Estrela jovem “apanhada” num raro surto de crescimento

Caltech/T. Pyle (IPAC)

Esta ilustração mostra uma estrela jovem a atravessar um determinado tipo de crescimento estelar

Investigadores descobriram uma estrela jovem no meio de um raro surto de crescimento – uma fase dramática da evolução estelar em que a matéria que gira em torno de uma estrela cai sobre ela, aumentando a sua massa.

A estrela pertence a uma classe ativa e irregular conhecida como FU Ori, em homenagem ao membro original do grupo, FU Orionis (as letras maiúsculas representam um esquema de nomenclatura para estrelas variáveis e Orionis refere-se à sua localização na constelação de Orionte).

Normalmente, estas estrelas, com poucos milhões de anos, escondem-se por trás de espessas nuvens de poeira e são difíceis de observar. Este novo objeto é apenas o 25.º membro dessa classe encontrado até à data e um dos cerca de uma dúzia capturados durante um episódio explosivo.

“Estes eventos FU Ori são extremamente importantes na nossa atual compreensão do processo de formação estelar, mas permaneceram quase míticos porque têm sido muito difíceis de observar,” afirma Lynne Hillenbrand, professora de astronomia no Caltech e autora principal de um novo artigo científico sobre os achados, publicado na revista The Astrophysical Journal. “Esta é, na realidade, a primeira vez que vimos um destes eventos no visível e no infravermelho, e estes dados permitiram-nos mapear o movimento do material através do disco até à estrela.”

A estrela recém-descoberta, chamada Gaia 17bpi, foi avistada pela primeira vez pelo satélite Gaia da ESA, que estuda o céu continuamente, fazendo medições precisas das estrelas no visível. Quando o Gaia observa uma mudança no brilho de uma estrela, é enviado um alerta para a comunidade astronómica.

Um estudante da Universidade de Exeter e coautor do estudo, Sam Morrell, foi o primeiro a perceber que a estrela tinha ficado mais brilhante. Outros membros da equipa, de seguida, acompanharam e descobriram que o aumento de brilho da estrela havia sido capturado, por acaso, no infravermelho pelo satélite caçador de asteroides da NASA, NEOWISE, ao mesmo tempo que o Gaia o via, bem como ano e meio antes.

“Apesar da missão principal do NEOWISE seja detetar objetos próximos do Sistema Solar, também fotografa todas as estrelas e galáxias de fundo à medida que varre o céu a cada seis meses,” comenta o coautor Roc Cutri, cientista chefe do Centro de Dados do NEOWISE no IPAC (Infrared Processing and Analysis Center), um centro de astronomia e “data center” no Caltech. “O NEOWISE tem vindo a fazer o seu trabalho, desta forma, há cinco anos, por isso é muito eficaz a detetar mudanças no brilho dos objetos.”

O Telescópio Espacial Spitzer, um observatório infravermelho da NASA, também testemunhou o início da fase de aumento de brilho da estrela, duas vezes em 2014, dando aos cientistas um tesouro de dados infravermelhos.

Os novos achados esclarecem alguns dos antigos mistérios que rodeiam a evolução das estrelas jovens. Uma questão não respondida é: como é que uma estrela obtém toda a sua massa? As estrelas formam-se a partir de bolas de gás e poeira em colapso. Com o tempo, forma-se um disco de material em torno da estrela e esta continua a extrair material deste disco. Mas, de acordo com observações anteriores, as estrelas não puxam material para si mesmas com rapidez suficiente para alcançar as suas massas finais.

Os teóricos pensam que os eventos FU Ori – em que a massa é despejada do disco para a estrela durante um período total de aproximadamente 100 anos – podem ajudar a esclarecer o enigma. Os cientistas acham que todas as estrelas sofrem entre 10 a 20 destes eventos FU Ori ao longo das suas vidas, mas como essa fase estelar está frequentemente escondida por trás da poeira, os dados são limitados.

“Alguém esboçou este cenário na parte de trás de um envelope na década de 1980, ainda não fizemos muito mais para determinar a frequência dos eventos,” acrescenta.

O novo estudo mostra, com o maior detalhe até agora, como o material se move da secção intermédia de um disco, numa região localizada a mais ou menos 1 UA da estrela, para a estrela propriamente dita (1 UA, Unidade Astronómica, é a distância entre a Terra e o Sol). O NEOWISE e o Spitzer foram os primeiros a captar sinais da acumulação de material no meio do disco. À medida que o material encetou a acumular-se no disco, aqueceu, emitindo luz infravermelha. De seguida, quando o material começou a cair para a estrela, aqueceu ainda mais, emitindo luz visível, que foi o que o Gaia detetou.

