Estrela V Sagittae vai explodir como uma “nova” muito brilhante no fim do século

James Josephides (Swinburne Astronomy Productions)

Atualmente, a ténue estrela V Sagittae, V Sge, situada na constelação de Flecha (ou Seta), é pouco visível, mesmo através de telescópios de tamanho médio. No entanto, por volta do ano 2083, esta estrela inocente explodirá, tornando-se tão brilhante quanto Sirius, a estrela mais brilhante do céu noturno.

Durante este período de erupção, V Sge será a estrela mais luminosa da Via Láctea. Esta previsão foi apresentada pela primeira vez na 235.ª reunião da Sociedade Astronómica Americana em Honolulu, Hawaii, pelos astrónomos Bradley E. Schaefer, Juhan Frank e Manos Chatzopoulos do Departamento de Física e Astronomia da Universidade Estatal do Louisiana, Estados Unidos.

“Temos agora uma forte previsão para o futuro de V Sge,” disse o professor Bradley E. Schaefer. “Ao longo das próximas décadas, a estrela aumentará de brilho. Por volta do ano 2083, o seu ritmo de acreção subirá catastroficamente, derramando massa a taxas incrivelmente altas sobre a anã branca. Nos últimos dias desta espiral da morte, toda a massa da estrela companheira cairá sobre a anã branca, criando um vento supermassivo da estrela em fusão, aparecendo tão brilhante quanto Sirius, possivelmente até tão brilhante quanto Vénus.”

V Sge é um sistema estelar pertencente a uma classe grande e diversificada chamada Variáveis Cataclísmicas (CVs, sigla inglesa para “Cataclysmic Variables”), que consiste de uma estrela comum numa órbita binária com uma anã branca, onde a massa da estrela normal está a cair lentamente. As CVs incluem vários tipos de estrelas binárias, geralmente com um comportamento espetacular.

V Sge é a mais extrema de todas as CVs, aproximadamente 100 vezes mais luminosa do que todas as outras CVs conhecidas, e está a alimentar um vento estelar massivo, igual aos ventos das estrelas mais massivas antes da sua morte. Estas duas propriedades extremas são provocadas pelo facto de que a estrela normal é 3,9 vezes mais massiva do que a anã branca. “Em todas as outras CVs conhecidas, a anã branca é mais massiva do que a estrela normal em órbita, de modo que V Sge é totalmente única,” disse Schaefer.

“Anteriormente, os astrónomos que estudavam V Sge perceberam que era um sistema invulgar com propriedades extremas,” disse Frank. “No entanto, ninguém havia percebido que a órbita binária estava a entrar em espiral muito rapidamente.”

Esta constatação veio de medições rotineiras do brilho de V Sge em fotos antigas do céu agora arquivadas no Observatório da Universidade de Harvard, fornecendo uma história detalhada que remonta ao ano de 1890.

Surpreendentemente, V Sge tem vindo a aumentar sistematicamente de brilho por um fator de 10x, 2,5 magnitudes, desde o início da década de 1890 até esta última década. Este comportamento sem precedentes foi confirmado com dados de arquivo recolhidos a partir da base de dados da AAVSO (American Association of Variable Star Observers), dados esses que mostram que o brilho de V Sge subiu quase por um fator de 10x, 2,4 magnitudes, desde 1907 até aos últimos anos.

“V Sge está a ganhar luminosidade exponencialmente com uma escala de tempo duplicada de 89 anos,” disse Frank. “Este brilho só pode resultar de um aumento exponencial de ritmo em termos de acreção de matéria da estrela companheira, em última análise porque a órbita binária está a espiralar rapidamente.”

“Em antecipação deste decaimento rápido da órbita, o destino de V Sge está selado,” afirmou Shaefer. “A física crítica e simples é derivada de V Sge, com a estrela companheira sendo muito mais massiva que a anã branca, de modo que força um aumento exponencial da taxa de transferência. Prevendo as próximas décadas, V Sge vai continuar a espiralar para dentro cada vez mais depressa e ficando cada vez mais brilhante.”

“Inevitavelmente, esta espiral atingirá o clímax, com a maioria do gás estelar na estrela normal caindo para a anã branca, tudo ao longo das últimas semanas e dias. Esta massa em queda libertará uma tremenda quantidade de energia potencial gravitacional, impulsionando um vento estelar nunca antes visto e aumentando a luminosidade do sistema para um pouco inferior à das supernovas aquando do seu pico.”

O pico do brilho deste evento explosivo durará mais de um mês, em que as duas estrelas se fundem numa só. O resultado final da fusão produzirá uma única estrela com um núcleo degenerado de anã branca, uma camada que queima hidrogénio, rodeada por um vasto invólucro de gás, principalmente hidrogénio.

