O equinócio da primavera revelou um dos segredos da icónica esfinge do Egito

A esfinge do Egito teve um momento “distintivo astronómico” durante o equinócio da primavera, quando, a 19 de março, o Sol se pôs no ombro da icónica estátua.

Este fenómeno acontece apenas duas vezes por ano: em março, durante a primavera e em setembro, no outono. Durante o equinócio, os hemisférios Norte e Sul recebem quantidades iguais da luz do sol e o dia e a noite são iguais em duração.

A mítica esfinge, uma estátua meio homem, meio leão, está esculpida em rocha calcária. O seu rosto pode mostrar a semelhança do faraó Khafre, o quarto rei da quarta dinastia do Egito antigo, que construiu a segunda e a terceira pirâmides de Gizé.

De acordo com o LiveScience, a esfinge está estrategicamente posicionada para o solstício de verão em junho, quando o sol se põe entre as pirâmides dos faraós Khufu e Khafre.

A posição da Esfinge durante os equinócios e o solstício de verão sugere que os antigos egípcios posicionaram propositalmente a estátua híbrida de homem-leão. “Este fenómeno prova que os arqueólogos estavam errados quando disseram que os antigos egípcios encontraram uma pedra antiga por acidente e transformaram-na numa estátua de rosto humano e corpo não humano”, escreveu o Ministério das Antiguidades do Egito, numa publicação no Facebook.

A revista Newsweek recorda que a ligação entre astronomia e a construção das pirâmides é objeto de estudo há décadas. Sabe-se que a Grande Pirâmide de Gizé está quase perfeitamente alinhada com os pontos do norte, sul, leste e oeste.

Outras culturas antigas também construíram monumentos que capturavam momentos fugazes durante os solstícios e equinócios, incluindo Stonehenge na Inglaterra, uma “pedra-calendário” na Sicília, um henge neolítico na Alemanha e uma cidade maia no que é hoje Tulum, no México.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. O mais estranho é que todos estes monumentos existiam ainda há bem pouco tempo no Egipto e pelos vistos todos eles mudaram para um novo país que desconheço até agora!

RESPONDER

Cientistas dão um importante passo na criação de uma Internet quântica segura

Uma nova investigação da Universidade de Harvard e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, nos Estados Unidos, revelou o elo que faltava para termos uma Internet quântica funcional e prática: uma forma de corrigir os …

Os pedregulhos de Bennu brilham como faróis para a Osiris-Rex da NASA

Este verão, a sonda OSIRIS-REx empreenderá a primeira tentativa da NASA de tocar a superfície de um asteroide, recolher uma amostra e recuar em segurança. Mas, desde que chegou ao asteroide Bennu há mais de …

Cidades subterrâneas podem ser um bom refúgio para futuros desastres

Especialistas ouvidos pelo portal One Zero acreditam que cidades subterrâneas podem ser um bom refúgio para populações que possam vir a enfrentar desastres naturais no futuro potenciados pelas alterações climáticas. À medida que os desastres naturais …

Descobertas três novas espécies de pterossauro em Marrocos

Cientistas encontraram três novas espécies de pterossauro, que viveram no deserto do Sahara, há 100 milhões de anos, em Marrocos. De acordo com o site EurekAlert!, estas três novas espécies de pterossauro faziam parte de um …

Texto português do século XVI mostra eficácia da quarentena

Um especialista australiano descobriu num texto português do século XVI uma prova de que a quarentena ou o isolamento podem impedir a globalização de uma doença como a covid-19, que já provocou mais de 30 …

Coronavírus. Mercados chineses continuam a vender morcegos

Nem com a pandemia de covid-19 a China abre mão dos seus velhos hábitos. Embora o novo coronavírus tenha tido origem num mercado de animais exóticos, em Wuhan, muitos destes sítios continuam a funcionar normalmente …

No Twitter, o discurso de ódio contra chineses cresceu 900%

A L1ght, uma empresa que mede a toxicidade das plataformas digitais, partilhou recentemente um relatório no qual revela que o discurso de ódio contra a China e contra os chineses teve um crescimento de 900%. Donald …

Há mais pessoas em quarentena do que vivas durante a 2ª Guerra Mundial

Um terço da população mundial - 2,6 mil milhões de pessoas - está em quarentena. São mais seres humanos em isolamento do que aqueles que estavam vivos para testemunhar a 2ª Guerra Mundial. Na terça-feira, o …

Biblioteca virtual no Minecraft dá voz a jornalistas censurados de todo o mundo

Enquanto governos de todo o mundo reprimem a liberdade jornalística e censuram a sua imprensa nacional, a Reporters Without Borders está a trabalhar para chegar ao público através de um canal improvável: uma enorme biblioteca …

Há mais 19 mortos em Portugal. Número de casos confirmados perto dos 6.000

Portugal registou, este domingo, mais 19 mortes devido ao surto de covid-19. O número de casos confirmados é de 5.962, mais 792 em relação aos números de sábado. A Direção-Geral de Saúde revelou este domingo o …