Estratégia para abrandar envelhecimento pode estar escondida nos golfinhos

Uma equipa de investigadores está a estudar o envelhecimento em golfinhos da marinha norte-americana para tentar aprender estratégias para aplicar em humanos.

Como os golfinhos envelhecem de maneira semelhante aos humanos, uma equipa de investigadores está a estudar os golfinhos da marinha norte-americana para encontrar novas estratégias para abrandar o envelhecimento. Os resultados da investigação foram publicados esta semana na revista científica Proceedings of the National Academy of Sciences.

“Embora há muito se acredite que algumas pessoas envelhecem mais rápido do que outras, é difícil provar que as pessoas realmente envelhecem a ritmos diferentes”, disse a autora principal do estudo, Stephanie Venn-Watson ao Inverse.

Foram recolhidas amostras ao longo de 25 anos para identificar marcadores que são relevantes para a saúde humana. Os autores do estudo concluíram que, nos golfinhos, há quatro características principais que demonstram como é que o envelhecimento se espelha no sangue: hemoglobina, linfócitos, plaquetas e fosfatase alcalina.

“Com base nestes índices, fomos capazes de confirmar a presença de golfinhos de envelhecimento lento e acelerado”, constatou Venn-Watson.

Por exemplo, a hemoglobina e os linfócitos diminuem com a idade. Juntos, isso coloca os golfinhos mais velhos (e as pessoas) em maior risco de anemia e infeções graves. Os golfinhos que envelhecem mais rapidamente correm um risco ainda maior.

O processo de envelhecimento é influenciado por fatores ambientais e de estilo de vida, tanto em golfinhos como em humanos. Medicação crónica e status socioeconómico são dois outros fatores relevantes no envelhecimento humano.

“É importante realçar que poderíamos diferenciar claramente os golfinhos de envelhecimento lento e acelerado, apesar do facto de que todos os golfinhos na população compartilhavam a mesma dieta, cuidados de saúde e ambiente oceânico”, disse Venn-Watson.

A descoberta “sustenta que os principais fatores não-ambientais da taxa de envelhecimento podem ser identificados e, portanto, podem ser direcionados para retardar o próprio envelhecimento”, explicou ainda a investigadora.

Os golfinhos são um modelo particularmente útil para estudar o envelhecimento humano porque podem ser afetados por condições relacionadas com o envelhecimento, como colesterol alto, inflamação crónica e até mesmo doença de Alzheimer.

“Estas semelhanças sustentam que golfinhos e humanos compartilham mecanismos semelhantes relacionados com o envelhecimento”, acrescentou Venn-Watson.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Bayern Munique vence Sevilha e conquista a Supertaça Europeia

O Bayern Munique conquistou, esta quinta-feira, a Supertaça Europeia, ao derrotar o Sevilha por 2-1, em Budapeste, na Hungria. Os alemães do Bayern Munique conquistaram a Supertaça Europeia pela segunda vez ao derrotarem os espanhóis do …

Sporting 1-0 Aberdeen | "Leão" eficaz segue para o play-off

O Sporting foi eficaz e assegurou uma vaga no “play-off” de acesso à fase de grupos da Liga Europa. Na noite desta quinta-feira, num embate relativo à 3ª pré-eliminatória da competição, os “leões” bateram o Aberdeen …

A NASA descobriu uma nova forma de aterrar em segurança na Lua

A NASA construiu um sistema totalmente novo que pode tornar a aterragem na Lua e em Marte muito menos arriscada - e já tem planos de testá-lo numa missão futura. De acordo com o TechCrunch, o …

Rio Ave elimina Besiktas e está no play-off da Liga Europa

O Rio Ave venceu os turcos do Besiktas, esta quinta-feira, no desempate por grandes penalidades (4-2), após o 1-1 no tempo regulamentar, em jogo da terceira pré-eliminatória da Liga Europa, seguindo em frente na competição. Em …

Dois dinossauros morreram como as vítimas de Pompeia. Foi há 125 milhões de anos, na China

Um grupo de arqueólogos na China acabou de descobrir dois fósseis de uma nova espécie de dinossauro, que estiveram presos no subsolo por 125 milhões de anos devido a uma erupção vulcânica pré-histórica. Os investigadores …

Batalhas de feiticeiros e círculos de demónios. Revelados textos cristãos que não foram incluídos na Bíblia

Os textos da Bíblia como a conhecemos hoje foram "canonizados" pela primeira vez pela Igreja no final do século IV. No entanto, antes disso, centenas de outros textos religiosos circularam por toda a Cristandade. Há mais …

Autoeuropa confirma que não irá renovar contrato a 120 trabalhadores

A administração da fábrica de automóveis Volkswagen Autoeuropa, em Palmela, confirmou, esta quinta-feira, que não vai renovar os contratos a termo de 120 trabalhadores ligados à produção dos veículos MPV (Multi-Purpose Vehicle). "A Autoeuropa reafirmou a …

Glaciar na Islândia "escondia" bombardeiro norte-americano da 2ª Guerra Mundial

Os destroços de um bombardeiro norte-americano B-17 Flying Fortress que colidiu com o glaciar Eyjafjallajökull durante a II Guerra Mundial estão gradualmente a aparecer à medida que a geleira recua devido às alterações climáticas. De acordo …

40 anos depois, assassino de John Lennon pede desculpa pelo crime "desprezível"

Mark David Chapman, o homem que assassinou John Lennon, diz que matou o ex-Beatle por "raiva e ciúmes" e pediu desculpa a Yoko Ono, 40 anos depois. Em 1980, Chapman atingiu John Lennon com quatro tiros …

Reportado o primeiro caso de parkinsonismo após infeção de covid-19

Um homem de 45 anos de Israel revelou sintomas da doença de Parkinson (parkinsonismo) logo depois de ter sido infetado com a covid-19. Tal como frisa o portal IFL Science, os vírus foram já muitas …