“A partir desta nova informação de escala de tempo duplicada de 89 anos, torna-se possível o cálculo direto da evolução futura de V Sge, usando equações padrão que descrevem os muitos mecanismos físicos envolvidos,” disse Schaefer.

Os cálculos indicam que o evento de fusão irá ocorrer por volta do ano 2083. “A incerteza nesta data é ±16 anos, decorrente principalmente da falta de uma medição perfeita da escala de tempo duplicada devido às grandes oscilações intrínsecas de brilho no registo histórico,” disse Frank. “Portanto, a fusão terá lugar aproximadamente entre 2067 e 2099, provavelmente perto do ponto médio deste intervalo.”

“Assim sendo, V Sge aparecerá incrivelmente brilhante no céu noturno,” disse Schaefer. “Será substancialmente mais brilhante do que a nova mais brilhante de todos os tempos (magnitude -0,5), há pouco mais de um século, e a última vez que uma ‘estrela convidada’ apareceu mais brilhante foi a Supernova de Kepler em 1604.”

“Agora, as pessoas de todo o mundo podem saber que poderão ver uma maravilhosa estrela a brilhar tanto quanto as mais estrelas mais brilhantes do céu durante aproximadamente um mês, apontada pela Flecha logo por baixo da constelação de Cisne,” concluiu Schaefer.

CCVAlg // CCVAlg

PARTILHAR

RESPONDER

Em Málaga, pode comer-se o pão mais caro do mundo. É feito com ouro e prata

É na padaria espanhola Pan Piña que se confeciona aquele que é, de momento, o pão mais caro de todo o mundo. Este é vendido por uma quantia que pode chegar até aos 3.700 euros …

Novas evidências apontam eventual localização dos destroços do MH370. Jornalista sugere que foi abatido

O chefe da busca fracassada pelo voo MH370 da Malaysia Airlines está a pedir um novo inquérito com base em novas evidências que podem finalmente resolver o mistério do desaparecimento da aeronave há sete anos. De …

Cidade nos EUA testou o rendimento básico universal. "Os números foram incríveis"

Além de a percentagem de pessoas que tinham um emprego a tempo inteiro ter subido, os participantes da iniciativa também relataram sentir-se menos ansiosos. De acordo com o estudo publicado esta quarta-feira, citado pela agência …

Belenenses 0-3 Benfica | Vendaval suíço após o descanso

O Benfica venceu o dérbi com a Belenenses SAD, em jogo a contar para 22ª jornada da Liga NOS, por 3-0. Uma partida que teve uma primeira parte mal jogada e com muitas dificuldades para as …

Investigador apresenta nova geração de drones minúsculos e ágeis. São inspirados em mosquitos

Os mosquitos são insetos incrivelmente acrobáticos e resistentes durante o voo, o que os ajuda a navegar entre rajadas de vento, obstáculos e incertezas. Agora, uma equipa de investigadores construiu um sistema que se aproxima …

OMS considera que a pandemia podia ter sido evitada se alguns países não tivessem sido lentos a reagir

O diretor-geral da OMS afirmou esta segunda-feira que alguns países reagiram lentamente à declaração de emergência sanitária global em janeiro de 2020, desperdiçando-se uma "janela de oportunidade" para evitar a pandemia de covid-19. "A 30 de …

Louvre recupera armadura do século XVI roubada há quase 40 anos

O peitoral e o capacete elaboradamente decorados, que estavam desaparecidos desde 1983, datam do século XVI e voltaram finalmente ao museu do Louvre, em França. Quase quatro décadas depois, um peitoral e um capacete do século …

Queixas por cibercrime disparam. Fraude com MB Way foi o crime mais denunciado

O Ministério Público (MP) da Comarca de Lisboa registou 6676 denúncias por crimes informáticos em 2020, um aumento de 15% (mais 998) face a 2019. MB Way é um dos sistemas onde estão associadas mais …

Centro Hospitalar Lisboa Norte vai alargar uso de medicamento para fibrose quística a mais cinco doentes

O diretor clínico do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte (CHULN), Luís Pinheiro, disse hoje que a instituição já usa há cerca de um mês um novo medicamento para a fibrose quística, que poderá chegar em …

No Porto, haverá transporte para vacinação disponível para todos a partir de terça-feira

Todos os munícipes do Porto que forem convocados no âmbito do plano de vacinação contra a covid-19 vão poder usufruir de um programa de transporte em colaboração com as centrais de táxis, anunciou hoje a …