Cientistas detetam estranhos movimentos de gás na Via Láctea (em redor de algo “invisível”)

(dr) Durham University

Os astrónomos detetaram movimentos de nuvens de gás incomuns perto do centro da Via Láctea, que podem sugerir a presença de um desconhecido buraco negro de classe intermediária.

Os investigadores que rastrearam os gases no centro da Via Láctea concluíram que as nuvens estão a orbitar um objeto 10 mil vezes a massa do Sol – e, no entanto, quando olham para onde esse objeto deveria estar, nada lá está. A explicação mais óbvia é um buraco negro inativo, que não está se a alimentar ativamente e, portanto, não está a emitir radiação detetável.

De acordo com os cientistas, este é o quinto candidato no centro galáctico, acumulando evidências de que existem não só buracos negros de massa intermediária, como também são abundantes no coração da Via Láctea.

Buracos negros de massa intermediária são exatamente o que parecem. Sabemos que existem buracos negros de massa estelar até 100 vezes a massa do Sol. O maior buraco negro detetado tem 62 vezes a massa do Sol, criadas pela fusão de dois buracos negros no evento de ondas gravitacionais GW150914. Existem também buracos negros supermassivos, como aqueles que alimentam galáxias. Começam em cerca de 100 mil massas solares, mas podem se tornar incompreensivelmente massivos.

A classe entre eles – entre mil e 100 mil massas solares – é chamada de buraco negro de massa intermediária. Porém, ainda não se sabe se existem verdadeiramente. Como os buracos negros não emitem nenhuma radiação detetável, em vez de procurá-los, os cientistas procuram os efeitos que os buracos negros teriam sobre outros objetos no espaço próximo.

A astrofísica Shunya Takekawa, do Observatório Astronómico Nacional do Japão, e os seus colegas estudam o movimento das nuvens de gás de alta velocidade no centro da Via Láctea para ajudar a responder a essas perguntas.

Em busca desses objetos, os cientistas já usaram anteriormente o método de rastreamento de gás para determinar o horizonte de eventos – região esférica do espaço ao redor do buraco negro, onde a luz não passa. Agora, aplicaram este método à nuvem de gás de alta velocidade.

A nuvem HCN-0.085-0.094 consiste em três pequenos coágulos, um dos quais gira ao redor do centro, mas não aumenta de tamanho. “Um dos três aglomerados tem uma estrutura semelhante a um anel com um gradiente de velocidade muito acentuado. Esta estrutura cinemática assume uma órbita em torno de um objeto em forma de anel com uma massa de 100 mil massas solares. A ausência de homólogos estelares indica que o objeto parecido com um ponto pode ser um buraco negro quiescente”, escreveram.

Os resultados do estudo mostram que os fluxos de gás vortex na parte central da Via Láctea podem ser usados para procurar candidatos a buracos negros de massa intermédia. Os autores acreditam que se forem desenvolvidos métodos para deteção confiável de buracos negros de massa intermediária, eles estarão no “coração” da nossa galáxia, à espera de serem encontrados.

Os resultados da investigação foram publicados este mês na revista científica Astrophysical Journal e estão disponíveis no portal arXiv.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Arqueólogos revelam condições horríveis de campo de concentração nazi no Reino Unido

Uma equipa de arqueólogos revelou as condições horríveis de um campo de concentração nazi em Alderney, a ilha britânica mais setentrional do Canal da Mancha, onde estavam prisioneiros políticos e trabalhadores forçados durante a Segunda …

Governo quer reabrir ensino secundário a 4 de maio. Telescola deve arrancar depois da Páscoa

O Governo está a preparar a reabertura das escolas apenas para o ensino secundário para 4 de maio. Ainda falta ouvir a Direção-geral da Saúde, os especialistas, o Conselho Nacional de Educação e o Conselho …

“Não há razão para alarme”. Governo quer perdoar penas até dois anos e antecipar liberdade condicional

A proposta de lei do Governo que estabelece um regime excecional para as prisões, no âmbito da pandemia covid-19, já deu entrada na Assembleia da República, podendo ser consultada na página oficial do Parlamento. No diploma, …

O nosso cérebro evoluiu para acumular mantimentos (e julgar os outros por fazer o mesmo)

O nosso cérebro evoluiu de uma forma que, em situações de stress, acumulamos mantimentos e julgamos os outros por fazer exatamente o mesmo. Os media estão repletos de histórias – e a condenação – de pessoas que …

Autarca de Vieira do Minho denuncia: testes estão a ser desviados para Lisboa

O Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Gerês/Cabreira, Vieira do Minho, detetou 77 infetados pelo novo coronavírus, com os autarcas da área a reclamarem contra a demora na distribuição de testes, disse esta sexta-feira à …

Trump recomenda uso de máscaras (mas recusa-se a usá-las)

Esta sexta-feira, os Estados Unidos tiveram, pelo quarto dia consecutivo, o maior número de mortes em 24 horas, num total de 1.094, e contam com quase 30 mil novos casos. No seu briefing diário, de acordo …

A Antártida já foi uma floresta tropical

A Antártida pode ter sido o lar de ecossistemas quentes e pantanosos cercados por fetos e árvores coníferas há 90 milhões de anos, altura marcada pelo auge dos dinossauros. Uma análise do solo antigo extraído da …

Algumas estrelas têm "veneno" dentro de si (e é por isso que explodem)

Algumas estrelas têm um "veneno" dentro de si: o elemento néon no núcleo das estrelas pode desencadear uma reação química que leva a uma morte definitiva e explosiva. Estrelas menos massivas, como o nosso Sol, expandem-se …

Criada tecnologia que traduz pensamentos diretamente em texto

Uma equipa de investigadores diz ter criado um sistema capaz de traduzir sinais cerebrais diretamente em texto escrito. Este é um passo promissor para que no futuro seja possível escrever num computador apenas com o …

Desaparecimentos, mistérios e lendas. O Triângulo do Alasca pode ser mais perigoso do que o das Bermudas

Milhares de pessoas desaparecem todos os anos no estado norte-americano do Alasca, fazendo lembrar as histórias do Triângulo das Bermudas, onde aviões e navios desapareceram sem deixar rastro. De acordo com a revista The Atlantic, três …