Energia solar vai ultrapassar a capacidade da nuclear já no próximo ano

Wikimedia

Painéis solares

Até ao final de 2017, estima-se que as centrais solares de todo o mundo já terão uma capacidade igual às nucleares. Em 2018 deverão superar.

Pela primeira vez, a energia solar vai ultrapassar a nuclear. As centrais solares têm conquistado terreno no mercado de energia e pela primeira vez vão ultrapassar, em termos de capacidade, as centrais nucleares.

Até ao final deste ano, as estimativas apontam para que a energia solar fotovoltaica atinja uma capacidade de 390 gigawatts, a nível mundial, alcançando a energia nuclear, que está fixada nos 391,5 gigawatts. A China, maior apostadora nas renováveis, lidera a inversão da tendência.

Quem divulga a previsão é a mais recente análise de mercado da empresa GTM Research, uma referência na indústria energética. Só para 2017, está previsto um crescimento de 81 gigawatts para esta energia. Em 2022 deverá chegar aos 871, mais do que o dobro dos 390 gigawatts esperados até dezembro – e também mais do que o dobro da capacidade nuclear atual.

Estes dados indicam o rápido crescimento da energia sustentável, mas não significam que o Sol passe a ter, nos próximos anos, maior peso do que o nuclear na produção de eletricidade. Esse ponto de viragem só está previsto para meados do século XXI.

Apesar de se encontrarem prestes a superar a capacidade das centrais nucleares, na prática as centrais solares não conseguem gerar tanta energia. A eficiência do nuclear é bem maior, até porque não depende de fatores naturais como o céu nublado ou o simples facto de anoitecer, que interrompem a produção de eletricidade através das centrais solares.

Para se ter uma ideia da diferença que ainda existe, as centrais nucleares geram hoje quase 2,5 milhões de gigawatts por hora, enquanto as solares se ficam pelos 375 mil gigawatts/hora.

Segundo a Agência Internacional de Energia, no ano de 2050 o cenário será outro: o Sol terá ultrapassado não apenas o nuclear mas também os combustíveis fósseis como principal fonte de produção de eletricidade no mundo. O marco histórico que se avizinha será mais um sinal de que esse futuro se aproxima.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Título enganador!

    Lendo a notícia até ao fim conclui-se que as solares estão em 15% das nucleares!
    Mas o importante era fazer a comparação com as de geração poluidora (carvão, derivados de petróleo, gás natural, etc.). E, já agora também com as poluidoras ao nível da solar (eólicas, barragens,etc.)

  2. Entretanto com novas tecnologias que entretanto serão descobertas a eficiências das solares poderá aumentar certamente, é preciso é continuar a teimar!.

    • Ouço isso desde os anos oitenta! Não tem faltado dinheiro para investigação nesta área nos últimos 20 a 30 anos, e nada tem aparecido que não seja extremamente caro e que não funcione muito tempo!

  3. Neste caso teremos que ser um pouco mais optimistas e realmente quanto a custos esperamos que as próprias empresas tenham a consciência de ir baixando os preços e tornando a opção mais acessível aos particulares.

  4. Esta não é a opinião da EDP que, nos gráficos que nos envia a cada factura, indica ser a energia eólica a fornecedora de mais de metade da energia consumida e a nuclear pouco significativa. Por muito que se possa ainda fazer, nada resolve o problema de “haver noite”, em que os fotovoltaicos não produzem, nem da passagem de uma núvem que limita o rendimento destes, nem ainda de os painéis fotovoltaicos só produzirem a sua potência máxima em condições ideais, sendo uma dela que os raios solares incidam perpendicularmente no captor. Uma coisa é a potência instalada, outra coisa, muito diferente, é a energia produzida. Até no parque eólico, estes geradores só produzem quando há vento, e vemos muitos equipamentos parados. Nem quando estão a rodar significa que estão a produzir, quanto mais na sua potência máxima.
    Estas notícias das energias renováveis são mais uns logros para moldarem a opinião pública e justificarem os muitos milhões que certamente correram para os bolsos dos espertos capitalistas… Cambada de mentirosos… E que povo este que acredita em tudo…

RESPONDER

Cansado de denúncias, Betis pede aos seus sócios: "Portem-se bem"

Clube onde jogam dois portugueses quer que os adeptos tenham um "comportamento adequado" durante os jogos no Benito Villamarín. O Betis de Sevilha jogou seis vezes até agora, nesta época. Quatro desses encontros foram disputados em …

Junta militar de Myanmar está a sequestrar familiares de pessoas que pretende deter, diz especialista da ONU

A junta militar de Myanmar está a sequestrar familiares de pessoas que pretende deter, incluindo crianças com 20 semanas de idade, segundo o relator especial da Organização das Nações Unidas (ONU) destacado para o país, …

Regiões portuguesas entre as que mais colocaram trabalhadores em teletrabalho

  Apesar dos números elevados registados em Portugal, futuro do modelo está ainda em aberto, face à preferência dos patrões em ter os funcionários a trabalhar em ambiente de escritório. De acordo com dados revelados pelo Eurostat, …

Reino Unido em choque. Sabina Nessa pode ter sido assassinada por um estranho ainda em liberdade

Sabina Nessa, de 28 anos, terá sido assassinada enquanto caminhava pelo Cator Park, no sudeste de Londres, na passada sexta-feira. O percurso da sua casa até a um bar ia demorar apenas cinco minutos, mas …

A corrida a secretário-geral da UGT terá dois candidatos

É a primeira vez que a corrida à liderança da UGT conta com dois candidatos: além de José Abraão, atual dirigente da Federação de Sindicatos da Administração Pública (Fesap), Mário Mourão, presidente do Sindicato dos …

Colapso da Evergrande. China pede a governos regionais que se "preparem para a possível tempestade"

As autoridades chinesas estão a pedir aos governos regionais para se prepararem para um possível colapso da Evergrande. O The Wall Street Journal noticia, esta quinta-feira, que as autoridades chinesas estão a pedir aos governos regionais …

Governo vai testar 35 mil funcionários de creches e pré-escolar até 3 de outubro

Os funcionários das creches, do pré-escolar e a rede nacional de amas começaram esta quinta-feira a ser testados à covid-19, numa ação que até 3 de outubro abrangerá 35 mil pessoas em todo o país. O …

Bem-vindo à última fase do desconfinamento: fim do certificado em restaurantes, máscara em transportes e lares

"Estamos em condições para avançar para a terceira fase de desconfinamento." Foi com esta frase que António Costa deu início à conferência de imprensa após o Conselho de Ministros desta quinta-feira. Portugal vai avançar para a …

EUA reabrirá campo de detenção de migrantes perto da prisão de Guantánamo

A administração do Presidente dos Estados Unidos (EUA) Joe Biden se prepara para reabrir um campo de detenção de migrantes na Baía de Guantánamo, após um aumento de migrantes e requerentes de asilo no sul …

Défice desce para 5,3% do PIB no 2.º trimestre do ano

O défice orçamental do primeiro semestre deste ano é de 5,5% do PIB. A meta do ministro das Finanças para o ano de 2021 é de 4,5%.  O défice orçamental fixou-se em 5,3% do PIB no …