Astrónomos descobrem estrela morta que não deveria existir

Na constelação Cassiopeia há uma estrela morta que não deveria existir. A estrela de neutrões, que acumula material de um companheiro binário muito maior, está a expelir jatos relativísticos.

A cerca de 24 mil anos-luz, na constelação de Cassiopeia, mora uma estrela de neutrões que não deveria existir, pelo menos tendo em conta o modelo atual. Esta estrela morta, que acumula material de um companheiro binário muito maior, está a expelir jatos relativísticos.

Esta estrela tem um campo magnético muito forte – característica muito incomum, dado que, até hoje, os jatos relativísticos só foram observados em estrelas de neutrões com campos magnéticos mil vezes mais fracos.

Uma estrela de neutrões é o ponto final de uma estrela massiva que, um dia, foi uma supernova. A maior parte do material da estrela explode no espaço, enquanto o núcleo colapsa em si mesmo, tornando-se num objeto superdenso com tamanha gravidade. Se a massa for abaixo de três vezes a massa do Sol, torna-se uma estrela de neutrões com cerca de 10 a 20 quilómetros de diâmetro; caso contrário, torna-se um buraco negro.

Este colapso do núcleo tem um efeito no campo magnético da estrela de neutrões, isto é, faz com que o campo magnético da estrela aumente muito a sua força, tornando-se biliões de vezes maior do que o Sol; mas depois, gradualmente, enfraquece novamente durante centenas de milhares de anos, explicou o astrónomo James Miller-Jones, da Curtin University e do Centro Internacional de Investigação em Radioastronomia (ICRAR).

A estrela em causa é parte de um sistema binário chamado Swift J0243.6 + 6124, descoberto em outubro de 2017 pelo Swift Observatory. Os jatos não são novidade, até porque são fluxos de radiação e partículas muito conhecidos no Universo. No entanto, realça o cientista, “o forte campo magnético da estrela de neutrões é uma exceção”.

“O espectro de rádio do Swift J0243 é o mesmo de jatos de outras fontes e evolui da mesma maneira”, disse Van den Eijnden. “Pela primeira vez, observamos um jato de uma estrela de neutrões com um forte campo magnético.” As conclusões foram publicadas recentemente na revista Nature.

Aliás, não é um campo magnético forte qualquer: o campo magnético ao redor Swift J0243.6 + 6124 da estrela de neutrões é de 10 biliões de vezes mais forte do que o do Sol. Esta característica desmente a teoria do campo magnético sobre a supressão de jatos e apela a uma nova investigação em torno de como são produzidos e lançados os jatos.

Até agora, pensava-se que os jatos das estrelas de neutrões eram canalizados a partir do campo magnético na parte interna do disco de acreção. Mas se o campo magnético for muito forte, poderia impedir o disco de ficar perto o suficiente para serem desencadeados. Exceto se esta nova descoberta colocar tudo o que sabíamos até hoje no lixo.

“Não sabemos qual a explicação. Mas, independentemente disso, a nossa descoberta é um grande exemplo de como a ciência funciona, com teorias a serem desenvolvidas e constantemente revistas à luz de novos resultados experimentais”, conclui Van den Eijnden.

PARTILHAR

RESPONDER

Insight da NASA prepara-se para medir a temperatura interior de Marte

O "lander" InSight da agência espacial norte-americana colocou o seu segundo instrumento na superfície de Marte. Novas imagens confirmam que o HP3 (Heat Flow and Physical Properties Package) foi implantado com sucesso no dia 12 …

China proíbe estrangeiros de visitarem o Tibete em março

A China está a proibir o acesso de estrangeiros ao Tibete, durante o mês de março, quando se celebra um par de aniversários sensíveis que questionam a legitimidade da soberania chinesa naquela região dos Himalaias. Segundo …

Editor de jornal do Alabama apela a Ku Klux Klan para enforcar democratas

“É tempo de o KKK voltar a atacar à noite”. É desta forma que começa um editorial escrito pelo diretor do The Democrat-Reporter, jornal do Alabama, e que está a provocar polémica nos Estados Unidos. No …

Bastonária dos Enfermeiros solidária com líder sindical em greve de fome

A bastonária dos enfermeiros foi manifestar solidariedade para com o presidente do Sindicato Democrático dos Enfermeiros, que entrou em greve de fome, e alertou para o risco de radicalização da luta dos enfermeiros. Ana Rita Cavaco …

PS, Bloco, PCP e PAN chumbam moção de censura do CDS-PP

A moção de censura do CDS-PP ao Governo foi hoje "chumbada" pelas bancadas do PS, BE, PCP, Verdes e PAN, contando com votos favoráveis dos democratas-cristãos e do PSD. Também o deputado não inscrito Paulo Trigo …

Câmara de Lisboa tem 18 casas para acolher vítimas de violência doméstica

A vereadora da Habitação na Câmara de Lisboa, Paula Marques, revelou que existem 18 habitações municipais para vítimas de violência de género, sendo ainda critério de discriminação positiva na atribuição de habitação municipal. "Há 18 casas …

Soldados russos proibidos de usar smartphones e redes sociais

Os soldados russos a cumprirem missões fora do país deixarão de poder levar consigo smartphones, tablets ou portáteis, proibição a que se junta a interdição de partilharem na Internet fotografias ou informação sobre a sua …

Justiça ordena compensação a habitantes de Fukushima

A justiça japonesa ordenou o pagamento de uma indemnização equivalente a 3,4 milhões de euros a residentes forçados a abandonar as suas casas no nordeste do Japão após o acidente nuclear de Fukushima, em 2011. O …

Londres vai tirar cidadania a britânica que integrou Estado Islâmico

Um advogado da família de Shamima Begum, a britânica que deixou Londres há quatro anos para se juntar ao grupo jihadista autoproclamado Estado Islâmico, revelou que o governo do Reino Unido pretende revogar o passaporte. O …

Pedidos para pagar dívidas fiscais a prestações passam a ser feitos apenas online

O Governo quer que os pedidos de pagamento de dívidas a prestações passem a ser submetidos apenas por via eletrónica, segundo prevê uma proposta de alteração a vários diplomas fiscais que vai ainda ser discutida …