/

Uma escola de cães polícia tem o nome do bunker de Hitler (e recusa mudá-lo)

Uma escola de cães polícia nos Estados Unidos tem o mesmo nome do bunker usado por Adolf Hitler na 2.ª Guerra Mundial — e recusa mudá-lo.

A Adlerhorst International, uma reconhecida escola de treino de cães polícia na Califórnia, Estados Unidos, recusa mudar o seu nome apesar das críticas recebidas por ser homónima do bunker usado por Adolf Hitler. A escola treina cães para mais de 300 agências policiais norte-americanas.

A professora de Direito Christy Lopez diz que o nome Adlerhorst é “algo entre assustador e arrepiante e uma abominação absoluta”. Em germânico, a palavra alderhorst significa “ninho de águia”.

Durante a II Guerra Mundial, foi o nome usado para o bunker que serviu como posto de comando do líder nazi entre dezembro de 1944 e janeiro de 1945.

O dono da Adlerhorst International, David Reaver, já foi processado dezenas de vezes por ferimentos causados por cães vindos das suas instalações.

Num caso em 2016, em que Reaver foi chamado como testemunha especialista, documentos de tribunal citados pela VICE mostram que os réus solicitaram especificamente ao juiz para “impedir todo e qualquer testemunho ou evidência envolvendo quaisquer analogias, comparações ou referências a Hitler, nazis, bunkers da Segunda Guerra Mundial, em relação à Adlerhorst International, Inc. ou ao especialista em defesa David Reaver”.

Reaver criou a Adlerhorst International em 1976 e alega que o nome vem do canil alemão onde comprou um cão na década de 1960 e que, na altura, desconhecia a ligação a Hitler.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.