Estrela Gliese 710 vai passar “tangente” ao sistema solar

ESO

Conceito artístico da estrela Gliese 710

Conceito artístico da estrela Gliese 710

O nosso Universo é um espaço astronomicamente vasto, mas de vez em quando temos alguns encontros imediatos que podem ser problemáticos para as pequenas criaturas que habitam a superfície dos seus planetas.

Segundo um novo estudo, publicado no jornal Astronomy and Physics, isso é o que poderá acontecer quando a estrela Gliese 710 passar extremamente perto do nosso sistema solar… daqui por um milhão de anos.

A Gliese 710 está neste momento a cerca de 64 anos luz de distância, mas a sua trajectória faz com que esteja a viajar em nossa direcção a alta velocidade.

Segundo novos cálculos dos astrónomos, utilizando dados mais precisos do observatório espacial Gaia da ESA, a estrela poderá passar a apenas 77 dias luz do nosso sistema solar.

Esta é uma distância bastante mais pequena do que se estimava antes – e ainda assim, com uma margem de erro bastante significativa, que admite que a estrela possa mesmo passar a apenas 40 dias luz de distância.

Tanto num caso como no outro, é uma trajectória que faz com que a Gliese 710 atravesse a nuvem de Oort, que rodeia o nosso sistema solar, e onde existem milhares de milhões de detritos cósmicos, com efeitos que não serão pacíficos.

JPL-Caltech / NASA

A nuvem de Oort, o Sistema Solar, e distâncias relativas de corpos e formações celestes

A nuvem de Oort, o Sistema Solar, e distâncias relativas de corpos e formações celestes

A estrela poderá atrair cerca de 100 milhões destes objectos, e fazer com que a órbita de muitos mais seja perturbada e os mesmos sejam enviados para o interior do sistema solar.

Tal poderá aumentar significativamente o número de cometas, meteoros e outros corpos celestes, e a probabilidade de que ocorram colisões com a Terra.

Aliás, alguns cientistas acreditam que terá sido um evento idêntico há 65 milhões de anos que terá estado na origem da colisão com o meteoro que levou à extinção dos dinossauros.

Felizmente, há quem diga que daqui por um milhão de anos o Homem nem sequer por cá estará… mas o tempo voa, e um milhão de anos não é assim tanto tempo – astronomicamente falando, claro.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. “Felizmente” porquê?

    Pois eu diria que os descendentes dos actuais humanos que ainda andarem por cá neste cantinho da Via Láctea quando virem a Gliese 710 a meia dúzia de anos luz de distância e sendo esta estrela uma anã vermelha simplesmente pensarão algo como:

    “Vem mesmo a jeito para criarmos mais um mini-sistema solar. Desta vez colocamos a estrela numa órbita estacionária a 100 dias luz do Sol, deslocamos a Lua Europa da órbita de Júpiter para a órbita da estrela e quando o gelo de Europa derreter poderemos criar fantásticas cidades flutuantes que estarão eternamente sob um brilho idêntico ao do pôr-do-Sol na Terra.
    Será o planeta ideal não apenas para passar umas belas férias aquáticas mas também para os casais em lua de mel fazerem promessas de fidelidade sob a sua luz reconfortante”

RESPONDER

Covid-19. Autocarros com ucranianos retirados da China recebidos à pedrada

Dezenas de manifestantes envolveram-se em confrontos com a polícia, esta quinta-feira, numa localidade no centro da Ucrânia, onde 70 pessoas vão ficar sob quarentena depois de terem regressado da China. Com receio da propagação do Covid-19, …

Músicos estrangeiros precisarão de visto e de poupanças para tocar no Reino Unido

A partir de 2021, os músicos estrangeiros que pretendam atuar no Reino Unido precisarão de visto. Três meses antes de submeterem o pedido, terão também de provar que têm 1000 libras (1180 euros) em poupanças, …

Tribunal Supremo Eleitoral recusa candidatura de Evo Morales ao Senado

O ex-Presidente da Bolívia considerou "um golpe contra a democracia" a decisão do Tribunal Supremo Eleitoral (TSE) de recusar a sua candidatura a senador nas eleições de maio. "A decisão do Tribunal Supremo Eleitoral é um …

Juízes exigem sindicância urgente ao sorteio na Relação de Lisboa

A Associação Sindical dos Juízes (ASJP) exigiu, esta sexta-feira, ao Conselho Superior da Magistratura (CSM) uma "sindicância urgente" aos procedimentos de distribuição de processos no Tribunal da Relação de Lisboa. A posição da Associação Sindical dos Juízes …

Deputado do PSD que avançou com proposta de referendo à eutanásia acabou a assumir alcoolismo

Pedro Rodrigues, deputado social-democrata e antigo líder da JSD, assumiu publicamente, através do Facebook, ter um problema de alcoolismo. Num texto publicado no Facebook, o social-democrata explica que faz esta revelação por estar a ser vítima …

Morreu doente que parou o Parlamento para pedir tratamento para a hepatite C

José Carlos Saldanha ficou conhecido, há cinco anos, por interromper o ministro da Saúde numa sessão do Parlamento para pedir tratamento para a hepatite C. A informação foi confirmada à agência Lusa por fonte oficial do …

Com dívidas ao Fisco, cavaleiro João Moura "sem dinheiro" para alimentar cães. Arrisca 2 anos de prisão

O cavaleiro João Moura está acusado do crime de maus-tratos e abandono de animais depois de lhe terem sido retirados 18 cães galgos, em aparente estado de subnutrição. Um dos animais acabou por morrer, pelo …

Desmantelada fábrica ilegal de tabaco. Funcionava num bunker

Uma operação levada a cabo pela Guardia Civil esta terça-feira desmantelou uma fábrica ilegal de tabaco, em Espanha, e deteve a organização clandestina que a geria: vinte pessoas foram detidas, de nacionalidades britânica, lituana e …

China diz que surto está "sob controlo" após 14 províncias não reportarem novos casos

O surto do coronavírus Covid-19 está "sob controlo", depois de a atualização diária mostrar que 14 das 34 províncias e regiões autónomas do país não detetaram novos casos, anunciaram esta sexta-feira as autoridades chinesas. O vice-diretor …

Após 2 anos preso, Pedro Dias assume três homicídios e diz-se arrependido

Pedro Dias, conhecido pelos homicídios de Aguiar da Beira, manifesta-se arrependido pelos crimes por que foi condenado a 25 anos de prisão, após cumprir dois anos da pena. Um arrependimento que é também um assumir …