Esqueleto que caiu de um penhasco pode ter pertencido a uma princesa

Há mais de um século, um tronco esculpido que continha o antigo esqueleto de uma mulher caiu de um penhasco à beira-mar na pequena vila costeira polaca de Bagicz.

Agora, os investigadores determinaram que a mulher viveu tanto há dois mil anos – mais cem anos do que se acreditava – e poderia muito bem ter sido uma princesa na época.

Encontrada ao lado da mulher, havia vários ornamentos de bronze, incluindo um fecho, pulseiras, um colar de missangas, um alfinete feito de osso e um banquinho de madeira. Também foi encontrado um pedaço de couro de vaca e roupas feitas de lã – um achado arqueológico raro na Polónia, devido aos padrões locais de decomposição. Juntos, estes objetos indicam que a mulher, na época, tinha um status importante.

Investigadores da Universidade de Szczecin e Varsóvia colaboraram num esforço para datar os objetos e o esqueleto após a descoberta do século XIX. Por datação por radiocarbono dos ossos, a equipa determinou que a mulher morreu por volta dos 30 a.C ou antes. Técnicas de datação já tinham concluído que o enterro ocorreu no final do século II.

“Nós achámos que a discrepância na data pode ser um erro relacionado com a medição – os resultados podem ser diferentes quando a dieta do falecido é rica em peixe“, disse a arqueóloga Marta Chmiel-Chrzanowska, da Universidade de Szczecin à Science in Poland.

Apesar da herança costeira nas Ilhas Pomerânia ou Bálticas, uma análise de isótopos nos seus dentes indicou que a dieta não incluía peixes do oceano. “Não encontrámos nenhum vestígio de peixe do Báltico na sua dieta, mas consumiu muitos produtos de origem animal, como evidenciado pelo tipo de proteína preservada nos dentes. Também podia ter comido peixe de lagos e rios interiores“, disse Rafał Fetner, da Universidade de Varsóvia.

Embora a mulher tivesse entre 20 e 35 anos no momento da sua morte, os investigadores também descobriram que o esqueleto exibia mudanças patológicas significativas nas articulações associadas à artrose na parte inferior da coluna – uma doença que normalmente afeta os idosos ou aqueles que fazem muito esforço físico durante o trabalho.

Uma princesa trabalhadora que vive perto do oceano mas não come peixe? É um mistério que os investigadores querem resolver em futuras análises do esqueleto.

PARTILHAR

RESPONDER

Europeias: maior votação em 20 anos. PPE e socialistas juntos sem maioria

A taxa de participação nas eleições europeias, realizadas entre quinta-feira e hoje nos 28  Estados-membros da União Europeia, fixou-se nos 50,5%, a mais elevada dos últimos 20 anos e oito pontos acima do anterior sufrágio. Segundo …

Os anéis de Saturno estão a desaparecer (e a culpa é nossa)

Recentemente, um grupo de cientistas alertou que os anéis de Saturno podem vir a desaparecer devido às futuras explorações humanas.  Exploradores de asteróides e bilionários da tecnologia poderão roubar pedras preciosas do Espaço num futuro próximo, …

Forte tempestade faz reaparecer floresta pré-histórica no Reino Unido

A tempestade Hannah, que levou fortes marés e ventos ao Reino Unido, voltou a trazer à luz restos de árvores de uma floresta pré-histórica com cerca de 4.500 anos. Os vestígios estiveram escondidos durante anos …

PS vence Europeias. BE e PAN sorriem, CDS à espera de confirmar resultado catastrófico

As primeiras projeções aos resultados eleitorais geraram palmas e um ambiente efusivo por parte dos militantes do PS. O CDS é um dos grandes derrotados da noite e o PAN a surpresa. As eleições para …

Conan Osiris vence prémio de mais mal vestido em palco

Não é o prémio que Portugal esperava, mas é um prémio. Conan Osiris venceu o Barbara Dex Award, atribuído ao participante do Festival Eurovisão da Canção que veste a pior indumentária em palco. Conan Osiris é …

O exoesqueleto desta aranha parece o capacete de um minúsculo extraterrestre

No mundo animal, o acasalamento pode ser uma verdadeira batalha. As aranhas-pavão, por exemplo, deixam os seus capacetes para trás (literalmente).  Na hora do acasalamento, o macho da aranha-pavão (Maratus velutinus) deixa o seu exoesqueleto para …

Se chover durante a estadia, esta ilha italiana reembolsa os turistas

Há uma ilha italiana que reembolsa os turistas em aso de chuva. A iniciativa desafia as unidades hoteleiras a reembolsarem os clientes se chover mais de duras horas durante o dia. Se é daquelas pessoas que …

Prada deixa de usar peles a partir de fevereiro de 2020

A marca italiana dirigida por Miuccia Prada anunciou o fim da utilização de peles de animais a partir do próximo ano. A coleção apresentada em fevereiro de 2020, correspondente ao outono-inverno 2020/21, será a primeira …

Líderes falam em abstenção e apelam ao voto. Está "um dia maravilhoso para votar"

Cerca de 10,7 milhões de eleitores vão eleger os 21 deputados ao Parlamento Europeu. À boca das urnas, foram vários os líderes políticos que exerceram o seu direito de voto apelando à participação dos portugueses. A …

Se o mundo vivesse como os portugueses os recursos naturais acabavam hoje

Os recursos naturais da Terra chegavam este domingo ao fim se todas as pessoas do planeta consumissem como os portugueses. Na União Europeia, a Estónia e a Dinamarca já esgotaram os recursos em março passado.  Os …