“O material no meio do disco aumenta de densidade e torna-se instável,” explica Hillenbrand. “É então drenado para a estrela, manifestando-se como uma explosão.”

Na imagem observa-se no painel da esquerda o material do disco rico em gás e poeira (laranja), mais gás quente (azul), fluem levemente para a estrela, criando uma zona quente. Já no painel do meio, começa a explosão – o disco interno é aquecido, a estrela atrai ainda mais material e o disco aproxima-se. Por fim, no da direita vê-se a explosão atinge o nível máximo, o disco mais interno fundindo-se com a estrela e expelindo gás.

Os astrónomos usaram o Observatório W. M. Keck e o Observatório Palomar de Caltech para ajudar a confirmar a natureza FU Ori da estrela recém-descoberta. Hillenbrand conclui: “Podemos pensar no Gaia como o descobridor da cena inicial do crime, enquanto o Keck e o Palomar apontaram-nos para as provas conclusivas.”

// CCVAlg

PARTILHAR

RESPONDER

Refrigerantes light causam o mesmo risco de doenças cardíacas que bebidas normais

Um novo estudo da Universidade Sorbonne, em Paris, descobriu que bebidas adoçadas artificialmente - como as light, diet e zero - podem ser tão prejudiciais para o coração quanto os refrigerantes normais. Os investigadores, que acompanharam …

“Monstro patológico”. Documento revela que Henrique VIII planeou decapitação de Ana Bolena

Uma equipa de investigadores encontrou um livro que contém instruções específicas do rei Henrique VIII que mostram que o monarca queria que a sua segunda esposa, Ana Bolena, fosse executada. Neste documento, o rei Henrique VIII …

Robô humanóide sem cabeça empilha e carrega caixas (e já está à venda)

A fabricante de robôs Agility construiu um robô humanóide bípede chamado Digit, que consegue carregar caixas e que está a ser vendido por 250 mil dólares. De acordo com o TechXplore, o robô Digit foi projetado …

Porto 2-0 Olympiacos | Chama do “dragão” trava gregos

O FC Porto venceu na noite desta terça-feira o Olympiacos por 2-0, numa partida relativa à segunda jornada do Grupo C da Liga dos Campeões, sob o olhar dos cerca de 3750 adeptos que se …

Antigos maias construíram filtros de água sofisticados (capazes de funcionar nos dias de hoje)

De acordo com uma pesquisa da Universidade de Cincinnati (UC), os antigos maias da cidade de Tikal construíram sofisticados filtros de água através do uso de materiais naturais importados. Os investigadores da UC descobriram evidências de …

Como é que as pandemias acabam? A História sugere que as doenças vêm para ficar (durante milénios)

Uma combinação de esforços de saúde pública para conter e mitigar a pandemia veio ajudar a controlá-la. No entanto, epidemiologistas acreditam que as doenças infeciosas, como é o caso da covid-19, nunca desaparecem.  Ao longo dos …

ONG identifica entidades norte-americanas como "cúmplices" da destruição da Amazónia

Seis instituições financeiras norte-americanas são apontadas como "cúmplices" da destruição ambiental na Amazónia brasileira, assim como da violação dos direitos das comunidades indígenas da região, segundo um relatório de organizações não-governamentais (ONG). Um estudo elaborado pela …

OE2021. Uma morte anunciada da geringonça e o temor das coligações negativas

Já há confirmação de que a proposta do Orçamento do Estado para 2021 vai ser aprovada na generalidade, esta quarta-feira. O primeiro-ministro já só pensa na discussão na especialidade, na qual se avizinham os maiores …

Mulheres foram despidas em aeroporto do Catar para ver se tinham dado à luz recentemente

Várias passageiras australianas foram submetidas a um exame ginecológico após ter sido descoberto um bebé recém-nascido abandonada na casa de banho do Aeroporto Internacional de Hamad, em Doha, no Catar. O voo da Qatar Airways deveria …

Memória ou glorificação? Discurso escrito à mão por Hitler vendido na Alemanha por 34.000 euros

Um discurso que o ditador Adolf Hitler escreveu em 1939 foi vendido em leilão, na semana passada, na Alemanha, por 34.000 euros, noticia a agência noticiosa AP. De acordo com a revista norte-americana Vice, que cita …