Evitar obesidade sem exercício físico ou dieta pode ser possível graças a nova terapia

Evitar a obesidade e ganhar músculo sem qualquer exercício físico adicional ou dieta específica? Uma nova terapia genética pode abrir portas para esta hipótese.

Uma equipa de investigadores norte-americanos da Faculdade de Medicina da Universidade de Washington, em St. Louis, desenvolveu uma nova terapia genética experimental que pode prevenir a obesidade e ajudar a ganhar músculo sem necessidade de exercício físico adicional ou dieta. Os testes de laboratório em ratos foram um sucesso.

A folistatina é uma proteína que, para além do seu papel como hormona reprodutiva, influencia vários processo celulares, incluindo a proliferação muscular. Estudos anteriores demonstraram que aumentar a expressão de folistatina pode neutralizar certas doenças musculares degenerativas.

Esta nova investigação, cujo estudo foi publicado na semana passada na revista Science Advances, explorou se este tipo de terapia poderia ajudar a tratar a artrose, reduzindo a inflamação metabólica associada à obesidade.

“A obesidade é o fator de risco mais comum para a artrose”, explica Farshid Guilak, coautor deste novo estudo. “Estar acima do peso pode prejudicar a capacidade de uma pessoa fazer exercício e beneficiar totalmente da fisioterapia”.

Os ratos usados nas experiências receberam terapia genética para lhes ser amplificada a manifestação de folistatina. Os resultados dos testes, de acordo com Guilak, foram “profundos”. Os roedores ganharam massa muscular sem ganhar peso extra, apesar da sua dieta rica em gordura. Além disso, os animais também não praticaram exercício físico a mais.

De acordo com o New Atlas, a terapia genética notavelmente mitigou a degeneração da cartilagem, a inflamação sinovial e a remodelação óssea associada a lesões nas articulações e artrose.

“Identificamos aqui uma maneira de usar a terapia genética para ganhar músculo rapidamente”, sublinhou Guilak. “Ela teve um efeito profundo nos ratos e manteve o seu peso sob controlo, sugerindo que uma abordagem semelhante pode ser eficaz contra a artrite, particularmente nos casos de obesidade mórbida”.

Este novo estudo sugere que a terapia genética com folistatina não só apenas influencia a massa muscular, mas também várias atividades metabólicas que podem de alguma forma contrariar a ingestão calórica em dietas ricas em gordura.

Guilak reconhece que a sua equipa ainda está longe de dar o salto para um eventual tratamento clínico em humanos, mas tem boas expectativas para o futuro.

“Algo assim pode levar anos para se desenvolver, mas estamos entusiasmados com as perspetivas de reduzir os danos articulares relacionados à artrose, além de possivelmente serem úteis em casos extremos de obesidade”, conclui Guilak.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Um corpinho lindo como o da foto não deve haver muitos pelos USA, daí que o estudo caia na perfeição num país onde a gordura parece ser formosura.

RESPONDER

Sporting 2-2 Belenenses SAD | Líder salva virgindade nos descontos

A Belenenses SAD esteve a segundos de cumprir a promessa de Petit, que na antevisão da partida apontava para a primeira derrota do Sporting. Os “azuis” estiveram a vencer por 2-0, graças a uma eficácia …

Quatro anos depois, Danny recuperou a sua prancha. Estava a 2700 quilómetros

Um surfista australiano recuperou a sua prancha quatro anos depois de a ter perdido. Estava a 2700 quilómetros do sítio onde a tinha visto pela última vez. Danny Griffiths, um surfista habituado a ondas grandes, perdeu …

Os astronautas precisam de um frigorífico. Engenheiros trabalham num que funciona de "cabeça para baixo"

Para que os astronautas façam longas missões à Lua ou a Marte, precisam de um frigorífico, mas estes eletrodomésticos não são projetados para funcionar em gravidade zero. Os astronautas precisam de frigoríficos para as missões prolongadas …

A maior "cidade-fantasma" da China voltou a florescer (graças à educação)

Kangbashi, na Mongólia Interior, é considerada há muitos anos a maior "cidade-fantasma" da China. Agora, tem muito a agradecer a uma jogada inesperada, mas muito eficaz: o setor da Educação. Há alguns anos que Kangbashi, uma …

Carro da Tesla ajuda o FBI a capturar homem suspeito de atear fogo em igreja

As câmaras de um Tesla ajudaram as autoridades a prender um homem suspeito de atear fogo numa igreja na cidade de Springfield, no estado de Massachusetts. A congregação foi atacada mais de uma vez em …

Destemida e aventureira. Com apenas 18 anos, Simone Segouin ajudou a França a derrotar os nazis

Quando tinha apenas 18 anos, Simone Segouin juntou-se à Resistência Francesa para capturar as tropas nazis, sabotar os planos alemães e lutar contra o fascismo no seu país. Apesar de ter abandonado a escola bastante cedo, …

Orgulho e ciúmes. Corrida armamentista entre Coreias coloca ambiente de paz em risco

A relação entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul é conhecida por ser bastante conturbada, sendo que nos últimos anos já ocorreram alguns incidentes entre os países. Agora, as duas nações peninsulares …

"Estória mal contada": a saída de João Marques do Famalicão

Perto do final do campeonato feminino de futebol, o treinador das candidatas ao título abandona o emblema minhoto. Provavelmente porque vai liderar outra equipa minhota. Adeptos não gostaram. A Liga BPI, a primeira divisão nacional feminina …

Livre cede lugares à IL e ao Volt. Vasco Lourenço fala em "chicana política"

O Livre cedeu, esta quarta-feira, quatro lugares da sua comitiva no desfile que assinala o 25 de Abril à Iniciativa Liberal e ao Volt Portugal, depois da comissão promotora os ter informado de que não …

Pena de morte diminuiu. Execuções globais atingem o número mais baixo numa década

Globalmente, foram executadas 483 pessoas em 2020, o número mais baixo registado pela Amnistia Internacional (AI) numa década, marcando uma redução de 26% em relação a 2019 e 70% comparativamente a 2015. Segundo um artigo da …