Ex-engenheiro da Tesla descobriu a cura para a ressaca

Sisun Lee adorava trabalhar na Tesla mas, o que começou como um projeto divertido para encontrar uma cura para a ressaca cresceu de tal modo que o engenheiro decidiu despedir-se e começar a sua própria empresa.

Tudo começou há cerca de um ano, quando Lee, de 26 anos, viajou para o seu país de origem da Coreia do Sul, uma zona conhecida pelas festas e pelo álcool.

Como passava muito tempo a beber, o engenheiro ficou espantado ao descobrir que existiam remédios naturais para a ressaca – e ao ser impedido de os importar para os EUA, decidiu criar o seu próprio remédio.

“Eu tentei importar esses remédios e tornei-me num distribuidor, mas essas empresas não estavam interessadas em ter alguém que não conheciam, sem antecedentes em bebidas ou bens de consumo, a representá-los nos EUA.”, destacou.

Sisun Lee, que estudou engenharia de nanotecnologia/biotecnologia na faculdade durante três anos, começou a pesquisar os ingredientes e descobriu o trabalho de Jing Liang, um investigador da UCLA que publicou vários estudos sobre remédios naturais para a ressaca.

Assim, com a ajuda de Jing Liang, o engenheiro desenvolveu “o melhor amigo do fígado”, que tem como base a dihidromiricetina, ou DHM, encontrada na árvore da uva-do-Japão, e que aumenta a libertação de etanal, uma toxina produzida pelo fígado que é responsável pelo enjoo provocado pela acumulação de álcool.

Outros ingredientes presentes no Morning Recovery são a taurina – o “ingrediente secreto” do Red Bull -, extratos de figo-do-diabo e de cardo-leiteiro, e vários tipos de vitamina B.

Em nome da ciência, Lee decidiu ser o primeiro voluntário para os seus testes. “Ficava bêbado todas as noites. Parecia que o medicamento estava a funcionar, mas como sou muito cético questionava: será que não bebi o suficiente?”, destacou.

Para comprovar cientificamente a própria embriaguez, passou a filmar os próprios goles para os quantificar e, principalmente, para não os esquecer.

No início, alguns amigos de Lee também estavam dispostos a tentar, mas não foi fácil convencer estranhos a testar a substância. Para vender a ideia, o engenheiro divulgou uma explicação técnica convincente, na qual descrevia a atuação do DHM no corpo do ponto de vista químico – e, em poucas semanas, ganhou mais de 30 mil fãs no facebook, todos dispostos a experimentar o remédio.

Apesar de a fórmula ser compatível com o Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA (Food and Drug Administration ou FDA) , o que significa que todos os ingredientes são aprovados como um suplemento de comida, Lee espera conseguir passar para o próximo nível maior e obter a “aprovação da FDA”.

O Morning Recovery tem uma campanha de financiamento público no site Indie Go Go e será lançado no dia 5 de julho, nos EUA.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

João Ferreira apresenta-se candidato de Abril (e não a “percentagens eleitorais”)

O eurodeputado João Ferreira apresentou, esta quinta-feira, a sua candidatura a Presidente da República pelo PCP em nome dos “valores de Abril” como um “espaço de convergência” e recusou fixar metas ou percentagens para as …

FC Porto, Aves. Benfica disciplinado. 821 pessoas num jogo... Os números da Liga

Um dia antes do início da I Liga 2020/2021, espreitamos o relatório 'Futebol em números', publicado no final de agosto pela própria Liga Portugal. Há muito para ler sobre a época passada, provavelmente a mais …

Presidente da Bielorrússia fecha fronteiras e coloca exército em alerta

O Presidente da Bielorrússia, alvo de seis semanas de protestos em massa exigindo a sua renúncia, anunciou esta quinta-feira que vai colocar as tropas em alerta máximo e fechar as fronteiras do país com a …

É viciado em sol? Não se preocupe, está-lhe nos genes

De acordo com um estudo realizado por investigadores do King's College London, a busca pelo sol está diretamente ligada aos nossos genes. Isso significa que o comportamento das pessoas em relação ao sol é dominado por …

Onda de pedras-pomes fez uma viagem pelo Pacífico (e traz nova vida à costa da Austrália)

Uma "onda" de pedras-pomes está a chegar à Austrália após uma longa viagem pelo Pacífico. As rochas vulcânicas produzidas na fase de ejeção dos gases contidos na lava, podem trazer um presente para o seu …

Não foram as estrelas de neutrões. A origem do ouro do Universo voltou a ser um mistério

Quando a humanidade detetou a colisão entre duas estrelas de neutrões em 2017, confirmou a teoria de longa data que as explosões criam elementos mais pesados do que o ferro. Assim, pensou-se ter a resposta …

Descoberta uma cripta secreta sob uma capela polaca. Pode levar ao lendário Santo Graal

O lendário Santo Graal, que terá sido usado por Jesus durante a Última Ceia para transformar o vinho em sangue, cativou a imaginação dos caçadores de tesouros durante séculos. Embora possamos nunca saber se esta relíquia …

Pedaço de cabelo de Lincoln (e um telegrama ensanguentado) leiloados por 81 mil dólares

Um anónimo pagou mais de 81 mil dólares (cerca de 71 mil euros) por uma mecha de cabelo de Abraham Lincoln. O exemplar foi retirado da cabeça de Lincoln um dia após a sua morte, …

Descobertos novos detalhes em Pietà de Miguel Ângelo

Uma equipa de especialistas estava a fazer trabalhos de limpeza na Pietà de Florença, esculpida pelo artista italiano Miguel Ângelo, quando encontrou detalhes desconhecidos da obra. Uma Pietà é um tema da arte cristã em que …

Microsoft afundou um data center em 2018. Dois anos depois, revela o que descobriu

Em 2018, a Microsoft aproveitou a tecnologia de submarinos para afundar um data center que poderia fornecer ligação à Internet durante anos na costa de Orkney. Agora, foi recuperado e os investigadores estão a testá-lo …