Está explicado porque conseguimos ouvir este GIF sem som

(dr) @IamHappyToast

Lisa DeBruine partilhou a imagem e a maioria das pessoas respondeu: conseguem ouvir um barulho mesmo sabendo que o GIF não tem som. Qual é o seu caso?

Recorda-se do vestido preto e azul que algumas pessoas garantiam ser branco e dourado? Pois bem, o mais recente dilema virtual trata-se agora deste GIF sem som e o porquê de algumas pessoas conseguirem ouvir um barulho quando a estrutura toca no chão e a imagem vibra. Experimente e tire as suas conclusões:

A imagem animada foi criada em 2008 pela @IamHappyToast para um desafio de Photoshop e circula online desde então, criando debate sobre o porquê de alguns terem a sensação de ser “uma ilusão de ótica para os ouvidos”.

As dúvidas surgiram novamente, no fim-de-semana passado, quando Lisa DeBruine, do Instituto de Neurociência e Psicologia da Universidade de Glasgow, na Escócia, publicou o GIF no Twitter, pedindo aos seus seguidores para descrever o que sentiam quando o viam.

DeBruine recebeu mais de 245 mil respostas, com 70% das pessoas a dizer que ouviam uma espécie de “batida” a acompanhar a animação.

Em declarações à BBC, a especialista conta não saber o porquê de “algumas pessoas ouvirem claramente o barulho, outras apenas o sentirem e outras não sentirem nada. Algumas pessoas surdas e com dificuldades de audição relataram as três perceções, assim como as pessoas com afantasia”, a incapacidade de visualizar imagens na mente.

“Pensei que alguns dos cientistas que sigo me pudessem ajudar a encontrar a resposta mas parece que há várias explicações plausíveis e não há um consenso”, acrescenta.

Uma dessas explicações pertence a Chris Fassnidge, candidato ao doutoramento em Psicologia da City University, em Londres, que sugere aquilo a que chama “ouvido visual”.

“Suspeito que este fenómeno esteja relacionado com aquilo a que chamamos de Visually-Evoked Auditory Response [algo como “Resposta auditiva evocada visualmente” em tradução para português] ou simplesmente vEAR”, explica.

“Esta é capacidade de algumas pessoas para ouvir objetos em movimento, mesmo que estes não façam um som, o que pode ser uma forma subtil de sinestesia – o desencadeamento de um sentido por outro”.

Ao site alphr, Trevor Cox, professor de Engenharia Acústica, também afirma que não se admira nada que este suposto barulho esteja relacionado com a sinestesia.

“Temos tendência para pensar que os nossos sentidos estão separados mas o nosso cérebro recolhe respostas de todos para identificar o que se está a passar. Por isso, acredito que se trate disso mesmo em vez de um efeito físico como o reflexo acústico”.

Para perceber melhor o que é isto da sinestesia, o mesmo site contactou também a professora Julia Simner, investigadora na Universidade de Sussex. “É uma característica que afeta uma pequena percentagem da população e que origina experiências percetivas incomuns”.

“Eu não tenho sinestesia, por isso não ouço nada, mas este parece ser um gatilho particularmente interessante porque tem todos os elementos necessários: algo a repetir-se e que, de facto, criaria um barulho na vida real”.

E agora, qual será o próximo dilema da Internet?

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Embora não “ouça” realmente, tenho a vaga sensação de ouvir uma batida de frequência grave (coerente com a vibração de objectos de grandes dimensões). Se tivesse que avançar uma explicação, talvez fosse que como o ouvido humano é pouco sensível nessa gama de frequências, o cérebro usa pistas adicionais para as ouvir.
    Na verdade, tudo o que vemos, ouvimos e sentimos corresponde a modelos mentais que o cérebro constrói usando as entradas (sensores) de que dispõe, modelos esses que são aprendidos pelo treino. Isto já foi utilizado, entre outras coisas, para permitir a pessoas cegas “ver” através de sons. Por exemplo (existem outros), http://www.sciencemag.org/news/2014/03/computer-program-allows-blind-see-sound
    Vagamente relacionado mas extraordinariamente interessante: https://www.ted.com/talks/david_eagleman_can_we_create_new_senses_for_humans

  2. Se nao olhar para o gif nao consigo ouvir nada mas se olhar tenho a vaga sensação que consigo ouvir o chão a estremecer.
    A meu ver , acho que é porque o nosso cérebro por logica sabe que devia fazer barulho quando algo cai no chão e este gif a imagem estremece.
    Concluindo isso é so o nosso cérebro a ser ele mesmo

RESPONDER

Nuno Mendes, "hábil como Ronaldinho"

  Portal conceituado destaca o jovem lateral do Sporting e cita Cristiano Ronaldo... várias vezes. Gigantes europeus atentos à evolução do jogador. Nuno Mendes é o foco de um artigo do portal Goal, embora Ronaldo (e Ronaldinho) …

Irão e Rússia estarão a tentar interferir nas presidenciais dos EUA

O diretor nacional dos serviços de informação dos Estados Unidos disse na quarta-feira que Irão e Rússia obtiveram informações dos eleitores norte-americanos e que estão a tentar interferir nas eleições presidenciais de 3 de novembro. "Queremos …

Cientistas revertem a doença de Parkinson em ratos

Uma equipa de cientistas conseguiu reverter totalmente a doença de Parkinson em ratos. Os animais deixaram de apresentar sintomas e recuperaram neurónios. A doença de Parkinson resulta da redução dos níveis de uma substância que funciona …

Entrevista a Carlos Cueva, autor de estudo inédito sobre os jogos à porta fechada

Carlos Cueva, 34 anos e professor na Universidade de Alicante há seis anos. Estudou em Inglaterra, onde completou um doutoramento em Economia. O ensino e a investigação ocupam o seu tempo. É especialista em investigação …

Ministro da Saúde do Brasil infetado com covid-19

Eduardo Pazuello, ministro da Saúde brasileiro, está infetado. Também esta quarta-feira, o governante foi admoestado por Jair Bolsonaro, que negou haver intenção do Brasil comprar 46 milhões de doses de vacina chinesa. O ministro da Saúde …

PSD vai votar contra o OE2021. PS acusa Rio de abandonar defesa do "interesse nacional"

O secretário-geral adjunto socialista disse esta quarta-feira que não surpreende o voto contra do PSD à proposta de Orçamento do Estado para 2021 (OE2021), considerando, no entanto, que Rui Rio “deixou cair” o valor do …

As vacas preferem interagir cara a cara com as pessoas. Ficam mais relaxadas

Um novo estudo descobriu que as vacas preferem interagir com os seres humanos cara a cara e que ficam os animais ficam mais relaxados com este tipo de interação do que quando ouvem uma voz …

Marcelo promulga diploma que reduz debates europeus para dois por semestre

O Presidente da República promulgou o diploma aprovado por PS e PSD que reduz os debates europeus no parlamento para dois por semestre, depois de ter vetado uma primeira versão que previa apenas um por …

Poderia o gato de Schrödinger existir na vida real? A Ciência pode responder em breve

Poderia o gato de Schrödinger existir na vida real? Uma equipa de investigadores propõe uma experiência que pode resolver essa questão espinhosa de uma vez por todas. Já alguma vez esteve em mais de um sítio …

As montanhas geladas de Plutão são fruto de um processo único (e inverso ao da Terra)

As montanhas descobertas em Plutão durante o "flyby" da nave New Horizons pelo planeta anão em 2015 estão cobertas por um manto de metano gelado, criando depósitos brilhantes impressionantemente parecidos aos das cadeias de montanhas …