquês

Paulo Novais / Lusa

O ex-ministro Armando Vara

O ex-ministro Armando Vara e ex-administrador da Caixa Geral de Depósitos está a tentar usar um detalhe formal, numa estratégia idêntica à já utilizada pela defesa de José Sócrates, para afastar o super-juiz Carlos Alexandre do processo Operação Marquês.

Um dado avançado pelo jornal Sol que repara que a defesa de Armando Vara argumenta com a “violação do princípio do juiz natural” como factor para afastar Carlos Alexandre da fase de instrução da Operação Marquês que arranca em Setembro próximo.

O Sol salienta que, com a proximidade deste momento central do processo que vai decidir quem vai a julgamento, os advogados de defesa procuram ‘bóias de salvação’ para os seus clientes.

No caso de Armando Vara, um dos arguidos da Operação Marquês, a par de José Sócrates e de Ricardo Salgado, a defesa vai contestar a distribuição do processo na fase de inquérito, frisa o semanário.

O processo foi atribuído a Carlos Alexandre em 2013, ano da abertura do inquérito, quando ele era o único juíz do Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC). Em Setembro de 2014, o juiz João Bártolo entrou para esta instância judicial e os processos passaram a ser distribuídos de forma electrónica, mas Carlos Alexandre manteve-se à frente do inquérito da Operação Marquês.

A defesa de Vara argumenta que o processo deveria ter sido redistribuído “de forma electrónica“, como destaca o Sol. Assim, vai contestar a continuidade de Carlos Alexandre à frente do inquérito.

ZAP //

PARTILHAR

13 COMENTÁRIOS

  1. Mas quando é que este caixa, feito administrador num dia, começa a cumprir pena de prisão ?!?
    Ou a justiça está à espera da prescrição para safar o marmanjão ?!

  2. É preciso ter uma lata . Até agora fruto de expedientes e da habitual demora da justiça , este tipo tem escapado pelos pingos da chuva da morada que há muito merece . Condomínio Prisional .

    Enquanto está cá fora vai deitando uns foguetes , pensando que alguém se distrai.

  3. Há 4 anos que este palhaço “socialista” foi condenado a 5 anos de grelha e continua cá fora. E andam todos a morder nas canelas do juiz Carlos Alexandre para ver se se safam. Se fosse nos tempos do pintainho monteiro já tinha sido tudo destruído e votado ao total esquecimento….!!

  4. Esta “coisa” de processo ainda rola? Quanto tempo mais é necessário para a justiça actuar? Vão passar uma eternidade a “tapar o sol com a peneira”? É assim que se pretende que o povo tenha confiança na justiça?
    Não sei quem é culpado ou não, é uma questão que o sistema judicial tem que responder, mas sei que este arrastar do processo está a servir para que os alegados crimes estejam a ser esquecidos.
    É apenas a minha opinião e vale o que vale…

  5. Não duvidem a continuação da geringonça todo as estarâo perdoamos e indeminizados .O povo é quem mais ordena grandola ……,,,,,;

  6. Este e outros iguais cantam grandola vila morena .Absolvição com indemnização.E o povo é quem mais ordenha bem e barato .

RESPONDER

Greve dos anestesistas no Amadora-Sintra adia 300 cirurgias

Os médicos anestesistas do Hospital Amadora-Sintra terminam esta sexta-feira às 20h00 uma greve de cinco dias para exigir a contratação de mais especialistas e reclamar condições de segurança clínica. A paralisação no Hospital Fernando Fonseca, que …

“No que depender do Governo”, a rede Multibanco vai continuar gratuita, garante Centeno

"No que depender do Governo, vai continuar gratuita para os portugueses" a utilização das caixas multibanco, cuja gratuitidade foi questionada recentemente por alguns líderes dos bancos. O ministro das Finanças, Mário Centeno, garantiu esta sexta-feira que …

Protecção Civil pagou combustível para participar em novela da SIC

A SIC não pagou qualquer valor pelo empréstimo de meios da Protecção Civil para as filmagens de uma novela que está a ser produzida pelo canal. A Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil (ANEPC) …

Liderança do Montepio pode voltar a mudar

Uma nova reviravolta na administração do Banco Montepio pode estar prestes a acontecer. Carlos Tavares, atual presidente da administração com poderes não executivos, pode voltar a ser presidente executivo deste banco. Se isso acontecer, Dulce Mota …

Berardo era peça na "estratégia" de Sócrates para dominar a banca

Em entrevista ao Jornal Económico, o empresário Patrick Monteiro de Barros defende que Joe Berardo foi uma das pessoas de quem José Sócrates se serviu para dominar a banca. Patrick Monteiro de Barros disse, em entrevista …

BCE arrasa propostas de Centeno. Reforma coloca em risco independência do BdP

O Banco Central Europeu teceu duras criticas às propostas de Centeno para a reforma da supervisão financeira em Portugal. O BCE admite que a independência do Banco de Portugal poderia ficar em risco. Depois da Comissão …

#MeToo. Acordo de 40 milhões para evitar processo contra Harvey Weinstein

O antigo produtor de Hollywood Harvey Weinstein terá chegado a um acordo no valor de 44 milhões de dólares (cerca de 40 millhões de euros) em indemnização com dezenas das suas vítimas, de forma a …

Paulo Sande, cabeça de lista do Aliança, recebeu salário de Belém. Mas vai devolver

O cabeça de lista do Aliança decidiu devolver o vencimento que lhe foi pago este mês pela Presidência da República enquanto assessor político de Marcelo Rebelo de Sousa. Paulo Sande começou por gozar uma licença sem …

Trump quer vender armas à Arábia Saudita sem aprovação do Congresso

Uma grande venda de bombas à Arábia Saudita pode estar na mira da Administração Trump. O Presidente dos Estados Unidos quer fintar o Congresso norte-americano e desbloquear 6,3 mil milhões de euros em vendas.  O jornal …

Europeias: Com o PS a "malhar" no Bloco, Rangel fala em encenação eleitoral

Na véspera do último dia de campanha para as eleições europeias, António Costa e Augusto Santos Silva deram um empurrão ao candidato do PS com discursos apontados aos parceiros de esquerda. Enquanto isso Paulo Rangel …