Ex-candidata francesa à Comissão Europeia indiciada por desvio de fundos

Lusa

A ex-eurodeputada centrista francesa Sylvie Goulard, indicada sem sucesso pelo Presidente francês para a Comissão europeia, foi esta segunda-feira indiciada pela juíza responsável do processo dos empregos fictícios de assistentes do seu partido no Parlamento Europeu, referiu fonte judicial.

Goulard, cuja nomeação para a Comissão Europeia foi chumbada precisamente devido a este inquérito, foi indiciada por desvio de fundos públicos após a sua audição num tribunal de Paris, precisou a fonte judicial citada pela agência noticiosa AFP.

Os magistrados da área financeira do tribunal de Paris têm convocado desde 15 de novembro diversas pessoas no âmbito deste inquérito, designadamente por “cumplicidade no desvio de dinheiros públicos”. Entre os convocados encontram-se o antigo guarda do ex-senador e ex-ministro da Justiça Michel Mercier e o diretor do partido de Goulard, o centrista Movimento democrata (MoDem), Alexandre Nardella.

O presidente do MoDem, François Bayrou, está convocado para sexta-feira.

Os magistrados procuram determinar se os colaboradores parlamentares foram remunerados pelos fundos do Parlamento Europeu, quando apenas estavam envolvidos em atividades para o partido francês.

A abertura de um inquérito preliminar do procurador de Paris, em 2017, implicou a demissão de Bayrou do seu cargo ministerial, e ainda de Marielle de Sarnez do posto de ministro dos Assuntos Europeus e de Sylvie Goulard de ministra das Forças Armadas.

Este caso, juntamente com a polémica sobre as subvenções de um ‘think thank’ norte-americano, custaram a Sylvie Goulard um lugar na nova Comissão Europeia, que lhe foi recusado em outubro pelos eurodeputados.

Antiga eurodeputada (2009-2017), atual vice-governadora do Banco de França, Goulard aceitou este verão reembolsar o Parlamento Europeu em 45.000 euros.

Este montante corresponde a oito meses de salário de um dos seus assistentes, Stéphane Thérou, sobre quem não conseguiu fornecer “prova de trabalho”. Em 30 de agosto, o Parlamento europeu encerrou este caso.

O MoDem não é a única formação política visada pela justiça por empregos presumivelmente fictícios no Parlamento europeu. Um inquérito semelhante foi aberto para A França Insubmissa (LFI, esquerda radical) e Frente Nacional (FN, extrema-direita), no qual cerca de 20 pessoas, incluindo Marine Le Pen, foram chamadas a prestar declarações.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Os olhos são (mesmo) o espelho da alma. Estudo revela que experiências traumáticas afetam as pupilas

Uma nova investigação acaba de revelar que as pupilas podem revelar se uma pessoa sofreu uma experiência traumática no passado. Recentemente, uma equipa de investigadores da Universidade de Swansea, no Reino Unido, descobriu que as pupilas …

No Japão, é possível contratar um agente privado para sabotar a sua própria relação

Na Terra do Sol Nascente, é possível contratar um agente privado para sabotar a sua própria relação (sem ter de arcar com as culpas). De acordo com a BBC, estes agentes privados chamam-se "wakaresaseya" e têm …

Arqueologia estelar revela restos de antigo enxame globular. É o "último do seu género"

Uma equipa de astrónomos, incluindo Ting Li e Alexander Ji do Instituto Carnegie, descobriu uma corrente estelar composta pelos restos de um antigo enxame globular que foi dilacerado pela gravidade da Via Láctea, há 2 …

Petição para Reino Unido incluir Portugal no corredor aéreo com quase 30 mil assinaturas

O jornal em língua inglesa com maior circulação em Portugal lançou uma petição pela Internet a pedir ao Governo britânico para reconsiderar e incluir Portugal no corredor aéreo com o Reino Unido, já assinada por …

eBussy é o novo elétrico modular que se transforma em 10 carros diferentes

10 em 1. O eBussy, um veículo elétrico projetado pela alemã ElectricBrands, permite variar a carroçaria numa dezena de configurações diferentes. A fabricante alemã ElectricBrands revelou o seu mais recente carro-conceito: o eBussy, um elétrico modular capaz …

República Dominicana nega que Juan Carlos tenha entrado no país

A imprensa espanhola noticiou, esta terça-feira, que o rei emérito de Espanha estaria na República Dominicana, depois de ter anunciado que ia viver para fora. Mas as autoridades deste país negam essa informação. De acordo com …

Fome causada pelo coronavírus mata 10 mil crianças todos os meses

A cada mês que passa, 10 mil crianças morrem devido à fome causada pela pandemia do novo coronavírus. Há ainda 500 mil crianças malnutridas todos os meses. A pandemia do novo coronavírus está a intensificar problemas …

Lava Jato usou os mesmos métodos de espionagem clandestina que o FBI

A operação Lava Jato usou os mesmos métodos de espionagem utilizados por John Edgar Hoover, o temível líder do FBI durante quase 50 anos. Durante quase 50 anos, John Edgar Hoover liderou o FBI, ficando conhecido …

Por três dólares, já é possível comer refeições de avião em casa

A empresa Tamam Kitchen, líder na produção de alimentos para várias companhias aéreas de Israel, decidiu vender ao público e a baixo custo as refeições que habitualmente vende a empresas de aviação e que depois …

Ministério Público está a investigar acidente com Alfa Pendular em Soure

O Ministério Público está a investigar o descarrilamento do comboio Alfa Pendular, em Soure, que, na última sexta-feira, provocou dois mortos, oito feridos graves e 36 feridos ligeiros. Questionada na sexta-feira pela agência Lusa, a Procuradoria-Geral …