Envelhecer é o maior fator de risco para cancro (em que não há nada que possamos fazer)

hapal / Flickr

O envelhecimento provoca em nós mudanças a nível estrutural e funcional que não podemos evitar. Essas mudanças são o maior fator de risco para o desenvolvimento de cancro.

Enquanto há fatores e comportamentos que podem agravar o desenvolvimento de vários tipos de cancro, que são de certa forma evitáveis, há um fator que nada podemos fazer para o travar. Cientistas da Miami Miller School of Medicine publicaram, no mês passado, um estudo que associa o envelhecimento celular a uma maior risco de cancro.

A estatística é assustadora. De acordo com os dados do Surveillance Epidemiology and End Results do Instituto Nacional da Cancro dos Estados Unidos, 43% dos homens e 38% das mulheres vão desenvolver cancro ao longo da sua vida. A mortalidade está fixada em 23% e 19%, respetivamente.

Pior é ainda saber que pouco podemos fazer para evitar isso, sendo que o estudo sugere que as alterações a nível celular à medida que uma pessoa envelhece podem contribuir para a leucemia mielóide aguda (LMA) e outros tipos de cancro no sangue, como o explica o Tech Explorist.

“Se pensarmos em todo o material genético como hardware, o epigenoma é o software da célula, responsável por determinar o comportamento da célula. A nossa teoria era que, com a idade, esse programa epigenético se ia corrompendo, o que acabou por se verificar”, explicou Maria Figueroa, uma das autoras do estudo.

“Há um conjunto básico de mudanças que se verificaram em todos os indivíduos”, realçou Figueroa. O envelhecimento resulta na reprogramação epigenética de importantes componentes regulatórios do genoma, limitando o seu desempenho.

Para efeitos científicos, os cientistas recolheram células estaminais de 41 pessoas entre os 18 e os 30 anos, e 55 pessoas entre os 65 e 75 anos — sendo que nenhuma delas tinha cancro.

Muitas dessas alterações detetadas com o envelhecimento celular eram semelhantes às observadas nas células cancerígenas, demonstrou o estudo. Contudo, não quer obrigatoriamente dizer que estas células se tornem cancerígenas.

Nem todos que envelhecem ficam com cancro, nem todos que têm estas mudanças ou mutações genéticas desenvolvem cancro. Esperamos que este estudo leve a mais investigações sobre mudanças relacionadas com a idade para identificar quais dessas mudanças e quais fatores coexistentes são realmente críticos para nos colocar em risco de cancro”, alertou Figueroa.

Além disso, a cientista espera que esses novos estudos possam permitir perceber se é possível intervir para alterar esses fatores de risco para o desenvolvimento de uma das doenças que mais mata no mundo.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Olha a novidade…à anos que li que, dos que chegarem a velhos poucos escaparão à possibilidade de desenvolver tão funesta doença .

RESPONDER

Voos entre Portugal e Reino Unido suspensos a partir de sábado

O primeiro-ministro, António Costa, anunciou esta quinta-feira, depois do Conselho Europeu, que as ligações aéreas de e para o Reino Unido ficarão suspensas a partir das zero horas deste sábado, visando diminuir o risco de …

PSD pede ao Governo que organize o ato eleitoral com segurança (e apela ao voto em Marcelo)

O presidente do PSD apelou ao Governo que organize o ato eleitoral de domingo de forma a que as pessoas “sintam segurança” e pediu aos portugueses que vão votar, recordando, contudo, que defendeu o adiamento …

"Reaparecimento" de Jack Ma faz disparar o valor da Alibaba

Jack Ma, fundador da Alibaba, participou numa conferência online nesta quarta-feira, depois de mais de dois meses sem aparecer em público, fazendo disparar o valor de mercado da sua empresa, avança a Bloomberg. De acordo …

15 testes de covid-19 por mês: Rui Costa antevê a nova época

Ciclista português quer terminar o ano no topo da tabela UCI. Os Jogos Olímpicos estão na lista de prioridades mas a Volta a França também pode aparecer no calendário. Rui Costa entra na nova temporada com …

A segurança da Casa Branca pode estar em perigo (e a culpa é da bicicleta estática de Biden)

Na quarta-feira, Joe Biden assumiu a presidência dos Estados Unidos, o que significa que, a partir de agora, viverá na Casa Branca. Porém, os hábitos do novo Presidente podem ameaçar a segurança das informações de …

Rio acusa Costa de desgoverno: Só fechou as escolas por "pressão da opinião pública"

O presidente do PSD considerou que o Governo não fechou as escolas mais cedo porque não estava preparado para o fazer, acusando o primeiro-ministro de “desgoverno” e de só ter decidido perante “pressão da opinião …

Lei da eutanásia aprovada na especialidade. PS, BE e PAN votaram a favor

A lei da morte medicamente assistida foi esta quinta-feira aprovada, na especialidade, na comissão de Assuntos Constitucionais, com os votos favoráveis do PS, BE e PAN, o voto contra do CDS-PP e PCP e abstenção …

MP abre inquérito à morte de idoso que esperou três horas em ambulância em Portalegre

O Ministério Público (MP) abriu um inquérito sobre a morte de um idoso, de 87 anos, na passada segunda-feira, no hospital de Portalegre, depois de estar quase três horas numa ambulância. Questionada pela agência Lusa através …

AHRESP pede revogação da proibição de venda de bebidas em take away

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) defendeu, na quarta-feira, a revogação da proibição da venda, no 'take away' de qualquer tipo de bebidas, alertando que o que se pretende impedir é …

Governo garante que Portugal terá todas as vacinas para cumprir plano de vacinação

O Ministério da Saúde garantiu que Portugal terá todas as vacinas necessárias para cumprir o plano de vacinação estabelecido, tendo já assegurado mais de 31 milhões de doses, suficientes para vacinar mais de 18 milhões …