EuroBic processa Ana Gomes por comentários sobre lavagem de dinheiro

European Parliament / FLickr

Ana Gomes

O banco EuroBic vai processar a ex-eurodeputada socialista por ter dito que a instituição faz parte de um esquema de “lavagem de dinheiro” envolvendo a empresária angolana Isabel dos Santos.

Em comunicado enviado às redações, a instituição presidida pelo antigo ministro das Finanças, Fernando Teixeira dos Santos, afirma que as “afirmações e insinuações” da ex-eurodeputada Ana Gomes são “falsas”, e que por lesarem o “bom-nome e a reputação do EuroBic, o banco decidiu avançar com os procedimentos judiciais adequados com vista à salvaguarda dos seus direitos”.

O EuroBic recorda no documento que num programa de comentário na SIC Notícias, datado de 16 de outubro, a ex-eurodeputada “referiu-se ao EuroBic como fazendo parte de um circuito que se destina a ofuscar a origem dos capitais da Senhora Engenheira Isabel dos Santos”.

“Esses comentários foram proferidos na sequência de uma publicação do Twitter da mesma autora, em que também se referiu ao EuroBic como integrando um esquema de ‘lavagem de dinheiro'”, prossegue o banco.

A antiga deputada europeia escreveu no Twitter, a 14 de outubro, que Isabel dos Santos se endivida “muito porque ao liquidar as dívidas lava que se farta”, e acusou o Banco de Portugal (BdP) de fechar os olhos.

Para além de considerar as afirmações de Ana Gomes “falsas”, o banco considera também como não verdadeiro que a socialista “tenha apresentado provas destas suas alegações, ao contrário do que referiu no mesmo programa”.

O EuroBic afirma que o que Ana Gomes apresentou foram apenas “cartas por si assinadas” sem sustentação probatória.

O banco garante ainda que “não participa em qualquer circuito de branqueamento de capitais e cumpre com toda a legislação vigente relativa à prevenção de branqueamento de capitais”, sendo “uma instituição financeira transparente e ativamente supervisionada pelas entidades de supervisão competentes”.

No tweet, Ana Gomes reagia às declarações da empresária angolana que, em entrevista à agência Lusa, garantiu que as recorrentes dúvidas sobre a origem dos seus investimentos resultam de “narrativa negativa”, alegando que se tem endividado, para poder investir, sem recorrer ao erário público angolano.

A ex-eurodeputada garantiu que os bancos “querem ser ressarcidos” e que as instituições “só em teoria cumprem a AMLD [diretiva de combate ao branqueamento de capitais], de facto não querem saber a origem do dinheiro”.

Num outro tweet, a ex-eurodeputada realçou “que jeito” dá a Isabel dos Santos o banco Eurobic, porque “está na rede [internacional de pagamentos] swift e na zona euro”. A deputada acredita que o dinheiro “passa por lá para liquidar dívidas junto de outros bancos. Sem due dilligences [investigação dos negócios] pois já circulou por banco da zona euro”.

Ana Gomes salientou ainda que o Banco de Portugal e o Banco Central Europeu (BCE) “assobiam para o ar”.

Questionada pela Lusa sobre as recorrentes dúvidas sobre a origem dos seus investimentos, a empresária angolana afirmou na entrevista que está habituada a passar por complexos processos de avaliação de idoneidade, até tendo em conta as relações, nos negócios, com parceiros internacionais.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Imperador japonês paga 25 milhões de dólares por ritual secreto para dormir com deusa

Este ritual de sucessão do Imperador Naruhito aconteceu na quinta-feira e envolve dormir com uma deusa do Sol. O templo é construído para o efeito e é destruído depois. O ritual japonês altamente secreto conhecido como …

Para entrar nesta praia italiana, vai ser preciso pagar (e nem todos podem entrar)

Aos pés de uma antiga aldeia de pescadores, La Pelosa é uma atração turística muito célebre. Por isso, a autarquia decidiu tomar medidas para a proteger. A famosa praia tem sido uma vítima da erosão natural …

Laurent Simons será o mais novo licenciado do mundo. Tem 9 anos

O belga Laurent Simons tem apenas 9 anos e estás prestes a bater um recorde: em dezembro, deverá tornar-se o mais novo licenciado do mundo. O "menino prodígio", tal como é apontado pelos média internacionais, ingressou …

Preços dos passes Navegante ficam iguais em 2020

Os preços dos passes Navegante vão manter-se iguais em 2020, no âmbito da estratégia de “promoção da utilização dos transportes públicos coletivos”, anunciou esta sexta-feira a Área Metropolitana de Lisboa (AML). “A Área Metropolitana de Lisboa …

Os burros-táxi de Espanha vão ter horários de trabalho, estábulos novos e deixar de carregar turistas de 80 quilos

Os burros táxis são uma atração turística de Mijas, província de Málaga, no sul de Espanha. Agora foram definidas novas regras que têm em conta os direitos e o bem-estar dos animais. O serviço funciona como …

Vai ser preciso "ser-se rico" para visitar a famosa Ilha de Komodo

Em breve, os turistas que queiram visitar a Ilha de Komodo, o famoso lar de mais de 5.000 dragões de Komodo, terão de ser ricos. O aviso é do Governo local indonésio, que chegou mesmo …

Sócrates saúda saída da prisão de Lula. "Sei que estás em festa, pá"

O antigo primeiro-ministro José Sócrates, acusado de corrupção, considerou que a saída da prisão de Lula da Silva representou uma "reentrada no mundo" do ex-chefe de Estado brasileiro, acontecimento em relação ao qual o PS, …

Ministra da Justiça visitou mãe que abandonou bebé no lixo

A mãe que abandonou o bebé no caixote do lixo em Lisboa está bem de saúde e a receber apoio psicológico, constatou a ministra da Justiça, que esta sexta-feira visitou a jovem na cadeia de …

Ex-embaixadora dos EUA na Ucrânia acusa Trump de intimidação

Marie Yovanovitch, antiga embaixadora dos Estados Unidos na Ucrânia, denunciou esta sexta-feira a existência de uma campanha para a descredibilizar levada a cabo por Donald Trump com ajuda de ucranianos, no inquérito para a destituição …

Subida do Salário Mínimo Nacional vai aumentar as propinas

A subida do Salário Mínimo Nacional para os 635 euros em 2020, vai ter influência em valores a pagar ou a receber, nomeadamente nas propinas mínimas do Ensino Superior público e nos tectos do Fundo …